“Não há vermelho nas cores do PSDB”, afirma Doria

“O senador Roberto Rocha pode estar certo, que da mesma forma que eu estou aqui hoje, como prefeito da cidade de São Paulo, eu voltarei tantas e tantas vezes forem necessárias para apoiar este homem no seu objetivo de ser governador do Maranhão”, disse o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), durante seu discurso no escritório do senador Roberto Rocha (PSDB), em São Luís.

As palavras do prefeito foram recebidas com efusivos aplausos da plateia, composta em sua maioria por prefeitos, empresários, vereadores, além de correligionários do PSDB municipal e estadual, que fizeram questão de prestigiar a recepção que o senador maranhense organizou ao prefeito da maior cidade do Brasil, na tarde desta quinta-feira, 30.

Além de defender a pré-candidatura de Roberto Rocha ao governo do Maranhão, em seu pronunciamento, Doria afirmou ainda que o PSDB não deve fazer alianças com partidos de esquerda. “A cor vermelha não é a alma, nem a cor do PSDB, pois nós defendemos uma política liberal, que vai gerar empregos. Nós não queremos dependentes. Quem gosta de dependentes é o PT, o PC do B e PDT, partidos que querem escravos, que querem ter o direito de dizer a cada uma dessas pessoas em quem deve ou quem não devem votar”, afirmou.