Deputado Sarney Filho reafirma apoio a pré-candidatura de Caetano Jorge

O presidente do Diretório Estadual do Partido Verde no Maranhão, deputado federal Sarney Filho, recebeu nesta semana em sua residência, em Brasília, o pré-candidato a prefeito Caetano Jorge (PV). Durante o encontro, o parlamentar reafirmou o seu apoio pessoal e do partido a sua pré-candidatura a Prefeitura de Paço do Lumiar, além do compromisso em trabalhar para a formação de uma grande aliança integrada por partidos e lideranças políticas, visando o fortalecimento da pré-candidatura do PV no município.  Sarney Filho destacou ainda, que a filiação de Caetano Jorge demonstra o crescimento do partido, que está se organizando para disputar as eleições municipais do ano que vem com chances de vitória em diversos municípios no Maranhão.

image

¨O Partido Verde tem crescido muito no Estado e, em Paço do Lumiar, estamos oferecendo uma alternativa que é o Caetano, com grandes chances de vitória, que tem o nosso apoio pessoal e partidário. Está reunindo em torno de sua pré-candidatura vários e importantes apoios de diversos segmentos, além de ser uma liderança política com serviços prestados, que dialoga com a população, por possuir um projeto factual com desenvolvimento sustentável que visa a reconstrução da cidade, recuperando a educação, saúde e a infraestrutura, recolocando o município na rota do desenvolvimento, pois os luminenses merecem viver num município que seja motivo de orgulho, de autoestima para todos”, assinalou Sarney Filho.

No final do encontro, o pré-candidato a prefeito Caetano Jorge agradeceu o apoio e a confiança do deputado federal Sarney Filho e do seu partido, o PV, ao projeto político em Paço do Lumiar. ¨Gostaria de agradecer e externar a nossa alegria com o apoio irrestrito que estamos recebendo do deputado federal Sarney Filho e também do deputado estadual Adriano Sarney, pelos quais tenho uma grande admiração e respeito, e também pela confiança a nossa pré-candidatura a Prefeitura de Paço do Lumiar, que se somando as demais lideranças locais e aos partidos PMN e PSDC, que já fazem parte deste projeto político, continuarão unindo forças conosco contribuindo na elaboração do futuro plano de governo que terá participação de diversos segmentos da sociedade que apoiam o nosso projeto político. Somos um grupo forte de renovação e inovação. Eu espero, sinceramente, que possamos a cada dia unir as forças progressistas de Paço do Lumiar, fortalecendo o projeto de recuperação da cidade, pois propomos soluções viáveis e só queremos uma cidade decente¨, finalizou Caetano Jorge.

PV Jovem se reúne com bancada verde em Brasília

Representantes do PV Jovem de vários estados estiveram reunidos hoje, em Brasília, com parlamentares da bancada do Partido Verde na Câmara dos Deputados e o presidente da legenda, José Luís Penna. O líder do PV, deputado Sarney Filho (MA), fez um balanço das iniciativas do partido, respondendo às perguntas dos participantes sobre a Conferência Mundial do Clima COP 21, em Paris, o desastre ocorrido em Mariana, com o rompimento da barragem de mineração da empresa Samarco e o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, entre outros temas. Estiverem presentes, além do líder, os deputados Evair Melo (ES), Evandro Gussi (SP) e Leandre (PR).

12360398_623187174496521_3811593854327782468_n

O líder afirmou que os verdes têm sido protagonistas na discussão dos temas socioambientais no Congresso Nacional e adota uma atitude proativa, como ocorreu com a presença do partido em nível federal e também na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, no caso de Mariana. “Desde o anúncio dessa tragédia temos sido incansáveis na apuração do que ocorreu e também na cobrança de punição para os responsáveis”, afirmou o deputado, que é o coordenador da Comissão Externa da Câmara dos Deputados que acompanha os desdobramentos da tragédia, que destruiu a cidade de Bento Gonçalves, matou pessoas, e contaminou o rio Doce.

Sarney Filho fez um relato dos resultados da COP 21. “Na verdade, o acordo de Paris é uma grande carta de intenções. Os países se comprometeram a avançar no controle das emissões dos gases que agravam o aquecimento do planeta, mas não foram fixadas metas. O Brasil já havia assumidos metas voluntárias, mas precisamos ficar atentos e cobrar ações mais enérgicas do governo para conter os desmatamentos, investir em energias alternativas e no desenvolvimento sustentável”, afirmou o líder.