Hilton Gonçalo e Fernanda Gonçalo cometem suposto assédio em Bacabeira e Santa Rita

Hilton Gonçalo parece não ter controle e respeito com o eleitor e a justiça eleitoral, e volta a cometer praticas fora da lei para tentar abocanhar mais uma vez a prefeitura de Bacabeira.

Com um vasto histórico de irregularidade durante o ano de 2010, onde foi preso pelo serviço de inteligencia da Policia Militar e em 2012, quando foi flagrado supostamente distribuindo dinheiro a algumas pessoas em praça publica; Hilton parece não se importar com os exemplos do passado.

Em 2016 a demanda de irregularidade cometida por Hilton Gonçalo, que responde diretamente por sua esposa Fernanda Gonçalo, que é prefeita no município de Bacabeira.

Já sentido o cheiro da derrota da esposa nas urnas, Hilton Gonçalo passa a assediar aliados e lideres do Ex-prefeito Alan Linhares, Venancinho e Bira Torres, na sede de Bacabeira e na zona rural. Atitude não conveniente para quem esbanja e anuncia nos quatro cantos estar supostamente em primeiro lugar nas pesquisas e que é o maior líder político do Maranhão e que vai ser Governador ( El Louco ).

Para Hilton não importa o compromisso, o importante é ter nas mãos a prefeitura…

Em 2012 – divulgados na imprensa e principais meios de comunicação.

O prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo foi flagrado por um cinegrafista amador supostamente dando dinheiro a eleitores em praça pública.

Nas fotos abaixo, Gonçalo e a esposa Fernanda aparece conversando com varias mulheres, e homens. Ele e ela colocam a mão no bolso e retira o que as fontes dizem ser dinheiro. É possível ver na foto a Fernanda Gonçalo dando algo a uma mulher que pode ser dinheiro.

Ele também entrega o que parece ser também dinheiro nas mãos de uma senhora de camisa amarela.

Em 2010 – divulgados na imprensa e principais meios de comunicação.

O prefeito de Santa Rita (MA), Hilton Gonçalo (PDT), foi preso na madrugada de hoje por suspeitas de compra de votos. Santa Rita fica a uma distância de 70 quilômetros de São Luís.

Hilton foi preso por volta das 00h00 pelo serviço de Inteligência da Polícia Militar, na comunidade de Jiquiri, um povoado de Santa Rita. Além dele, também foi preso um sargento reformado da Polícia Militar e um motorista.

Com ele foram apreendidas duas armas, um revólver calibre 30 e uma pistola 380, R$ 230 em dinheiro e mais 161 medicamentos.

Deixe uma resposta