Rosário quer PAZ!

Por Calvet Filho

Rosário quer paz! Eu quero paz! Louvável todos os comentários que já vi, li e reli. Reflete nada mais nada menos que o descontentamento e indignação de toda uma população que ao longo dos anos presenciou de perto a transformação de uma cidade de paz em cidade de guerra! E volto a perguntar como assim já fiz em outras postagens: De quem é a culpa? O que faremos? Voltando no tempo me recordo de muitas caminhadas já realizadas aqui em Rosário na tentativa de combater a violência e o extermínio de jovens.

Igrejas Evangélicas e Católica, sociedade civil organizada e lideranças políticas já fizeram ou participaram de passeatas e caminhadas e infelizmente nada mudou. Sou a favor de uma caminhada pela paz, eu mesmo já fiz muitas e o que ganhamos com essas caminhadas? Alguns dias de paz, mas a verdadeira paz vem de Jesus. A paz só virá com atitudes, ações e infelizmente o que temos visto é a delegação de responsabilidade de nossos representantes constituídos que não fizeram, não fazem e não tem interesse em fazer. Vi uma postagem da maior autoridade do município para esperarmos o próximo governo assumir, até lá, mesmo faltando dois meses, quantos jovens morrerão?

Quantos assaltos a lojas teremos que presenciar? Já vimos de tudo aqui, e o que mais dói é ver o trabalhador sendo chamado de vagabundo e o vagabundo sendo tratado como cidadão de bem, pois, esse é o sentimento que a impunidade gera. Queremos chamar a atenção, então façamos uma caminhada em um dia de semana onde encontraremos a prefeitura aberta, a Câmara municipal aberta, Defensoria Pública, Ministério Público… Vamos fechar as lojas, os postos, os comércios, temos que nos unir mesmo. Mostrar que cidade pede socorro! Um dia que se fechar o comércio local em protesto não deixará ninguém mais pobre e é muito melhor do que perder a vida!

Sou cidadão, e assim como vocês, não aguento mais ver essa onda de violência e que onda nada, onda passa, mas aqui perdura. Outro ponto para finalizar, friso aquela que tem o papel mais importante de todos na sociedade, a família, o que temos feito para cuidar dos nossos filhos, que exemplos temos dado? Não conseguir encontrar ainda o culpado, pois, todos nós podemos fazer a mudança que queremos e precisamos. Mas só podemos mudar os outros, se mudarmos primeiro!

Eu faço parte da mudança…

Deixe uma resposta