Pedestista maranhense é presa após tentar matar a mãe em hospital de São Luís

Luciana Paula Figueiredo, de 32 anos.
Luciana Paula Figueiredo, de 32 anos.

A atual presidente do Movimento Estudantil Independente – MEI, a pedestista maranhense Luciana Paula Figueiredo, de 32 anos, foi presa em flagrante nessa terça-feira (28) por suspeita de tentar matar por asfixia a mãe, a idosa Ana Benedita Figueiredo, de 68 anos, em um leito no Hospital Dr. Carlos Macieira, na capital maranhense. O crime foi filmado por acompanhantes de outros pacientes que estavam na mesma enfermaria e perceberam uma movimentação estranha no leito. No vídeo, é possível ver a idosa sendo asfixiada pelo nariz e pela boca pela mão da filha, que ainda usa um lençol para tentar impedir que a vítima consiga respirar. A idosa, mesmo em condições frágeis de saúde, ainda tenta reagir levantando uma das mãos para tentar conseguir tirar a mão do seu rosto, mas não consegue.

Confira o vídeo abaixo: 

Deixe uma resposta