Fábio Braga participa de ato onde o governo entregou motoniveladoras a prefeituras

Na última sexta feira, 10, o governador Flávio Dino voltou a acionar o Programa “Caminhos da Produção”, dessa feita entregando mais 20 motoniveladoras a 20 municípios maranhenses. Essas máquinas desempenham um papel fundamental no dia a dia de uma cidade do interior, porque a maioria das estradas que deslocam a produção rural e movimentam o trabalhador, a dona de casa, o transporte escolar, o estudante, o agente comunitário, a ambulância, etc, são estradas vicinais que precisam ser abertas, ou precisam frequentemente de reparos, para que a vida urbano-rural não pare, ou para que não seja muito dificultada, levando prejuízos para as comunidades, sobretudo no período das chuvas, quando algumas delas ficam intransitáveis.

Um dos municípios beneficiados pela doação foi São Benedito do Rio Preto, cujo prefeito, o médico Maurício Fernandes, bastante satisfeito avaliou que a máquina “ajuda muito neste período de crise e de dificuldades, e com certeza é um apoio importante”.

O governador Flávio Dino disse que na sua gestão “vamos ampliar o programa e ainda teremos algumas entregas, porque ‘Caminhos da Produção’ é um importante apoio aos municípios e aos sistemas produtivos”.

Já o deputado Fábio Braga, também presente ao ato, disse que na condição de deputado que tem raízes no campo, e que, portanto, conhece mais de perto as dificuldades e os anseios das comunidades interioranas, “vejo com muito entusiasmo a entrega de motoniveladoras, porque sei dos problemas que a falta de uma estrada vicinal, ou de uma estrada vicinal mal conservada provocam na vida das comunidades, principalmente na época das chuvas quando muitas ficam simplesmente isoladas, dificultando ainda mais a sobrevivência de cada uma delas”.

Fico feliz, disse o parlamentar, “pela declaração do governador de que além dessas 58 máquinas já distribuídas, outras ainda virão, porque isso é uma forma objetiva de ajudar as prefeituras municipais que não têm condições de adquirir esse equipamento, mas precisam muito dele, para poder ajudar aqueles que mais precisam”.- concluiu.

Deixe uma resposta