Universitário é acusado de colocar câmera no banheiro feminino no Instituto Florence

Alunos estão revoltados com a situação e acusam o instituto de omissão

Na tarde desta terça-feira (31), um universitário de odontologia do Instituto Florence de Ensino Superior – Ifes, localizado na rua rio branco, no centro da capital maranhense, identificado como Danielzinho, o magrinho foi acusado de colocar uma câmera escondida no banheiro feminino para flagrar alunas, funcionarias e professoras nuas.

O caso chocou funcionários, pais e alunos da instituição. Segundo informações obtidas pelo editor deste blog, o suspeito usou a câmera de um celular para gravar as imagens. As primeiras cenas foram registradas pela câmera instalada na lata do lixo, que foi colocada ao lado do sanitário. Na sequência ele mudou a lixeira de posição, colocando de frente para a privada, na intenção de registrar o nu frontal das adolescentes.

O Instituto Florence ainda não se manifestou publicamente sobre o assunto.

A  polícia está investigando o caso.

Veja abaixo os relatos de alunas em áudio: 

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados