Governo participa da coordenação para realizar a Conferência Metropolitana de Ater

Conferência Estadual que será nos dias 14 a 16 de abril.

  • Publicado por:
  • Wallace Braga

Representantes de vários setores públicos e sociais discutiram, no último final de semana, a organização da Conferência Metropolitana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), que acontecerá dia 1º de março, em São Luís. O trabalho de articulação para que o evento seja realizado está sendo coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF). Foto 2 - SAF coordena reunião de articulação da Conferência Metropolitana de Ater

O secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, defendeu a importância de uma Ater integradora de políticas públicas para a agricultura familiar. “A conferência é uma conquista importante para que os trabalhadores e trabalhadoras tenham condições de dizer o que esperam da Ater, para que possam sugerir mudanças efetivas para o segmento”, informou. 

Na reunião, gestores da Secretaria Executiva do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (Cedrus) no Maranhão e da Comissão Organizadora Estadual das Conferências de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) debateram o tema do evento com representantes das secretarias de agricultura dos municípios localizados na Ilha de São Luís: Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Raposa e São Luís. “É de fundamental importância a presença de representantes desses municípios, pois, na Conferência Metropolitana, as discussões estarão voltadas para essas localidades”, explicou a secretária executiva do Cedrus no Maranhão, Loroana Santana, que coordenou a reunião, em conjunto com o delegado federal de Desenvolvimento Agrário no Maranhão, Vicente Mesquita. 

No dia 15 deste mês, o secretário nacional do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (Condraf), Rodrigo Amaral, e o consultor para a Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural, Edson Ferreira, participaram de reunião com integrantes da Comissão Organizadora Estadual no Maranhão para definir a Conferência Estadual que será nos dias 14 a 16 de abril. Antes da Conferência Metropolitana serão realizadas as Conferências Territoriais do Médio Mearim, no dia 25, e do Baixo Parnaíba, no dia 26 deste mês. A Conferência Estadual de Ater será nos dias 14 a 16 de abril.Até o momento já foram realizadas oito conferências territoriais com a participação de aproximadamente 750 pessoas. A secretária adjunta de Extrativismo, Povos e Comunidades Tradicionais da SAF, Luciene Figueiredo, ressaltou que o Maranhão vive um novo momento para a produção agrícola, com a execução de várias políticas públicas e o alinhamento da Ater com a agricultura familiar. 

“O Sistema SAF vai alcançar o patamar social e promover uma gestão compartilhada, mantendo o diálogo com as instituições parceiras, respeitando as demandas reais de cada território, transformando o Sistema de Agricultura Familiar em um só organismo, em prol do fortalecimento da Ater no Maranhão”, disse a secretária adjunta. A Comissão Organizadora Estadual da Conferência de Assistência Técnica e Extensão Rural no Maranhão é composta por membros da SAF, Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp), Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Delegacia Federal de Desenvolvimento Agrário (DFDA), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra),Embrapa e Banco do Nordeste. 

Integram, também, a comissão o Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu (Miqcb), Associação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas do Maranhão (Aconeruq), Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf), Grupo Jovens Rurais e Rede de Colegiados.

Comentários

Deixe uma resposta