maranhão

Comunista doente, Pastor Gildenemir busca espaço com Bolsonaro

O deputado federal eleito Gildenemir de Lima Sousa (PMN), o Pastor Gildenemir recém eleito pelo PMN, durante o primeiro...

O deputado federal eleito Gildenemir de Lima Sousa (PMN), o Pastor Gildenemir recém eleito pelo PMN, durante o primeiro turno passou todo sem expressar seu voto em Jair Bolsonaro – 17, ele fazia parte da coligação “Juntos pelo Maranhão”, composição pelos partidos PMN e PHS – ambos apoiando Roberto Rocha e Geraldo Alckmin. Por um possível acerto com o atual governador reeleito, Flávio Dino (PCdoB), acontece que Dino teria acertado com o presidente da Assembleia de Deus no Maranhão, como prioridades, a eleição Mical Damasceno e o próprio Gildenemir. Mas como camaleão, bastou ser eleito que de uma hora pra outra começou a pedir votos em Jair Bolsonaro (PSL), visando espaço não só no gabinete(câmara federal) quanto nos cargos federais. Pasto Gildenemir foi eleito com 47.758 (1,46% dos votos válidos). Veja o cinismo no vídeo abaixo:

VER COMENTÁRIOS

Artigos relacionados