Em Rosário, câmara esconde salários de servidores

Uma nova bomba fiscal está prestes a explodir na Câmara dos Vereadores de Rosário (cidade a 60 quilômetros de São Luís), além de não cumpre com a lei da transparência (VEJA AQUI) a casa apagou os nomes de seus funcionários da lista com salários divulgada em seu site oficial na internet (http://cmrosario.ma.gov.br/).

O presidente da câmara municipal de Rosário, Luiz Carlos Barros de Oliveira, o Kiko (PMDB), ele passou a divulgar, por decisão da mesa diretora da casa, só a numeração da matrícula dos servidores ao lado dos vencimentos, impossibilitando ligar os valores à identidade dos funcionários.

A medida vai na contramão de órgãos públicos de outras esferas, como a própria prefeitura e governo do estado do Maranhão, que divulgam dados detalhados. Por outro lado, segue modelo adotado pela Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Alema), que só divulga a matrícula ao lado dos salários.

Na contramão da transparência, a Câmara Municipal de Rosário guarda a sete chaves os salários dos funcionários e se nega a cumprir a Lei de Acesso à Informação. O presidente da câmara municipal de Rosário, Luiz Carlos Barros de Oliveira, o Kiko (PMDB), que foi procurado pelo blog, no entanto, não atendeu as ligações até o fechamento desta edição.