Hildo Rocha responsabiliza governo pelo rapto e execução de duas pessoas que estavam presas na delegacia de Buriti

Em discurso na Câmara Federal, terça-feira (16), o deputado federal Hildo Rocha (PMDB), responsabilizou o governo do Maranhão pelo sequestro e execução de dois suspeitos de assassinato, que estavam sob custódia do Estado, na delegacia de polícia de Buriti. Segundo o parlamentar o governo facilitou o sequestro. “É mais um crime nas costas do governo Flávio Dino porque o estado facilitou o sequestro. É uma obrigação do Estado dar proteção à vida”, destacou. O parlamentar enfatizou que não é a primeira vez que denuncia casos de violação dos direitos humanos. “Nesta tribuna eu já subi dezenas de vezes, reclamando a violação dos direitos humanos no Maranhão”, declarou Hildo Rocha.

Proposta defendida por Hildo aprimora transparência e contraria tese encampada por Ministro do TCU

O parlamentar maranhense quer aprimorar as regras para prestações de contas dos presidentes. O Ministro do TCU, José Múcio, pretende tornar sigilosas todas as etapas das análises das contas do governo. Em pronunciamento na Sessão Plenária do dia três de setembro de 2015, o deputado federal Hildo Rocha anunciou a criação de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) com o objetivo de aprimorar a legislação referente à prestação de contas dos presidentes da república. Segundo o parlamentar, a Constituição de 1988 é omissa com relação a essa questão.

hildo

Lentidão – Rocha considera inaceitável que contas de 1989, 1990 e 1999 ainda não tenham sido julgadas. “A sociedade cobra, as pessoas não conseguem entender por que o legislativo leva tanto tempo para apreciar e julgar as contas dos presidentes. Temos contas dos governos de Fernando Henrique Cardoso, de Fernando Collor e da presidente Dilma aguardando julgamento,” argumentou. A proposta do parlamentar maranhense estabelece punições para eventuais descumprimentos da norma. “Caso as contas não sejam apreciadas e julgadas pelo Congresso Nacional, dentro dos prazos estabelecidos, o presidente do Congresso responderá por crime de responsabilidade”, explicou Rocha.

Retrocesso – Mas, na contramão do que defende o parlamentar maranhense, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), José Múcio, pretende tornar sigilosas todas as etapas da análise das contas do governo no TCU até que sejam julgadas pelos ministros. A tese será analisada pelos nove ministros do TCU nos próximos dias. Se acatada será um retrocesso. Um passo a mais na direção do aparelhamento dos tribunais. Uma afronta à nação.

Transparência – Caso a ideia defendida por Múcio seja aprovada, a apuração de casos como as “pedaladas da Dilma” deixarão de vir a público. Em junho passado, o ministro do Tribunal de Contas da União Augusto Nardes votou pela rejeição das contas do governo federal, referentes ao ano de 2014. A decisão foi tomada com base em uma análise da área técnica TCU. O órgão concluiu que a presidente Dilma Rousseff atrasou repasses a bancos públicos para financiar programas do governo. A manobra ficou conhecida como “pedalada fiscal”. A decisão serviu de argumentos para um pedido de impeachment contra Dilma.

Reincidência – As contas da presidente Dilma, referentes ao ano de 2015, também são alvo de representação realizada pelo Ministério Público junto ao TCU. Há indícios de que o governo repetiu em 2015 as manobras contábeis ilegais praticadas em 2014. Assista ao vídeo do pronunciamento do deputado Hildo Rocha defendendo a criação da PEC 135/2015.

Portal da Transparência esconde gastos do governo Flavio

O deputado federal Hildo Rocha voltou a cobrar transparência nos atos administrativos de Flávio Dino.  O deputado postou nas redes sociais nova denúncia contra o governador. “O site de transparência do Governo do Maranhão volta a esconder os gastos do Flavio Dino. Já estamos em 2016 e ele só disponibiliza os gastos de 2015. A transparência correta tem que ser em tempo real”, escreveu o parlamentar. 

Segundo o deputado, Dino está desrespeitando o Art. 7º inciso IV da Lei de acesso às informações (Lei 12.527). “A lei estabelece que a publicação de informações referentes às movimentações orçamentárias e financeiras tem que ser atualizadas e as informações referentes ao ano de 2016 não estão disponibilizadas no site de transparência do governo do Estado”, argumentou. 

Faça o que eu digo – Rocha enfatizou que para formalizar convênios com os municípios o Governador exige que os municípios cumpram, rigorosamente, a Lei 12.527. “Entretanto, Dino se acha no direito de descumpri-la. É como se estivesse dizendo: faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”, ironizou. 

O Estado sou eu – O parlamentar disse que ao recomendar a desaprovação das contas dos gestores que eventualmente não estejam atendendo a lei de acesso as informações Dino mostra-se mais uma vez incoerente. “É espantoso ver nos dias atuais um governante agindo um monarca. Os atos praticados por Dino lembram Luís XIV, Rei da França a quem é atribuída a autoria da célebre frase O Estado sou eu (“L’État c’est moi)”, declarou. 

Dois pesos e duas medidas – Rocha lembrou ainda que membros do governo Dino recomendaram ao TCE (Tribunal de Contas do Estado) que desaprove as contas dos gestores que não estejam cumprindo a lei de acesso as informações. “Esse é um caso típico da aplicação de dois pesos e duas medidas”, afiançou Rocha. 

A expressão “dois pesos e duas medidas”, tem origem Bíblica, está registrada no livro de Deuteronômio (25:13-16). “Não carregueis convosco dois pesos, um pesado e o outro leve, nem tenhais à mão duas medidas, uma longa e uma curta. Usai apenas um peso, um peso honesto e franco, e uma medida, uma medida honesta e franca, para que vivais longamente na terra que Deus vosso Senhor vos deu. Pesos desonestos e medidas desonestas são uma abominação para Deus vosso Senhor”.

Hildo Rocha aponta mais uma incoerência de Flávio

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal, nesta quinta-feira (04) o deputado Hildo Rocha (PMDB/MA) disse que o governador Flávio Dino está descumprindo a lei que institui o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica. O parlamentar enfatizou que o Artigo 5o   da Lei 11.738, estabelece que os salários dos professores devem ser atualizados, anualmente, no mês de janeiro. “Já estamos em fevereiro e o governador sequer aceita conversar com a categoria para discutir a reposição de 11.36%”, destacou. Rocha lembrou que a lei foi aprovada no período em que Dino exercia o mandato de deputado federal.

Recursos existem – O deputado alertou que o Governador não pode alegar falta de recursos. “Dados, colhidos no Portal da Transparência, atestam a existência de recursos suficientes para o cumprimento da lei. Em janeiro de 2015 o Governo do Maranhão recebeu de complementação da união R$ 155 milhões de reais. Este ano o rapasse atingiu R$ 610 milhões. Aumentou 300%. Se aumentou 300% ele não pode aumentar os salários dos professores em 11%?”, questionou.

Promessas esquecidas – O deputado enfatizou que, durante a campanha eleitoral, Dino prometeu que iria melhorar os salários de várias categorias profissionais, entre as quais a dos professores. “Será que ele esqueceu o que disse? Ele assumiu com o discurso da mudança. Mas a mudança é essa”, destacou Rocha.

Concurso fraudado – O deputado disse que apesar dos fortes indícios de irregularidades no concurso público, para o preenchimento de vagas de professores, na rede pública de ensino, o governo não adotou nenhuma providência para apurar a veracidade das denúncias. Rocha enfatizou que os professores pediram a cabeça da Secretária de Educação (Áurea Prazeres), mas o governador insiste em mantê-la no cargo.  “A Secretária é uma pessoa bitolada, só faz aquilo que o Secretário de Articulação Politica manda. Eu desconfio que ela se segura no cargo por causa das fraudes do concurso. Ela tem Flávio Dino na mão” declarou o parlamentar.

Sindicato omisso – Rocha criticou a omissão do Sindicato dos Professores (Sinproessema) O presidente é ligado umbilicalmente ao Governador Flávio Dino porque é do PCdoB. Toda a diretoria é comprometida com essa safadeza praticada contra os professores do Maranhão. Vamos exigir que o Ministério Público entre com uma ação contra o Governador”, anunciou.

Deputado Hildo Rocha visita lideranças de São Domingos do Maranhão e debate ações parlamentares

Na recente visita ao município de São Domingos do Maranhão, o deputado Hildo Rocha esteve no povoado Lagoa Nova onde residia a vereadora Rosa Cipó (PMDB), que morreu em dezembro, vitima de aneurisma cerebral. A vereadora foi uma das coordenadoras da campanha de Hildo Rocha, na eleição de 2014. “Rosa foi uma grande incentivadora da minha campanha no município. Infelizmente perdemos o convívio com essa pessoa maravilhosa que era amada e respeitada por todos. Não poderia deixar de manifestar, pessoalmente, o meu sentimento de pesar à sua família, destacou.

DSCN0245

Rocha lembrou que a vereadora foi vítima de uma grande injustiça “Ela morreu sem que a justiça reconhecesse a sua eleição para presidente da Câmara Municipal. Tomaram de forma arbitrária, ao arrepio da lei”, lamentou o deputado.

Balanço das atividades parlamentares – Após a visita aos familiares de Rosa Cipó, Hildo Rocha participou de uma reunião, na Associação Atlética do Banco do Brasil. Durante o evento, o deputado apresentou um balanço das atividades parlamentares realizadas durante o ano de 2015. O encontro teve a participação dos vereadores Astolfo Seabra; Irislane Avelar; Moura (Mauricio Alves da Costa); e Pedrão do Baixão.  Também estavam presentes o Presidente do Diretório Municipal do PMDB, Walmek Avelar; o Presidente do PMDB Jovem Municipal; Marcos Alan e o Clodomir Filho. O evento contou ainda com a presença das lideranças dos povoados: Bacupari (Pretinha); Baixa de Areia (Davi); Bancos (Sr. Martins); Comprida (Charles e Nêgo); Lagoa de Baixo (Luzia e Itamar); Lagoa Nova (Nêgo Cipó); Maria Eva (Tião e Eva Dior). O Representante da Associação Cultural Sapupara, Jorge Almeida, também prestigiou o encontro. “Tenho compromissos com o povo de São Domingos. Sou grato ao povo deste município às lideranças que me ajudaram a conquistar o mandato de Deputado Federal. A melhor forma de demonstrar minha gratidão é com trabalho. Isso eu tenho feito”, enfatizou o parlamentar.

Produtividade – Rocha fez questão de apresentar o resultado de seu trabalho durante o ano passado quando apresentou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição); 21 Projetos de Lei; e foi relator de 37 de Projetos de Leis. “Todos os projetos que relatei foram aprovados”, exaltou. Para ilustrar a importância e os impactos das propostas defendidas, o Deputado destacou o Projeto de Lei 215/15. A proposta aumenta as penalidades para crimes contra a honra cometidos em redes sociais. “O nosso Código Penal é antigo. Quando foi elaborado, em meados do século passado, não existiam os recursos tecnológicos hoje disponíveis, como a internet. Os crimes contra a honra praticados pelas redes sociais têm um efeito devastador na vida das vítimas, causam enormes prejuízos na vida profissional, familiar, além de danos morais e emocionais irreparáveis”, argumentou. 

Reconhecimento – O vereador Astolfo Seabra enumerou algumas conquistas do grupo político que apoiou Hildo Rocha em São Domingos do Maranhão. “O nosso grupo tem contribuído para o desenvolvimento do município. Por meio do nosso trabalho, com a ajuda dos deputados Hildo Rocha e Antônio Pereira, conseguimos 4 km de asfalto para a nossa cidade que foi implantado em 2014; conquistamos dois poços artesianos; tivemos a satisfação de receber quatro bombas para equipar os poços que estavam desativados; e conseguimos uma patrulha mecanizada que tanto tem servido às nossas comunidades”, destacou Seabra.

Acerto – A vereadora Irislane Avelar disse que o grupo acertou ao apoiar o deputado Hildo Rocha. “Nós estamos vendo Hildo Rocha é um deputado atuante, está honrando cada voto que recebeu dos maranhenses. As ações já realizadas confirmam que fizemos a escolha certa”, celebrou a vereadora.

Novas ações  – Em resposta às demandas apresentadas pelos vereadores, o deputado assumiu o compromisso de lutar para que o Ministério da Agricultura altere o período de financiamento da lavoura de abacaxi, e de buscar meios para conseguir equipamentos agrícolas para as comunidades rurais de São Domingos do Maranhão. Quanto à liberação de recursos para a construção de unidades habitacionais Rocha explicou que o Governo Federal fez cortes no orçamento. “No ano passado não houve assinatura de contratos. Mas, este ano, se houver recursos e o projeto destinado ao município estiver aprovado, nós iremos ter condições de atender a essa demanda”, assegurou Hildo Rocha.

Deputado Hildo Rocha viabiliza aquisição de Acelerador Linear para o Hospital Aldenora Bello

As ações do deputado Hildo Rocha (PMDB/MA), iniciada logo nos primeiros dias de mandato, em busca de melhorias para o Hospital Aldenora Bello começa a render os primeiros resultados práticos. Durante audiência, nesta terça-feira (2) o Ministro Marcelo Castro anunciou que os recursos para a compra de um Acelerador Linear, já estão assegurados. Castro reconheceu que o empenho do parlamentar maranhense foi fundamental para a viabilização dos recursos.

COM DIRETORES DO HOSPITAL ALDENORA BELLO (3)

“Hildo Rocha é um dos deputados mais atuantes no Congresso Nacional. Quero cumprimenta-lo pelo excelente trabalho que ele tem feito na Comissão Mista do Orçamento defendendo, de maneira muito firme, os recursos para a saúde pública do Brasil e do Maranhão, Estado ele representa na Câmara Federal”, enfatizou Castro.

Ações em favor dos municípios – Além da valiosa conquista em favor do Hospital Aldenora Bello, Hildo Rocha é o autor de uma emenda de plenário por da qual conseguiu aumentar em R$ 80 milhões os recursos para o atendimento de Média e Alta Complexidade (MAC), no âmbito estadual, e liderou a luta que resultou no aumento da Receita Orçamentária da União, referente à Saúde para 2016, em R$ 10 bilhões. Apesar desse reforço orçamentário, os municípios passam por dificuldades no setor da saúde pública. Para debater sobre o subfinanciamento federal e questões específicas de cada localidade, Rocha ajudou a articular novo encontro do Ministro Marcelo Castro. Os prefeitos maranhenses reivindicam, entre outras questões, repasses para as áreas de Média e Alta Complexidade.

Omissão do governo estadual – Hildo Rocha ressaltou que, em parte, as dificuldades enfrentadas pelos municípios no setor da saúde devem-se à falta de apoio do Governo Estadual. O parlamentar lembrou que a ex-governadora Roseana Sarney repassava mensalmente recursos do Programa Saúde é Vida. “Até dezembro de 2014 diversas prefeituras recebiam ajuda do governo estadual. Lamentavelmente o governo que assumiu o comando do estado, em janeiro de 2015, promoveu o desmonte do sistema de saúde pública e suspendeu os repasses. O resultado está aí. A qualidade do atendimento ficou ruim. A população maranhense está sendo penalizada pela falta ade compromisso do Governador do Estado”, destacou Hildo Rocha.

O ministro defendeu o aprimoramento das parcerias entre as três esferas de governo e garantiu que irá se empenhar para encontrar soluções para as demandas dos prefeitos maranhenses. Participaram da reunião Gil Cutrim, prefeito de São José de Ribamar e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM); Edvaldo Nascimento  dos Santos (Vargem Grande); José Gomes Rodrigues (Buriticupu); José Martinho dos Santos Barros (Cantanhede); Juran Carvalho (Presidente Dutra); Maura Jorge (Lago da Pedra); Sebastião Madeira (Imperatriz); e Eric Costa (Barra do Corda). O deputado Estadual Léo Cunha (PSC) também participou do encontro.

Atuação parlamentar de Hildo Rocha é debatida no Programa Tribuna 101, da Rádio Cidade de Pedreiras

O deputado federal Hildo Rocha visitou Pedreiras, no último fim de semana, para verificar a situação em que a cidade se encontrava após o forte temporal que caiu sobre a cidade quarta-feira (27). A enxurrada inundou casas; abriu crateras; arrancou asfalto; gerou acúmulo de lama e lixo nas ruas; e causou prejuízos à população. 

DSCN9836

“Fiquei sensibilizado com as fotos e vídeos que assistir por meio de redes sociais. Em sinal de solidariedade às famílias afetadas me desloquei até a cidade para conversar com a população e dizer que, na condição de parlamentar federal, estou à disposição das autoridades municipais para somar forças na busca de ações do Governo Federal capazes de evitar que fatos semelhantes voltem a casar transtornos e prejuízos à população pedreirense”, explicou Rocha. 

Atuação parlamentar – Rocha participou de um debate transmitido por meio do Programa Tribuna 101, da Rádio Cidade de Pedreiras, apresentado por Neto Corinto, Clebinho e Clarton Sousa. O deputado voltou a agradecer os eleitores da região que ajudaram a elegê-lo e fez um balanço das atividades parlamentares realizadas durante o seu primeiro ano de mandato.  O parlamentar falou sobre a sua presença em plenário e nas comissões técnicas. “Em 2015 foram realizadas 125 Sessões Deliberativas, participei de 121. Não estive presente apenas em quatro porque estava representando o Brasil no Parlamento Latino-Americano e Caribenho, em reuniões no Panamá e no México”, destacou. 

“Nas comissões técnicas, das quais sou membro, houve 393 reuniões tendo participado de 387 faltando a seis pelas viagens que fiz a serviço do parlamento do meu país. Portanto cumpri com meu compromisso de participar das ações legislativas da Câmara Federal”, enfatizou o parlamentar. 

Política Nacional de Combate à Dengue – Questionado a respeito do Projeto de Lei que cria a Política Nacional de Combate à Dengue, o parlamentar disse que foi escolhido para ser o relator do Projeto. A proposta institui o incentivo à pesquisa científica com o objetivo de encontrar meios para combater a transmissão e proliferação dos agentes transmissores; elaboração de campanhas de conscientização; descentralização político-administrativa; criação de mecanismos que favoreçam a divulgação de informações de caráter educativo sobre os aspectos de saúde pública e saneamento básico; entre outras ações. 

Reforma da Lei do ISS (Imposto Sobre Serviços) – Hildo Rocha disse que apresentou uma emenda aglutinativa que definiu novos critérios para tributação do ISS sobre operações com cartão de crédito e debito, planos de saúde e leasing. Segundo estimativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) as operadoras de cartões de credito e debito arrecadam anualmente mais de R$ 6 bilhões. “As novas regras irão contribuir para aliviar a grave crise financeira vivenciada por muitos municípios”, ressaltou Rocha. 

Projetos de Lei – O deputado destacou a apresentação de 21 projetos de leis de sua autoria, em 2015. Citou o que torna obrigatória a gravação em áudio e vídeo de todas as operações policiais (Projeto de Lei 2.416/2015). O parlamentar ressaltou que a norma servirá para preservar os bons policiais e dará mais segurança aos cidadãos e cidadãs, coibindo exceções e violações dos direitos humanos. “As operações policiais serão obrigatoriamente gravadas em áudio e vídeo, de maneira individualizada, dando segurança aos agentes de segurança e garantias aos cidadãos. As imagens serão preservadas por um período mínimo de seis meses e, com base na Lei de Acesso à Informação, poderão ser requisitadas por qualquer cidadão que manifeste interesse em obtê-las”, explicou Rocha. 

Agradecimentos – Rocha finalizou agradecendo aos pedreirenses, e aos habitantes das cidades localizadas no médio Mearim, que o ajudaram na eleição para deputado federal. “Estou honrando o voto que vocês me deram. Estou trabalhando em favor do povo do meu estado. Nosso compromisso está selado. Continuarei trabalhando com fervor na defesa dos interesses do Maranhão” afirmou.

Deputado Hildo Rocha prestigia lançamento da pré-candidatura de Fábio Assunção a prefeito de São Mateus

O empresário Fábio Assunção reuniu lideranças políticas, sindicalistas, amigos e simpatizantes para anunciar a intenção de disputar o cargo de prefeito de São Mateus, na eleição de outubro deste ano. O evento foi prestigiado pelo deputado federal Hildo Rocha (PMDB) e teve a participação do Presidente Estadual do PRP, Severino Sales, vereadores, ex-vereadores, líderes políticos e comunitários do município.

FOTO_03_SÃO_MATEUS_29_01_2016

“Fábio Assunção é um jovem de temperamento equilibrado, lúcido e conciliador. O êxito alcançado nas atividades empresariais demonstra que Fábio é um bom administrador, conhece a realidade do povo de São Mateus. Fábio está disposto governar o município e promover uma renovação na política local e na administração da cidade que hoje passa por um momento difícil”, destacou Hildo Rocha.

O parlamentar enfatizou que o estado de abandono em que se encontra São Mateus confirma a necessidade de renovação na política local. “São Mateus precisa eleger um administrador dinâmico, criativo e inovador. Fábio Assunção preenche todos esses requisitos. Este é o momento ideal para a população virar essa página mal escrita da história política de São Mateus e eleger um prefeito dinâmico, competente e compromissado com o desenvolvimento do município”, destacou o parlamentar.

Gratidão – Rocha lembrou que na eleição de 2014, na qual se elegeu com 125.521 votos, teve o apoio de Fábio e das lideranças que defendem a pré-candidatura do empresário. “Sou grato aos eleitores e eleitoras de São Mateus que acreditaram nas nossas propostas. Tenho me empenhado para retribuir a confiança com ações em benefício do nosso Estado”, destacou.

Balanço das atividades – O parlamentar enfatizou que faltou apenas a quatro sessões deliberativas e seis reuniões das comissões porque estava viajando, em missão oficial, representando a Câmara em eventos do Parlamento Latinoamericano. “Participei ativamente dos debates; estive presente em 121 das 125 sessões deliberativas (96,8%); das 393 reuniões das comissões técnicas, participei de 387 (98,5%); apresentei 21 projetos de leis e fui o relator de 37 projetos, todos aprovados; trabalhei intensamente para conquistar recursos para os municípios maranhenses; e, por meio de emenda de plenário consegui aumentar em 9% os recursos para o atendimento de Média e Alta Complexidade (MAC) no nosso Estado. Portanto, cumpri o meu papel de parlamentar. Entendo que a melhor maneira de demonstrar gratidão aos eleitores e eleitoras que me elegeram é me dedicando integralmente ao mandato”, argumentou.

Uma nova voz a serviço da população – Ainda durante a visita ao município, Hildo Rocha participou da festa de inauguração da TV Amazonas, novo empreendimento do empresário Fábio Assunção. O evento foi prestigiado pelo deputado estadual Vinicius Louro, pelo prefeito de Cantanhede, Zé Martinho (Cabão) e pelo presidente estadual do PRP Severino Sales. O deputado Hildo Rocha ressaltou disse que a instalação da emissora é mais uma prova da capacidade e do dinamismo de Fábio Assunção. “São Mateus é um importante polo comercial e de serviços com forte influência nos municípios de Matões do Norte; Alto Alegre; Peritoró; Cantanhede; Pirapemas e outros municípios da região”, destacou o deputado.

Rocha disse que a programação dinâmica e interativa da Rede Meio Norte, à qual a TV Amazonas está filiada, favorece a produção de programas locais. “São Mateus tem, a partir de agora, uma nova voz a serviço da população. A emissora irá proporcionar entretenimento e os telespectadores poderão se manifestar, discutir a realidade local, e difundir a cultura local e regional. O novo empreendimento, implantado por Fábio Assunção, irá contribuir para o fortalecimento da economia local”, afirmou o deputado.

Hildo Rocha critica modelo adotado por Flávio Dino para a Rota das Emoções: “estão vendendo ilusões”

Em entrevista à Rádio Verdes Mares, de São José de Ribamar, o deputado federal Hildo Rocha disse que o Governador Flávio Dino cometeu um grande erro ao aceitar que a formatação da Rota das Emoções tenha como porta de entrada o estado do Ceará. “Na forma como o acordo foi pactuado, não é bom para o Maranhão. O correto seria eleger Barreirinhas como a porta de entrada para a Rota, ou então São Luís. A maior parte do Delta das Américas está no Maranhão. Apenas 10% pertence ao Piauí. Além disso, o modelo exclui a capital do nosso Estado em benefício do Ceará. Eles estão vendendo ilusão para os maranhenses. As nossas belezas naturais que Deus nos vão servir para beneficiar o Ceará” , argumentou o parlamentar. 

Foto_01 (1)

O acordo firmado nesta terça-feira (26), entre os governadores Flávio Dino (Maranhão); Camilo Santana (Ceará); e Wellington Dias (Piauí), marca o reinício das ações que tem como objetivo desenvolver o turismo em 14 cidades da Rota das Emoções. Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia, no Piauí; Barreirinhas, Paulino Neves, Araioses, Tutóia e Santo Amaro no Maranhão; e Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara, no Ceará. “Podemos observar que eles excluíram todos os municípios do Munim: Morros, Icatu, Presidente Juscelino e Axixá. Humberto de Campos que fazem parte do parque dos lençóis”, observou. 

Rocha enfatizou que o governador deveria ter feito uma pesquisa mais aprofundada a fim de se inteirar acerca do assunto. Segundo o deputado, a capital maranhense não poderia ter sido excluída do roteiro e advertiu que o governo deve apressar a conclusão do terminal de passageiros do aeroporto de Barreirinhas que foi iniciado pela Roseana Sarney. “Do jeito que está idealizado, a tendência é que os turistas passem mais tempo nos municípios do Ceará e do Piauí. Atualmente o turista que viaja de avião para os lençóis maranhenses, desce em São Luís, hospeda-se aqui e em seguida viaja para lá, passando de dois a três dias hospedados em uma das cidades daquela região. Da forma acordada pelo Flávio Dino, a cadeia produtiva do turismo maranhense tem pouco a ganhar porque os visitantes irão se hospedar, consumir e demandar serviços em maior escala nos Estados vizinhos que integram a Rota. Os hotéis, as empresas de transporte, os restaurantes, os prestadores de serviços instalados no Maranhão serão prejudicados”, destacou. 

O projeto será gerenciado pela Agência de Desenvolvimento Regional Sustentável (ADRS), organismo criado exclusivamente com o objetivo de promover e o apoiar a comercialização de produtos turísticos; a qualificação da mão de obra do setor; o fortalecimento da economia; e a geração de emprego e renda nos municípios integrantes.

Hildo Rocha participa do lançamento da pré-candidatura de Dr. Branco à prefeitura de Barreirinhas

Compromisso, trabalho e confiança. Essas palavras predominaram nos discursos dos oradores que manifestaram apoio à pré-candidatura do ex-presidente do Iterma (Instituto de Terras do Maranhão), Dr. Branco (Raimundo Branco). O ato aconteceu neste fim de semana, sob a coordenação do presidente da Associação dos Moradores do Povoado Jabuti I, Bernardo Pires. O evento que ocorreu na zona rural do município de Barreirinhas foi prestigiado pelo deputado federal Hildo Rocha e contou com a presença de sindicalistas, presidentes de associações, lideranças comunitárias e pré-candidatos a vereador. “Dr. Branco é um homem de palavra, tem compromisso com a população, é competente e trabalhador. Tenho certeza que com todas essas virtudes ele será um excelente prefeito” declarou Hildo Rocha.

Foto_01

Resultados positivos – Os resultados da atuação de Dr. Branco, no comando do Iterma (Instituto de Terras do Maranhão), foram citados pelo deputado como argumentos para justificar a confiança no potencial do pré-candidato.  “Dr. Branco conseguiu vários benefícios para Barreirinhas quando foi diretor e depois presidente do Iterma – Instituto de Terras do Maranhão. Posso citar a regularização de terras, das diversas ações nas áreas rurais como os programas habitacionais que possibilitaram a melhoria da qualidade de vida da população que reside nos povoados; eletrificação rural e ainda o trabalho que proporcionou a centenas de trabalhadores e trabalhadoras rurais o acesso ao Pronaf A (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar nas Áreas de Assentamento)”, destacou Hildo Rocha.

Força política – O pré-candidato ressaltou que agora, mais do que nunca, irá precisar do apoio da população e da força política do deputado Hildo Rocha. “Sou pré-candidato a prefeito de Barreirinhas para que possamos aumentar a nossa linha de ação, trabalhar mais na saúde, na educação, no saneamento, enfim, pelo bem-estar econômico e social do nosso município. Para isso, conto com a força política de Hildo Rocha, deputado federal que está do nosso lado, que tem nos ajudado a trazer benefícios para as nossas comunidades e tem compromisso com a população de Barreirinhas e conto, principalmente, com o apoio da população do nosso município”, afirmou Dr. Branco.

Confiança e apoio popular – Lideres das comunidades, sindicalistas e pré-candidatos a vereador também enalteceram as qualidades do Dr. Branco. A pré-candidata a vereadora Bernarda ressaltou que mesmo sem mandato, sem nunca ter sido prefeito, Dr. Branco sempre se empenhou para conseguir benefícios para a população. “A luta pela terra as casas, a energia elétrica e agora a instalação do sinal de celular nos povoados é um bom exemplo do trabalho do Dr. Branco”, declarou.

Foto_02

Leonardo do Espírito Santo, Presidente da Associação dos Moradores do Povoado Palmeira do Reis, lembrou as dificuldade para conseguir a aprovação de um projeto para a comunidade só foram superadas a partir do momento em que Dr. Branco e Hildo Rocha passaram a lutar pela implantação do plano. “Entramos em contato com Dr. Branco as coisas começaram a acontecer. No momento em que o Deputado Hildo Rocha entrou no movimento a pedido do Dr. Branco o nosso povoado começou a crescer. Hoje podemos dizer que Palmeira dos Reis é um dos povoados mais privilegiados de Barreirinhas, pois nós temos um projeto de campo agrícola bem sucedido”, afirmou.

“Nós temos que entrar nessa trincheira de lutas e dizer para aqueles deputados, aqueles vereadores, aqueles candidatos a prefeito pipira, que só aparecem nas nossas comunidades no tempo de eleição e depois vão embora, que as nossas comunidades precisam de uma representação, de alguém que olhe para a gente. Nós sabemos que o compromisso do Dr. Branco e do deputado Hildo Rocha é com os trabalhadores. Então, nós vamos eleger apenas esses que dão assistência às nossas comunidades”, sentenciou Reis.

“O nosso apoio está firmado nessa luta. Temos que apoiar homens sérios como estes. Vocês nunca viram um deputado, depois de eleito, voltar para dizer muito obrigado pelos votos que conseguiram aqui. Hildo Rocha mudou essa história e o Dr. Branco sempre mostrou compromisso com a gente”, comemorou o líder comunitário João Batista. “Tenho confiança no Dr. Branco, confio no trabalho dele desde quando eu o conheci no Iterma. Tenho certeza que juntos, iremos desenvolver um bom trabalho”, destacou Maria da Conceição Ramos, Presidente da Associação dos Moradores do Povoado Armazém II. “A gente já tem prova de que eles não vêm aqui só pedir votos. Eles estão aqui lado a lado com a gente dando uma força, trabalhando em favor das comunidades”, disse Josiran Evangelista Sousa.

Foto_04

Quem é Raimundo Branco – Dr. Branco é Engenheiro Agrônomo especialista em Irrigação, Hidrologia e Extensão Rural. Exerceu os cargos de Presidente do Instituto de Terras do Maranhão (Iterma); Diretor de Assentamentos do órgão. Exerceu ainda os cargos de Assessor da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), no governo de Roseana Sarney, durante a gestão do ex-secretário Luciano Moreira; Assessor da Casa Civil; e Gestor de Assentamentos.