Bar Tapera emite nota oficial explicando mal-entendido

O Bar Tapera vem por meio desta, esclarecer sobre o incidente ocorrido na última madrugada de sábado para domingo.

Infelizmente, nada podíamos fazer para evitar o que houve, pois, de acordo com o Estatuto do Desarmamento, as autoridades que possuem porte funcional tem o direito de portar sua arma em qualquer estabelecimento, sendo crime impedir que os mesmos adentrem ao espaço, ainda que se tratando de um local privado.

Compartilhamos do receio de grande parte da população quanto a essa permissividade oriunda do normativo acima citado e que carece de regulamentação pelo Estado.

Concordamos que é uma situação muito complicada permitir, indistintamente de quem seja, pessoas portando armas nas dependências dos estabelecimentos com aglomeração de pessoas, sobretudo se os seus portadores estão ali para se divertir e consumir bebida alcoólica.

Não podemos evitar, apesar de sempre conversarmos e tentarmos negociar com os valorosos agentes públicos adentrar sem portar a armar, porém em caso de insistência, devemos permitir a entrada, pois a lei os ampara.

Adotamos, então, o único procedimento possível: anotar o nome da autoridade e o número de série da arma. Foi o que fizemos no dia do citado ocorrido.

Temos em nossas dependências toda semana dezenas de autoridades, e a grande maioria, por ser uma casa de lazer e diversão não levam sua arma para a mesma, porém nem todos entendem dessa forma.

Em nome da diretoria, comunicamos que o fato é um caso isolado e estamos tomando todas as providências cabíveis, a fim de que isso não ocorra mais.

Somos amigos da maioria das autoridades que frequentam o local e os que estavam presentes mostraram de imediato sua indignação.
Pedimos desculpas e a compreensão de todos.

Obs: Nossa casa graças a Deus hoje é a mais procurada de São Luís, servindo de referência para todos os maranhenses e turistas. Fizemos um alto investimento no local e não iríamos de forma alguma ser negligente quanto a este quesito, pois o que aconteceu foi um problema corriqueiro que estamos preparados para resolver, salvo se houver pessoas armadas no recinto.

Mais uma vez pedimos desculpas e a compreensão de todos.

Only registered users can comment.

  1. Tá, mas o qu3 aconteceu de verdade ninguém conta. Bebidas jogadas fora, muito vidro no chão, correria, os tiros com arma de fogo, desespero, sangue pelo chão, muitos sapatos perdidos. Fora que foi 20 reais a entrada pra acabar nisso.

Deixe uma resposta