Flávio entrega ambulância e anuncia investimentos para Anajatuba

Em solenidade no Palácio dos Leões, em São Luís na manhã desta terça-feira (16), o prefeito municipal de Anajatuba, Sidney Pereira (PCdoB), recebeu uma ambulância do governo do estado.

O veículo possui duas macas, duas pranchas, um umidificador, cadeira de rodas, cilindro e bala de transporte para oxigênio. Estas ambulâncias estão equipadas de modo a serem usadas como Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e semi-UTI, e podem ser transformadas em Unidade de Suporte Avançado (USA).

Em conversa com Sidney, o governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou investimentos para a cidade. Fizermos uma troca de investimentos, o governo iria liberar para o carnaval 2018, mas será convertido para a reformar do hospital municipal, sendo o valor do convênio para o carnaval seria R$ 100.000,00 (cem mil reais), para a reforma o governador liberaria R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), e além da ampliação do matadouro da cidade no valor de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais).

Outro anúncio feito pelo governador foi a liberação de R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) pra pavimentação asfáltica de mais 6 Km da estrada do Afoga, que vai beneficiar milhares de moradores é uma reivindicação antiga da população.

“A estrada do Afoga é bastante significativa e vai oferecer a infraestrutura necessária que vai ajudar nosso cidade a crescer, escoando a safra, criando rotas comerciais, enfim, levando desenvolvimento e melhores condições de vida para a população”, ressaltou o prefeito.

É inconsistente denúncia contra a prefeitura de Caxias e Ministério Público arquiva processo

O Mistério Público arquivou ação civil pública movida contra a prefeitura municipal de Caxias para investigar denúncias envolvendo o convênio com a empresa Sociedade Educacional Caxiense S/C Ltda.

Segundo o MP, está arquivado por falta de elementos que comprovasse a irregularidade. Já a prefeitura diz que o convênio celebrado não onera em nada o erário público, ou seja, não gera despesa ao município.

O convênio é simplesmente uma parceria entre a prefeitura e a entidade educacional no sentido de melhorar o atendimento na rede pública de saúde através de estágios com os alunos da entidade educacional.

Mas que voltamos a repetir, em nada onera o erário público, não gera despesa alguma para o município. Informamos ainda que o processo encontra-se arquivado pelo ministério público por falta de consistência na denúncia.

O Ministério Público ofereceu a denúncia com base em informações que havia recebido, a partir disso, as defesas apresentaram as contrarrazões, em função disso o processo foi arquivado.

O necessário debate sobre compromissos de campanha:  comparação entre Flávio Dino e Hildo Rocha revela diferenças abissais

Durante a campanha eleitoral de 2014, Dino se comprometeu em realizar 65 promessas.  Mas, de acordo com o deputado federal Hildo Rocha, apenas oito foram cumpridas. Um fiasco que o governador teima em desconhecer. Diante do fracasso, tenta a todo custo se apossar de obras projetadas, viabilizadas e iniciadas no governo de Roseana Sarney ganhou a alcunha de governador Xexéu, alusão à ave que tem o hábito de se apossar de ninhos feitos por outras espécies.

Duplicação da BR-135

Dino parece gostar do codinome pois insiste em se apossar de realizações de outros governantes. O episódio mais recente aconteceu durante a inauguração do primeiro trecho da duplicação da BR-135, obra bancada 100% com recursos federais. Um espalhafatoso secretário do governo Dino chegou a divulgar nas redes sociais que a obra era uma realização do governo estadual. Haja peroba.

Todos sabem que Flávio Dino tentou remanejar a emenda de bancada impositiva dos deputados e senadores do Maranhão para o fundo de escola digna. Acontece que para essa finalidade existem recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Hildo Rocha não aceitou, bateu de frente com o comunista, pois sabia que a única forma de assegurar recursos suficientes para a conclusão da primeira etapa da obra, entre Estiva e Bacabeira, seria destinando a emenda de bancada para o término do empreendimento. Os deputados e senadores entenderam tiveram o mesmo entendimento. Os benefícios chegaram.

Ameaças e intimidações

Embora tenha tentado fazer o remanejamento de verbas, fato que fatalmente iria inviabilizar a conclusão da obra, Dino tentou se apossar do empreendimento. Prova cabal é Dino na solenidade de inauguração, Dino queria falar por último, sendo que por questões protocolares caberia ao ministro dos transportes encerrar o evento.

Diante das negativas, Dino chegou ao cúmulo de intimidar a cerimonialista do Governo Federal que coordenou a solenidade. Dino ameaçou chamar a polícia. Disse que poderia mandar prendê-la por desacato. Ato vergonhoso, ridículo, lamentável.

Gato por Lebre

Não é de hoje que Dino vende Gato por Lebre. Em fevereiro do ano passado em propaganda enganosa do governo Dino alardeou que o Maranhão ocupava o segundo lugar no quesito salários de professores. Mais uma falácia do governo comunista. A lorota gerou revolta na categoria. Dino foi desmentido com veemência. O episódio repercutiu na Câmara Federal.

Um exemplo louvável

Enquanto Dino envergonha o Maranhão, alguns políticos fazem de tudo para dignificar o mandato. Um exemplo emblemático é o deputado federal Hildo Rocha. O parlamentar elegeu-se defendendo a bandeira do municipalismo. Não decepcionou. Foram necessários apenas nove meses de mandato para o parlamentar conquistar a confiança e o reconhecimento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), maior entidade municipalista do país.

Ações relevantes

O reconhecimento decorre, entre outros fatores, da atuação em comissões cujos temas convergem para a pauta municipalista: Desenvolvimento Urbano; Finanças e Tributação; Constituição e Justiça; Fiscalização Financeira e Controle; Pacto Federativo e da Reforma Tributária.

Na Comissão de Desenvolvimento Urbano o parlamentar tem sido combativo defensor de ações em favor da melhoria da infraestrutura dos municípios; tem defendido melhorias das rodovias federais; luta, com notória insistência, pela continuidade da duplicação da BR-135 e tem buscado soluções para problemas que ocasionam atrasos nas obras do Programa Minha Casa Minha Vida.

A atuação de Hildo Rocha nas comissões de Finanças e Tributação; Constituição e Justiça; Fiscalização Financeira e Controle; Pacto Federativo e da Reforma Tributária foram decisivas para assegurar melhorar a arrecadação e aliviar crise financeira dos municípios. Rocha propôs a redefinição das regras de arrecadação e patilha do ISS; chamou entidades representativas para debaterem a pauta de reivindicações de interesse dos municípios brasileiros; ouviu os mais renomados especialistas em tributação e debateu o tema com entidades empresariais. Os resultados são inegáveis. As mudanças incluídas na nova legislação do ISS confirmam.

Lei do ISS

As mudanças na legislação do ISS foram efetivadas por meio da Lei Complementar 157/2016, que reformula as normas de arrecadação e distribuição do Imposto Sobre Serviços (ISS). Os parlamentares Hildo Rocha (PMDB/MA) e Soraya Santos (PMDB/RJ) conseguiram incluir no novo regulamento proposta que assegura a todos os municípios o direito de arrecadar o ISS (Imposto Sobre Serviços) de operações com cartões de crédito/débito. Antes esses recursos eram destinados apenas aos municípios Paulistas.

Estudos da CNM indicam que a arrecadação desses tributos ultrapassa R$ 6 bilhões. Antes, os recursos eram recolhidos em favor dos municípios onde estão instaladas as administradoras de cartões. Isso mudou. Com a aprovação da emenda de plenário, o que antes ficava concentrado em pouco mais de 30 localidades passou a distribuído para todos os municípios brasileiros.

Comparação

A título de ilustração, essa conquista irá proporcionar à capital do Maranhão, São Luis, condições para que o município arrecade R$ 60 milhões de Reais por ano. Isso faz muita diferença.

Flávio Dino fracassou, seu governo é só propaganda. Uma lástima. Hildo Rocha é diferente. Trabalha, apresenta resultados, honra os compromissos, dignifica o mandato. A prova mais significativa é o reconhecimento da maior entidade municipalista do país. O Maranhão aplaude, Brasil agradece. 

Zé Inácio vistoria obras do Diques da Produção em Bequimão

O deputado Zé Inácio esteve no último sábado (13) no povoado Mojo, em Bequimão, para acompanhar o andamento das obras do programa Diques da Produção.

No local está sendo construído um dique que deverá ter cerca de 1.200m de comprimento por 14m de largura, e irá atender a mais de dez comunidades da região. Até o momento já foram escavados 550m.

A obra está sendo executada a partir de projeto do Governo do Estado através da Sedes, com emenda parlamentar do deputado.

Segundo Zé Inacio “Essa obra é de extrema importância para as comunidades da região, pois garantirá água para irrigação das plantações, para os animais e peixes para a venda e consumo.”.

Além do deputado participaram da visita o prefeito Zé Martins, o vice Magal, os vereadores Amarildo, presidente da câmara, Valmir, Jorge Filho, Zeca, Vetinho e o engenheiro Eduardo Castelo Branco, representando a Secretária de Desenvolvimento Social – Sedes

Entrega de kits sanitários

No domingo (14) Zé Inácio participou da entrega de 62 kits sanitários para moradores da comunidade quilombola Ramal do Quindiua, em Bequimão.

“Esse banheiros são fundamentais não só por contribuir na diminuição de doenças causadas pelos dejetos que antes era descartados de maneira inadequada, mas por trazer mais dignidade a essas famílias. Parabenizo o prefeito Zé Martins, o vice Magal, os vereadores e secretários por esse importante feito.”.

Wellington do Curso cobra infraestrutura para bairros de Paço do Lumiar

Deputado Wellington cobra infraestrutura para bairros de Paço do Lumiar

Na manhã desta segunda-feira (15), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou, na Assembleia Legislativa, proposições nas quais solicita mais infraestrutura para bairros de Paço do Lumiar. As solicitações foram captadas por meio do projeto “Ouvindo o Maranhão”, no qual Wellington passou a tarde do último domingo (14) em reunião com moradores de diversos bairros, ouvindo as demandas e reivindicações.

Na ocasião, Wellington cobrou, ainda, que a parceria anunciada por Governo e Prefeitura seja efetivada. “Aceitando o convite dos moradores do Residencial Carlos Augusto, passei a tarde ouvindo a população de Paço do Lumiar. Na ocasião, ouvi o Senhor Francisco, de 83 anos, e outros moradores. Embora ontem tenha sido o aniversário de Paço do Lumiar, quem conhece a realidade do município não tem muito o que comemorar. Entre as demandas da população, há a falta de infraestrutura das ruas (buracos em todas as vias); falta de iluminação pública e saneamento básico tanto na comunidade Carlos Augusto, quanto nos residenciais Maria Firmina, São José, Vila do Povo, Araguaia e Canaã. Governador Flávio Dino, lembre-se que na época das eleições Vossa Excelência prometeu uma parceria com a Prefeitura . A população aguarda o cumprimento dessa promessa!”, disse Wellington.

Já para execução em 2018, o deputado Wellington destinou parte de suas emendas parlamentares para garantir a infraestrutura de Paço do Lumiar. Cabe, agora, ao Governo liberar recursos.

Deputado Toca Serra participa de culto de Ação de Graça em Pedro do Rosário

Na noite de ontem, dia 13, o deputado estadual Toca Serra participou de um grande culto de louvor e adoração na praça do município de Pedro do Rosário, na Baixada Maranhense.

A convite da anfitriã Maria do Rosário, matriarca da Família Mendes e ex-prefeita da cidade por dois mandatos, o parlamentar pode presenciar uma linda festa em agradecimento a Deus pelo livramento de um câncer.

A vítima foi a ex-prefeita, que ficou internada na UTI durante um período e sua família fez um voto a Deus prometendo realizar um culto de Ação de Graça em praça pública em forma de agradecimento.

Na oportunidade, a ex-prefeita Maria do Rosário fez seu testemunho numa festa que reuniu mais de cinco mil pessoas, além de seus familiares Cleber Mendes (filho), Pedro Mendes (filho), Klesio Mendes (filho), Joaquim Mendes (filho), Évila Mendes (filha), Duzinha Mendes (filha), prefeito de Turilândia, Alberto Magno Mendes (filho), prefeita de Porto Rico, Tatiane Mendes (neta) e vários pastores de denominações evangélicas.

O deputado Toca Serra demonstrou satisfação por ter comparecimento ao grandioso evento e disse que se sentiu “muito feliz e emocionado em participar de um momento tão sublime da vida dessa família, que é uma família Tradicional de Pedro do Rosário e que já fez muito por esta cidade e esta região.”

Prefeito de Turilândia, Alberto e o deputado Toca Serra no evento em Pedro do Rosário-MA

Prefeito de Turilândia, Alberto e o deputado Toca Serra no evento em Pedro do Rosário-MA

Luciano Genésio transforma Maternidade de Pinheiro em referência na saúde infantil

O Hospital Nossa Senhora das Mercês, popularmente conhecido em toda região da baixada como Materno Infantil, é a principal maternidade do polo que compreende 17 municípios.

Com mais de 40 anos de existência, a instituição que foi doada por Dom Afonso Maria Ungarelli em 1974, se tornou o mais importante (e único) hospital especializado em atendimento obstétrico e pediátrico da região, sendo sua importância (infelizmente) esquecida com o passar dos anos por algumas gestões.

Assim como outros prédios públicos, principalmente na área da saúde, o Materno Infantil foi recebido em estado de abandono, o que levou o prefeito eleito em 2016, Luciano Genésio, declarar estado de emergência quando assumiu a gestão.

Em 2017 Luciano deu início às reformas do prédio além de capacitação para funcionários e a implantação do atendimento humanizado. O trabalho de reestruturação da instituição já está em processo final e a diferença entre o antes e depois impressiona a todos que necessitam dos serviços do hospital.

Toda a parte visual foi adaptada para transformar o ambiente mais atrativo e divertido para as crianças e assim facilitar o atendimento e o processo de recuperação dos pequenos pacientes.

Além da reforma, novas salas e novos serviços foram implantados com o processo de modernização do hospital:

Hoje o materno conta com o serviço de Regulação Médica que facilita a solicitação e a liberação de leitos em todo o estado do Maranhão e o de massoterapia que ajuda no relaxamento muscular para o parto.

Também conta com a Sala Multiprofissional que disponibiliza atendimento de psicologia e assistência social para pacientes que pretendem realizar a laqueadura (procedimento irreversível).

A nova direção também implantou as Salas de Estabilização Pediátrica e Obstétrica. A Lei de Acompanhamento (nunca antes obedecida) hoje é respeitada dentro do hospital, as mamães podem dividir a hora do parto e pós-parto imediato com a pessoa escolhida para esse momento especial.

O projeto de elevação do atendimento de urgência e emergência para alta complexidade já foi aprovado e o processo de implantação já deve começar ainda no início de 2018.

Os resultados dos investimentos dentro do hospital podem ser visto nos recordes de atendimentos e na busca de pacientes de outros pólos, a exemplo de Viana, Cururupu e Governador Nunes Freire que enviam pacientes para Pinheiro.

Para o diretor do hospital, Louredir Lobato, é um grande desafio estar à frente da maternidade mas ao mesmo tempo uma grande honra poder levar um atendimento digno e humanizado a todos que precisam de cuidados: “Muito me honra a confiança que o Prefeito Luciano depositou em nossa equipe para estar a frente da direção do hospital; é muito gratificante poder implantar serviços que fazem toda diferença na hora do atendimento de urgência e emergência como as salas de estabilização; vários outros projetos estão em andamento como o “Alô Bebê” que apenas aguarda a chegada dos equipamentos para ser colocado em prática” afirmou o diretor.

Weverton entrega equipamento agrícola em Satubinha

O deputado federal Weverton (PDT-MA) esteve neste sábado (13) em Satubinha e, ao lado da prefeita Dulcinha, fez a entrega ao município de um trator com grade de arar. “O equipamento vai auxiliar o preparo de áreas para o plantio e a colheita, permitindo o aumento da produção rural no município”, disse o parlamentar.

A entrega é resultado de uma emenda individual do deputado, que possibilitou à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) a compra de equipamentos para incentivo à produção agropecuária a diversos municípios do estado. Com esta entrega, já são 26 municípios beneficiados pela emenda, que é destinada a 46 municípios e soma um investimento de aproximadamente R$ 7 milhões.

Na oportunidade, Weverton também participou da entrega de uma ambulância, adquirida pelo Governo de Flávio Dino com indicação do deputado estadual Antônio Pereira (DEM) e da celebração de aniversário da prefeita Dulce Cunha (PV).

Coordenador de órgão indígena no Maranhão manteve contrato suspeito de irregularidades

Alexandre Cantuária e sua esposa Tacyana Schmidt estão juntos no amor e na corrupção

Os indícios de irregularidades na contratação de empresas prestadoras de serviço, com recursos da saúde indígena, continuaram no Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) do Maranhão até o ano de 2016, mesmo após a deflagração da Operação Frota, em setembro de 2014. A informação consta em um relatório anexado a um dossiê encaminhado anonimamente ao blog do Antônio Martins.

De acordo com os documentos, um dos contratos que recebeu aditivo no Dsei-MA beneficiou a empresa San Marino Locação de Veículos e Transportes, investigada pela Polícia Federal (PF), após a existência de fraudes em uma licitação feita na Bahia por órgão da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) em 2013. O assunto era grave, pois uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) havia detectado irregularidades na contratação da firma – entre elas, preços muito acima do razoável.

Apesar das irregularidades apontadas na fiscalização da CGU, mesmo assim, o Dsei-MA sob a coordenação de Alexandre Oliveira Cantuária, resolveu manter o contrato que foi colocado sob suspeita, depois que a empresa contratada virou alvo de operação da PF.

Empresa investigada pela PF na Bahia firmou contrato com o Dsei-MA

Na sexta-feira, o blog já havia mostrado o rombo de R$ 3,6 milhões no Dsei-MA. Além disso, mostramos que um dos DSEIs investigados em 2013 pelo TCU foi o de Alto Rio Negro Turi, na região localizada no noroeste do estado do Amazonas, que na época, era comandado por Alexandre Cantuária.

Ocorre que Cantuária ficou no Amazonas até 2014, quando assumiu o órgão indígena maranhense e desde então o transformou num escoadouro de dinheiro público. Nesse período, ele já cometeu várias irregularidades. Além de manter o contrato com a investigada pela PF, teve ainda a audácia de usar a própria sede do Dsei/MA como escritório do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), ONG que recebe R$ 500 milhões para terceirizar mão de obra para a saúde indígena no país.

Nomeação de Alexandre Cantuária para comandar Dsei-MA foi em 2014

O coordenador do Dsei/MA também usou sua influência para conseguir um contrato com o IMIP, no valor de R$ 84 mil à sua esposa Tacyana Schmidt. O dinheiro repassado pela União, por meio da ONG, deveria ser usado para pagar equipes de saúde indígena no Maranhão. O mais grave é que quem trabalhava pela esposa do coordenador do Dsei/MA era uma amiga.

Cantuária não peitou a fiscalização sozinho. O respaldo político para seu ato de bravura ao dar de ombros à CGU e PF veio do Congresso, numa amostra de como funciona o esquema de corrupção no governo de Michel Temer. Cantuária está no cargo como indicado do deputado federal João Marcelo (PMDB/MA).

Apesar disso, o contrato com a San Marino Locação de Veículos e Transportes não é o único colocado sob suspeita pela CGU e que foi mantido e aditivado pelo Dsei/MA. O próprio padrinho politico do coordenador do órgão resolveu bancar, em Brasília, a continuidade da contratação do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP) que foi desclassificado, não pelas irregularidades apontadas numa auditoria da CGU, mas por falta de documentação necessária.
A existência de gravações mostrando indícios de suborno e suposto acordo de propina para manter o contrato IMIP podem levar para cadeia membros da cúpula do Ministério da Saúde, políticos, empresários e até servidores. O caso é gravíssimo e pode até desencadear uma nova fase da operação Lava Jato.

Em 2016, emendas parlamentares de João Marcelo foram direcionadas à saúde e aos povos indignas

CORRUPÇÃO POR METRO QUADRADO
O blog vai seguir a série especial. Nos próximos capítulos vamos revelar a movimentação dos recursos de mais de R$ 10 milhões, viabilizados pelo deputado federal João Marcelo Souza (PMDB/MA) junto ao Ministério da Saúde, para atender as necessidades de locomoção do Distrito de Saúde Indígena do Maranhão. No total, o valor chega a R$ 10.387.440, 00. Aliás, foram justamente contratos de locomoção que levaram a PF a apurar irregularidades nos DSEIs. Aguardem!

Ricardo Diniz ouve demandas de moradores da Cidade Operária

O vereador Ricardo Diniz (PCdoB) mantêm uma intensa agenda de visitas à bairros de São Luís com o objetivo de ouvir as demandas da população. Em recente visita a Cidade Operária, Ricardo Diniz se reuniu com moradores da Unidade 105 e ouviu reivindicações da comunidade que solicitou a recuperação de ruas e avenidas, melhorias no serviço de limpeza e do transporte público.

Ricardo Diniz atendeu ao chamado do moradores da Cidade Operária, ouviu as solicitações e disse que vai propor requerimentos para solicitar da Prefeitura os benefícios para a comunidade.

“A importância do vereador estar sempre dentro da comunidade é porque ele pode observar, conversar com os moradores, sentir quais são os problemas que mais incomodam e discutir com a população quais as soluções viáveis para os bairros, estamos sempre em visita as comunidades para tentar levar esperança para as pessoas que aguardam os benefícios”, apontou o vereador Ricardo Diniz.