Maranhão

Guerreiro Júnior pode ser denunciado no CNJ por decisão teratológica

Afastado pela Câmara de Vereadores por graves denúncias de desvio de dinheiro público, o prefeito de Primeira Cruz, George...

Afastado pela Câmara de Vereadores por graves denúncias de desvio de dinheiro público, o prefeito de Primeira Cruz, George Luís Santos, retornou ao cargo nesta terça-feira ,09, por decisão do desembargador Guerreiro Júnior, que anulou a decisão do Poder Legislativo municipal.

Guerreiro Júnior decidiu em favor do prefeito em apenas 1h e 30 minutos depois de apreciar um processo de mais de 600 páginas, o que pode levá-lo ao CNJ por decisão teratológica, termo usado para classificar um decisão como absurda.

A decisão  do desembargador confronta decisões do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, do Supremo Tribunal de Justiça e do Supremo Tribunal Federal.

Entre as acusações contra o prefeito George Luís, estão desvio de recursos federais para reformas de escolas que não foram realizadas,  superfaturamento de empresas para cursos de capacitação. As informações são de Marcelo Vieira.

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados