são luis

Prefeitura de São Luís celebra aniversário de 30 anos do programa Feira Livre

O programa Feira Livre, gerenciado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e...

O programa Feira Livre, gerenciado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), que tem como principal objetivo diversificar os locais de compra e oferecer produtos hortifrutigranjeiros, cereais, pecuários e peixes a preços mais competitivos, completou 30 anos de existência nessa segunda-feira (21). Para marcar a data, a gestão municipal promoveu um evento com atividades esportivas e culturais. O programa foi criado ainda com o objetivo de garantir postos de trabalho e facilitar o escoamento de parte da produção da agricultura familiar dos polos agrícolas assistidos e estimulados pelo município.

“Por determinação do prefeito Edivaldo, temos fomentado cada vez mais a produção agrícola familiar, contribuindo com o aumento do escoamento em nossos equipamentos públicos de abastecimento, como as feiras livres. Um programa exitoso que valoriza o trabalho do feirante e impulsiona as vendas do pequeno agricultor”, destacou o secretário da Semapa, Ivaldo Rodrigues.

Para celebrar os 30 anos da iniciativa, foi realizado um jogo de futebol amistoso entre os feirantes e os funcionários da Semapa, com empate de dois gols para cada time. A comemoração foi realizada na Associação dos Servidores da Caema e teve ainda momentos de lazer entre os feirantes, familiares e servidores da Semapa, com música ao vivo ao som dos cantores Fábio Souza e Edilene Silva. A programação teve almoço e bolo oferecido aos feirantes e sorteio de cestas com produtos selecionados em parceria com as empresas Agrolusa, Fribal Franchising e Supermercados Mateus.

“São 6 anos à frente da associação e podemos afirmar que a produção local ganha cada vez mais espaço no mercado, mostrando que aqui temos produtos com qualidade para abastecer a mesa do maranhense. Sou grato pelo incentivo que o Governo do Estado e a Prefeitura dão aos produtores locais. Para nós é uma vitória poder celebrar os 30 anos do programa Feira Livre, que dá sustento a tantas famílias”, disse o presidente da Associação dos Produtores e Feirantes de Hortifrutigranjeiros da Grande São Luís (Prohort), Reginaldo Fonseca Cantanhede.

Durante o mês, são realizadas 36 feiras livres na capital em diferentes bairros, com mais de 400 feirantes cadastrados. Os fregueses que gostam de produtos naturais e saudáveis podem encontrá-los frescos, vindos direto da plantação e comprá-los das mãos dos produtores rurais de São Luís nas feiras livres.

HISTÓRIA

O programa Feira Livre surgiu em 1988 da necessidade que os agricultores familiares e pequenos produtores tinham de mostrar o valor e qualidade de sua mercadoria em comparação com a dos atravessadores. No início, uma média de 45 barracas eram montadas, algumas divididas entre duas famílias de produtores, dependendo da quantidade que tinham para ofertar em produtos.

“A feira livre tem um significado muito grande pra mim, é como se fosse um filho. Ela cumpre o seu papel até hoje de melhorar o valor de comercialização da produção do pequeno produtor e de criar a alternativa de um preço melhor ao consumidor, além da integração da comunidade com os produtores da zona rural”, destaca o produtor agrícola Said Zeitouni, de 58 anos, um dos fundadores do programa.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados