Hildo Rocha participa de sessão solene em homenagem a São Luis

Em discurso na tribuna da Câmara, na sessão solene que homenageou São Luis pelos 403 anos de fundação, o deputado Hildo Rocha destacou a história, a riqueza arquitetônica, a diversidade cultural e a gastronomia da cidade.

“A capital maranhense exerce sobre os visitantes um fascínio incomum. Diversos aspectos relevantes da história de São Luis estão presentes nas ruas, no casario dos períodos colonial e imperial; nas manifestações culturais populares, que misturam tradições indígenas, africanas e europeias, ou, ainda, na culinária ímpar,” argumentou. O parlamentar ressaltou que o Centro Histórico, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1974, tem vários prédios de grande valor arquitetônico, remanescentes dos séculos 18 e 19.

Pioneirismo e prosperidade – O deputado lembrou que São Luis viveu uma fase de grande crescimento econômico, chegando a ser considerada a quarta cidade mais próspera do País. “Foi a primeira cidade da região a instalar um sistema de bondes, inicialmente com tração animal; a primeira a iluminar as ruas com gás e depois a criar uma empresa de distribuição de água e eletricidade; e também a pioneira em sistema de telefonia”, destacou. Rocha disse que o pioneirismo nesses setores deve-se, principalmente, à chegada das indústrias têxteis. “Curiosamente, a estagnação econômica que veio a seguir, estendendo-se por boa parte do século passado, foi um fator importante para que o Centro Histórico de São Luís mantivesse sua estrutura e principais características antes do tombamento federal e do reconhecimento como Patrimônio da Humanidade. Agora, com esse rico legado oficialmente protegido, é preciso que a União e o Estado invistam permanentemente para mantê-lo em boas condições”, destacou.

A contribuição do PMDB – Rocha enfatizou que sob a liderança da governadora Roseana Sarney, o PMDB realizou dezenas de ações em São Luís. “Urbanização do Espigão Costeiro da Ponta d´Areia; obras estruturantes nas áreas de mobilidade; saúde; educação; segurança; habitação; saneamento e abastecimento de água,” destacou. Na área da saúde o parlamentar citou a construção Unidades de Pronto-Atendimento (UPAS) e as reformas dos hospitais Tarquínio Lopes Filho e Calos Macieira que foram reformados e transformados em unidades de atendimento de alta complexidade. Rocha destacou a construção de mais de 800 unidades habitacionais no PAC Rio Anil, em parceria com o Governo Federal; a ampliação do sistema de Esgotamento Sanitário; a Via Expressa; a avenida IV Centenário; e o Corredor Metropolitano. O parlamentar lembrou que fez parte da equipe liderada pela governadora Roseana Sarney (chefiou a Secretaria das Cidades) e também contribuiu com a realização de obras importantes para a melhoria da qualidade de vida da população de São Luis. “Portanto, o PMDB tem uma grande folha de serviços prestados à capital maranhense”, enfatizou.

Personalidades marcantes – Rocha disse que São Luís apresenta uma herança cultural que a torna uma cidade especial, com fatos e personalidades marcantes. “Ana Jansen, que quebrou os paradigmas sociais de sua época; Aluísio Azevedo com seus belos contos, Bequimão com seu heroísmo; Nauro Machado e sua bela poesia; e, mais recente, temos Ferreira Gullar, José Sarney, Bandeira Tribuzi e Josué Monte”, destacou. “São Luís é verso, é música, é poesia. Terra de povo alegre e encantador. Renomados e anônimos, poetas, pescadores, rendeiras e artistas, que fazem da Ilha do Amor um lugar especial par viver. Parabéns, São Luis”, finalizou Rocha. Participaram da solenidade os deputados Eliziane Gama (PPS); Pedro Fernandes (PTB); Sarney Filho (PV) e Wewerton Rocha (PDT). A Sessão foi prestigiada pelo Secretário de Estado de Representação Institucional, Ricardo Capelli, representando o governador do Maranhão, Flavio Dino; por Ana Paula Rodrigues, representando o Prefeito de São Luis, Edvaldo Holanda Júnior; e pelo presidente do Procon/MA Duarte Nogueira.

Prefeitura reforça parcerias com Hospital Universitário e debate ampliação de projetos

Reforçar parcerias e discutir estratégias para ampliação dos projetos conjuntos já existentes. Foi esse o objetivo do encontro realizado nesta terça-feira (1º) entre a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed): o governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), e o Hospital Universitário Presidente Dutra. A parceria entre as três instituições tem o objetivo de oferecer educação de qualidade e também de proporcionar bem-estar e qualidade de vida – diretrizes previstas na política do prefeito Edivaldo para a área da Educação.

12999_reuniao_hospital_universitario_010915_foto_fabriciocunha_132

A reunião contou com a presença do secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, e do reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Natalino Salgado. O secretário de Educação reforçou a importância da parceria. “O trabalho conjunto que mantemos com a Universidade Federal do Maranhão está entre as parcerias mais longevas e de mais sucesso já desenvolvidas na rede municipal. Temos avançado na alfabetização de jovens e adultos e proporcionado formação para professores e garantido condições melhores de aprendizado para nossas crianças”, destacou Geraldo Castro.

PROJETOS – A Prefeitura de São Luís desenvolve dois projetos na área da Educação em parceria com o Hospital Universitário. O projeto Consultórios Itinerantes, integrado às ações do Programa Saúde na Escola (PSE), garante a realização de consultas oftalmológicas para as crianças e adolescentes da rede municipal, através de um posto instalado no Campus da UFMA. Caso seja constatada a necessidade de lentes corretivas, o estudante recebe os óculos gratuitamente por meio do PSE – desenvolvido em São Luís por meio de uma articulação entre as secretarias de Educação (Semed) e Saúde (Semus).

Já o projeto ABC Nefro oferece oportunidade de alfabetização e avanço na escolaridade para adultos e idosos em tratamento de hemodiálise. Embora já existam em outros estados brasileiros classes hospitalares de crianças e adolescentes, a iniciativa é pioneira para a área de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Atualmente, a Prefeitura de São Luís atende a 27 alunos-pacientes, que assistem aulas durante as sessões de hemodiálise, em dias alternados.

“Temos muito interesse de ampliar o nosso atendimento nesses trabalhos, que possibilitam inclusão e impactam de maneira muito positiva a sociedade. Através das parcerias da Prefeitura de São Luís e do Governo do Estado poderemos ampliar o nosso atendimento e contribuir com o exercício da cidadania dessas pessoas”, afirmou o reitor Natalino Salgado.

Também estava presente a secretária adjunta de educação do Maranhão, Ilma Fátima de Jesus. Ela destacou que os dois projetos trabalham na perspectiva da universalização do acesso à educação, meta prevista nos planos Municipal, Estadual e Nacional de Educação. “Ninguém pode ficar de fora do atendimento educacional. O atendimento hospitalar conjugado com o acesso à educação possibilita a melhoria de condições de vida dos estudantes e proporciona, mesmo em condições difíceis, o acesso à escolarização”, disse Ilma.

Weverton participa de sessão solene em homenagem aos 403 anos de São Luís

O deputado Weverton Rocha (PDT) participou, nesta terça-feira (1), na Câmara dos Deputados, da Sessão Solene em homenagem aos 403 anos de São Luís. A solenidade, proposta pelo deputado Waldir Maranhão, contou, também, com a presença da secretária municipal de Articulação Política em Brasília, Ana Paula, representando a Prefeitura de São Luís, dos secretários de estado, Duarte Júnior e Ricardo Capelli, representando o Governo do Maranhão, e parte da bancada federal maranhense.

Weverton destacou a importância dessa homenagem à capital maranhense. “São Luís merece toda essa homenagem, afinal, é rica em história, tem uma cultura diversificada e belezas naturais admiráveis, o que a torna tão única”, frisou.

21062859685_77abbd0e67_k

Ainda em seu discurso, o parlamentar maranhense elencou os desafios da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que, na última sexta-feira (28), passou a integrar os quadros do PDT. “Depois de longas décadas, São Luís, finalmente, consegue ter um alinhamento, uma parceria concreta com o Governo Federal e com o Governo do Estado. Hoje, os bairros de São Luís estão sendo contemplados com investimentos em saneamento básico, educação e infraestrutura”, afirmou.

Dentre os deputados federais maranhenses presentes na solenidade estavam Hildo Rocha, Eliziane Gama, Pedro Fernandes, Sarney Filho, Júnior Marreca, Juscelino Filho e André Fufuca. Também participaram da sessão solene o deputado estadual Alexandre Almeida e o vereador Fábio Câmara.

Leilão Político! Eliziane Gama DESISTE da candidatura para prefeitura de São Luís

Haaaja badalação nos bastidores das eleições municipais de 2016 em São Luís do Maranhão, meus amigos e amigas! Uma das principais personagens de vários “babados” políticos, a nossa ilustríssima Deputada Federal Eliziane Gama, já gosta de ter seu nome nos blogs do Brasil afora. Ê lêlê!

Como se não bastasse o último banho de água gelada que Eliziane deu nos seus eleitores ao ser fotografada recentemente em almoço para firmar alianças políticas com, nada menos que, as velhas raposas Waldir Maranhão e José Reinaldo Tavares, atolados até o pescoço com investigações, condenações, tramóias e crimes políticos, agora a nossa Deputada resolveu vender seu passe e jogar o caldo todo pro alto em nome de muita grana. Sim, caros leitores! Após espalhar aos quatro cantos da ilha que seria candidata à prefeitura de São Luís do Maranhão, após se indispor com seu tão amado Governador Flávio Dino e sua cúpula pela falta de apoio nesta nova empreitada (pois os mesmos apoiarão a reeleição de Edivaldo Holanda Jr.), e após também se expor em reuniões de acertos duvidosos com políticos condenados e investigados para fechar alianças para esta candidatura, Eliziane Gama agora simplesmente joga tudo para o alto e desiste da corrida pela prefeitura da Ilha. Isso mesmo: ELIZIANE GAMA DESISTE DE SUA CANDIDATURA PARA PREFEITURA DE SÃO LUÍS!

Deputada-Eliziane-Gama

Agora imagine você leitor, qual seria o motivo desta desistência. Pense por alguns minutos… Você certamente chegará à resposta, pois é fácil mesmo até deduzir o que levou nossa Deputada a finalmente parar de encher o saco com essa história de ser prefeita de São Luís. É que simplesmente o pessoal do Palácio dos Leões conseguiu enfim dobrar a moça para que ela deixasse o caminho livre para reeleição de Holandinha e evitasse um maior desgaste na base governista. Mas dobrar a moça não foi fácil. Segundo o que se comenta, é que foi preciso uma quantia bem considerável para que ela abrisse esse espaço para o grupo de Dino e Edivaldo Holanda Jr., já que seu passe estava bem cotado no mercado, pois Eliziane vem liderando todas as pesquisas, e com bastante folga, deixando uma porcentagem bem constrangedora das intenções de voto para o atual prefeito.

Mas uma das coisas que mais chama a atenção nesse acordo entre a Deputada e a equipe do governo do Estado, é que pelo que tudo indica, ela perderá todas as suas nomeações tanto na capital, quanto nos interiores, ou seja, deve ter sido realmente um BAITA de um acordo para que ela abrisse mão tanto da candidatura para prefeitura de São Luís, onde ela é líder nas pesquisas, quanto das suas nomeações por todo o Estado do Maranhão. Avaliem aí quanto isso pode valer. Uma nota, meus caros. Uma nota preta! Pois essa é mais uma das peripécias de nossa Deputada Federal Eliziane Gama. A moça tanto que bateu o pé para não ceder, que acabou conseguindo o que queria do governo para abrir mão da disputa… Muita grana!

Uns tem valores, outros tem preço…

São Luís: Wellington cobra esclarecimentos ao TCU e ao Ministério das Cidades sobre destino de recursos

O deputado Wellington do Curso (PPS) requereu, na manhã desta quinta-feira (27), durante seu pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa, informações, em caráter de urgência, ao Ministério das Cidades, ao Tribunal de Contas da União e à Prefeitura de São Luís sobre os processos licitatórios, autuados ou em andamento, pareceres, empenhos e inscrições em restos a pagar, prestação de contas, ordens de pagamento e notas de crédito relacionados aos quase oito milhões destinados pela União à Prefeitura de São Luís para os serviços de drenagem, canalização e retificação do canal do Rio Gangan para a construção da Ponte “Pai Inácio”, no ano de 2013.

Ao justificar o requerimento e fazer referência ao discurso proferido por ele na última terça-feira (25), no qual solicitou esclarecimentos sobre o motivo da demora na construção da ponte “Pai Inácio”, que já foi “lançada” duas vezes pela atual gestão, o parlamentar destacou o Princípio Constitucional da Publicidade e ressaltou a Lei de Acesso à Informação, além de enfatizar o direito do cidadão à transparência.

IMG-20150827-WA0059

“O lamento dos ludovicenses, dentre inúmeros outros, faz referência ao questionamento até um tanto contraditório: o lançamento da mesma obra mais de uma vez, caracterizando a ‘ponte fantasma’.  Fazendo referência a esses anseios, protocolamos hoje três requerimentos: um à União, endereçado ao Ministro das Cidades, Gilberto Kassab; outro ao Presidente do Tribunal de Contas da União, Aroldo Cedraz, e um outro à Prefeitura de São Luís, solicitando informações sobre os quase 8 milhões liberados no ano de 2013 pela União à Prefeitura de São Luís, destinados à construção da ponte Pai Inácio sobre o rio Gangan. Enquanto representante do povo, não poderia me esquivar de trazer  à esta tribuna a dúvida que tem permeado a sociedade e, por isso, solicitamos tais informações. Bem sabemos que a Constituição Federal apregoa, em seu art. 37, o consagrado Princípio da Publicidade que vai ao encontro da Lei de Acesso à Informação. Ressalta-se não a mera concessão de informações, mas o zelo pelo bem público e direito à transparência, àquilo que é devido a todo cidadão: o respeito”, declarou.

Alunos da rede municipal aprendem sobre sustentabilidade de forma lúdica

Estudantes da zona rural matriculados na rede municipal de ensino participam até esta sexta-feira (28) do projeto Conexão Sustentável, que visa transmitir informações sobre conservação ambiental de forma lúdica, através do teatro e do circo. A atividade faz parte do projeto Conexão Sustentável, de iniciativa do Instituto Alcoa e em parceria com a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e o Shopping da Ilha.

As atividades do projeto acontecem no caminhão adaptado especialmente para o projeto, que segue no estacionamento do Shopping da Ilha até o final da semana. A programação inclui espetáculos teatrais, oficinas de reciclagem e exibição de filmes.

O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, destacou a parceria com o Instituo Alcoa e a importância das atividades lúdicas para o desenvolvimento dos educandos. “Atividades como essa transcendem as fronteiras da sala de aula e possibilitam a aquisição de conhecimento de forma lúdica e divertida. Em nome do prefeito Edivaldo, agradecemos ao Instituto Alcoa e ao Shopping da Ilha pela parceria, que também vai estimular o cuidado com o planeta e com o meio ambiente”, disse o titular da Semed.

Três espetáculos divertiram os estudantes das Unidades de Educação Básica (U.E.B.) Evandro Bessa (Estiva), Zuleida Andrade (Maracanã), José Gonçalves do Amaral Raposo (Pedrinhas), João Mohana (São Raimundo), que estão entre as escolas que participam do projeto. A Companhia Circense Mineira Circo Fool e a Companhia de Teatro Mamulengo apresentaram os espetáculos Circo Reciclado, Marmelada e O romance do Vaqueiro Benedito, que divertiram bastante criançada.

Para a Gerente de Programas do Instituo Alcoa, Tatiana Bizzi, o projeto tem como objetivo deixar um legado de sustentabilidade para as futuras gerações. “O projeto Conexão Sustentável busca promover a cultura e entretenimento em diversas comunidades, apresentando de forma lúdica temas importantes como a sustentabilidade”, afirmou a gerente.

“Hoje eu aprendi com o palhaço da peça Marmelada, os três ‘r’: reciclar, reutilizar e reaproveitar. Fazendo assim as coisas vão ter mais utilidades”, contou entusiasmado, Felipe Sousa de 8 anos, estudante do 3º ano da U.E.B Evandro Bessa (Estiva).

Margarida Carvalho da Silva, do apoio escolar da U.E.B. Evandro Bessa (Estiva), destacou a animação das crianças com a atividade. “Os alunos ficam muito empolgados quando tem a oportunidade de participar de atividades como essa. Para nós, que acompanhamos de perto o desenvolvimento sociocultural deles, é gratificante vê-los se divertindo e aprendendo ao mesmo tempo”, declarou Margarida.

A abertura oficial das atividades contou com a presença do secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho; da Gerente do Sistema de Gestão, Segurança Meio Ambiente e Relação Institucional da Alcoa, Dulcimar Soares, a Gerente de Programa do Instituto Alcoa, Tatiana Bizzi e o Superintendente do Shopping da Ilha, Edgar Guerra.

Prefeitura ampliará formação de professores com modalidade semipresencial

Prefeitura ampliará formação de professores com modalidade semipresencial
Prefeitura ampliará formação de professores com modalidade semipresencial

A plataforma semipresencial para o curso de Educação Especial em Contexto vai ampliar as oportunidades de formação de professores, atendendo aos horários de quem tem dificuldade de acompanhar as classes presenciais. O curso é promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e tem o objetivo de capacitar o professor para o atendimento do estudante com deficiência matriculado na rede municipal. A modalidade semipresencial é fruto de parceria com o Núcleo de Tecnologias para a Educação da Universidade Estadual do Maranhão (Uemanet).

Esta semana, 180 professores matriculados no curso participaram de uma oficina de ambientação da plataforma online, realizada no Laboratório de Informática II da Uemanet, no campus da Uema. Além do conteúdo tradicionalmente ministrado na formação, a plataforma online terá vídeoaulas, roteiros de estudos, slides, fóruns de discussões, entre outras ferramentas.

O secretário de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, também compareceu à oficina e agradeceu à Uema pela parceria. “O prefeito Edivaldo é um grande defensor das parcerias que possam contribuir com a formação dos nossos educadores. A partir do trabalho conjunto com a Uemanet, já viabilizamos a graduação em Pedagogia para os professores da nossa rede e os das escolas comunitárias, bem como o acesso a cursos de pós-graduação. Agora, incluímos uma formação já consolidada no nosso calendário regular na modalidade semipresencial. Desejamos que, com essa facilidade, cada vez mais professores possam adquirir conhecimento e melhorar ainda mais a qualidade do trabalho desenvolvido em nossas escolas”, disse o secretário.

Marilene Magalhães Ferreira, professora da sala de recursos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Haidêe Chaves, na Vila Boa Esperança, iniciou o curso de Educação Especial em Contexto em fevereiro deste ano, e avalia que as novas ferramentas disponibilizadas no ambiente virtual vão contribuir com o aprendizado. “Considero uma excelente mudança, pois poderemos fazer nosso próprio horário de estudo com mais comodidade, pois poderemos fazer isso em nossas próprias residências. É uma forma ampliada de o professor acessar o conhecimento”, assinalou a professora.

A coordenadora pedagógica do Design Educacional do Uemanet, Sânnya Fernanda Nunes Rodrigues, conta que a plataforma do curso é totalmente interativa – um espaço para mediação do conhecimento adequado à realidade de cada pessoa que participa. A designer pedagógica do Uemanet, Francilene Duarte, diz que a plataforma virtual do curso de educação à distância possibilita a superação de uma dificuldade temporal. “O professor ou qualquer participante não se limita a um momento, mas pode planejar o uso dos recursos oferecidos pela sala virtual de aprendizagem”, finaliza.

Prefeitura e Governo: Lançam obras de construção da Ponte Pai Inácio

Prefeito Edivaldo e o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, representando o governador Flávio Dino, lançam obras do programa Interbairros
Prefeito Edivaldo e o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, representando o governador Flávio Dino, lançam obras do programa Interbairros

O prefeito Edivaldo e o secretário estadual de Infraestrutura, Clayton Noleto, representando o governador Flávio Dino, lançaram na manhã desta segunda-feira (24) as obras de construção da ponte Pai Inácio, que vai ligar a rua General Artur Carvalho, no Turu, à Travessa Nossa Senhora da Vitória, no Parque Vitória. A intervenção é mais uma ação realizada em parceria entre a Prefeitura de São Luís e o governo do Estado, executada como parte do Programa Interbairros, que visa criar vias alternativas para desafogar os grandes corredores de fluxo intenso da capital.

“Iniciamos aqui mais uma obra de grande alcance social porque vai proporcionar à população não apenas melhorias na mobilidade urbana, mas beneficiar também a comunidade em outros aspectos importantes como o desenvolvimento do comércio local, a segurança de pedestres na circulação por essa área, que contará com nova iluminação, entre outros fatores. A construção dessa ponte e as intervenções urbanísticas na área eram uma reivindicação antiga da população, que agora vamos executar em parceria com governo do Estado, para solucionar problemas antigos observados nessa região”, afirmou o prefeito Edivaldo.

A ponte integra o trecho do Programa Interbairros, que vai permitir a interligação da estrada da Maioba à Avenida dos Holandeses. Com 8.565 metros de extensão, é considerada a intervenção mais expressiva do programa. A obra contempla parte da Estrada da Maioba, passando pela Avenida 2, no Itapiracó, cruzando a Ponte Pai Inácio, no Turu, e pela Alameda Jaú, na Divineia. Os trabalhos já estão praticamente concluídos na primeira etapa do trecho, que consiste na requalificação asfáltica da Rua Artur Carvalho até a Holandeses.

No segundo trecho, que é a requalificação asfáltica da Avenida 1, no Matões/Turu, que margeia o Itapiracó, os serviços devem ser concluídos esta semana. Já na obra da ponte Pai Inácio, que terá uma extensão de 12 metros, com previsão de ser concluída em meados do mês de outubro, os serviços de bate-estaca e fundação já foram iniciados.

Segundo o titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, a obra iniciada nesta segunda-feira é a comprovação de que quando há parceria, transparência e eficiência na aplicação dos recursos públicos, é possível fazer melhorias em benefícios à população mesmo em tempos de crise. “Hoje é visível a ação do poder público em toda a capital, por meio dessa parceria na qual governo do Estado e Prefeitura trabalham juntos em favor da capital e dos cidadãos ludovicenses. E garanto que, no próximo ano, com planejamento e orçamento feitos pelos dois governos, não daremos mais apenas passos, mas grandes saltos para melhorar ainda mais a infraestrutura da nossa capital”, garantiu o secretário.

Além do programa Interbairros, Clayton Noleto citou ainda outras ações executadas em parceria celebrada entre a Prefeitura de São Luís e o governo do Estado, para proporcionar melhorias na infraestrutura urbana da cidade, como o programa “Mais Asfalto”, que investe R$ 20 milhões em serviços de pavimentação asfáltica de vias em diversos bairros da cidade, e mais R$ 5 milhões destinados especificamente a obras de intervenções de trânsito, que preveem mudanças de traçado geométrico para facilitar a mobilidade nas avenidas de grande fluxo, entre outros serviços.

Segundo o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, a obra da ponte Pai Inácio, além de melhorar a mobilidade urbana, com impacto positivo no trânsito da Avenida São Luís Rei de França, por exemplo, vai possibilitar também o crescimento e a abertura de novos comércios na região. O trecho que será construída a ponte é por onde passa o canal do Rio Gangan, que receberá serviço de limpeza e desobstrução, melhorando também o aspecto ambiental.

“A população reivindicava há décadas essa obra, que vai proporcionar a interligação de uma área que estava isolada há muito tempo. Com a realização deste serviço vamos fazer o sistema funcionar melhor e toda a cidade será beneficiada porque no momento em que se proporciona uma opção a mais no sistema viário, você beneficia toda a população do entorno e não somente quem passa por essas vias”, ressaltou o Antônio Araújo.

No final da manhã, o prefeito Edivaldo e o secretário Clayton Noleto vistoriaram as obras de construção de outra via interbairros, que ligará o Altos do Calhau à região do Barramar, passando pela Rua São Bento e outras vias paralelas do bairro. O Trecho, que contempla cerca de 1 km de intervenção, está na fase de terraplenagem.

Adriano Sarney defende candidatura própria do PV em São Luís

Deputado estadual Adriano Sarney (PV)
Deputado estadual Adriano Sarney (PV)

Jorge Aragão – O deputado estadual Adriano Sarney (PV) concedeu entrevista exclusiva a O Estado para falar sobre a movimentação da sigla para as eleições de 2016. Adriano revelou que passará a comandar o diretório municipal do PV na capital, falou do projeto de reorganização da sigla e afirmou que, caso assim o partido decida, poderá disputar a Prefeitura de São Luís. De acordo com o parlamentar, o PV deverá ter candidatura própria na capital e trabalhará para eleger dois vereadores para a Câmara Municipal. Ele assegurou que o partido possui quadros qualificados para o pleito, mas deixou também em aberto a possibilidade de composição da legenda com algum outro pré-candidato na capital.

Quais são os planos do PV para 2016 na capital?

A meta em São Luís é realista, eleger vereadores e ter participação de destaque na majoritária. Vamos buscar ter na capital o tamanho que o partido tem no Estado. Hoje, somos uma das maiores agremiações do Maranhão, tanto em termos de parlamentares, vereadores, deputados estaduais e federais, quanto em número de prefeitos e vice-prefeitos. Claro que uma estratégia arrojada como essa vai exigir muito trabalho e organização, mas isto nós temos de sobra.

Como o partido pretende atingir esses objetivos?

No que se refere às eleições proporcionais, vamos buscar alianças estratégicas para a estruturação de uma coligação responsável com outros partidos. Existe também a possibilidade de criarmos uma chapa “puro sangue”, bastante competitiva. Seguimos estudando a melhor formatação, temos bons nomes, pessoas de confiança, militantes partidários, lideranças comunitárias e estamos sendo procurados por políticos que querem ingressar em nossas fileiras.

E para a majoritária?

O PV tem nomes competitivos como o do deputado Federal Victor Mendes, que foi um bom Secretário de Meio Ambiente no Governo Roseana Sarney e tem serviços prestados na cidade. Ele foi, por exemplo, o idealizador da revitalização do Parque do Itapiracó. Na Assembleia Legislativa, dos quatro deputados estaduais do PV, eu e o Edilázio Júnior tivemos boa votação em São Luís e temos capacidade e legitimidade de entrar em uma disputa. E, claro, o deputado federal Sarney Filho, uma liderança histórica da capital, responsável por obras e ações estruturantes como a viabilização da urbanização da Lagoa da Jansen, quando ministro do Meio Ambiente.

Caso o PV opte pela candidatura própria, o senhor estará disposto a encarar a disputa?

Aceitei a missão de trabalhar para fortalecer o Partido Verde na Ilha [ele passa a ser presidente municipal da legenda]. As eleições estão longe e qualquer decisão definitiva agora é precipitada. Trabalharemos de forma estruturada, o partido decidirá ano que vem quem será o candidato após muitas conversas e análises, mas sempre colocando os interesses da cidade acima dos nossos próprios interesses. Se o partido decidir pelo meu nome para compor uma chapa majoritária, aceitarei de bom grado.

O senhor disse que o PV vai atuar como protagonista na disputa. Isso se dará com outros partidos ou com um projeto independente?

O diálogo faz parte da política. Mas sempre colocando os interesses da sociedade acima dos interesses individuais do partido. Então, o PV está aberto ao diálogo com outras legendas que tenham dentro de seus programas propostas concretas para a melhoria da qualidade de vida da população.

A vereadora Rose Sales já conversou com o PV?

Conversou na semana anterior a sua filiação ao PP, prova disso que fui convidado e estive presente no ato. O pai da Rose, seu Hugo Reis, foi uma grande liderança política da Ilha e era aliado do deputado Sarney Filho, então existe essa ligação. A vereadora Rose Sales tem uma boa atuação em São Luís , é um quadro qualificado; portanto, seria muito bem aceita no partido.

E o Partido Verde tem propostas para São Luís?

Claro, o PV tem propostas inovadoras, principalmente em áreas como mobilidade urbana, saúde, segurança, educação e meio ambiente. São Luís é uma capital que não usa ferramentas tecnológicas e de informação, apesar de existirem recursos do Banco Mundial para esse tipo de investimento. Numa cidade inteligente, os gestores podem usar a tecnologia para melhorar praticamente tudo. Destacamos como exemplos: os semáforos inteligentes, sistemas de vigilância para a segurança nas ruas, informações compartilhadas entre escolas, gestão mais transparente e menos burocrática, mais eficiência no uso de energia e água e o agendamento de consultas on-line. Tudo isso faz parte do programa do partido.

Estudantes da rede municipal participam de projeto de prevenção às drogas

Estudantes da rede municipal participam de projeto de prevenção às drogas
Estudantes da rede municipal participam de projeto de prevenção às drogas

Com o objetivo de prevenir o uso de drogas e a violência entre crianças e adolescentes, 150 estudantes do 8º e 9º ano da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Sá Valle, no Anill, participaram de uma palestra com o tema “Quem escolhe o seu caminho: você ou as drogas?”. A palestra, promovida pelo Ministério Público com o apoio da Prefeitura de São Luís, foi realizada na manhã desta sexta-feira (18) no auditório da Biblioteca Pública Benedito Leite.

O secretário de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, destacou a importância da atuação do Ministério Público e da disseminação de ações de prevenção entre os adolescentes. “O Ministério Público tem oferecido grandes contribuições para a rede municipal de ensino. Uma delas é este projeto, que dá aos adolescentes das nossas escolas subsídios para optar pelo melhor caminho. Munidos de informação e conscientes dos prejuízos das drogas, nosso educandos terão muito mais firmeza para se afastar delas”, disse o secretário Geraldo Castro Sobrinho.

A palestra foi ministrada pela titular da 11ª Promotoria de Justiça de Substituição Plena da capital. As implicações do consumo de drogas na vida familiar e social dos estudantes, além da criminalidade, foram alguns dos assuntos abordados na palestra. “Praticamente todos os crimes que vão a julgamento atualmente têm alguma ligação com o tráfico de drogas. Nossa intenção é disseminar conhecimento e aumentar o poder de escolha desses adolescentes, para que saibam fazer as melhores escolhas”, destacou a promotora.

PREMIAÇÃO – Para Silvia Pereira Carvalho, professora de Artes da U.E.B. Sá Valle, a palestra respaldou as informações repassadas constantemente pela escola aos adolescentes. “Sempre fazemos atividades de conscientização na escola, porque acreditamos que a informação inibe o interesse. O melhor é que, depois da palestra, esses estudantes serão multiplicadores do conhecimento adquirido para a comunidade onde eles vivem”, completou a professora. A programação do evento incluiu ainda o sorteio de livros doados pela biblioteca, realizado entre os estudantes que participaram de um miniconcurso de poesia e desenhos com o tema da campanha “Quem escolhe seu caminho? Você ou as Drogas?”. O estudante do 8º ano da U.E. B Sá Valle, Thalison Gabriel Faria Moraes, 13 anos, um dos vencedores do miniconcurso, fez um desenho ilustrando um menino que conseguiu “deixar as drogas e ir para o lado bom da vida”. “Estou muito feliz por meu desenho ter sido escolhido. O caminho das drogas não é bom, machuca não só o usuário como também faz a família sofrer”, disse.

A palestra contou também com a participação de alguns pais de estudantes. Rosa Marly Fonseca Silva, 45 anos, mãe de Alessandra e Alexandro Fonseca da Silva, contou que além das atividades desenvolvidas pela escola, o papel dos pais é fundamental para a formação dos filhos. “Esse trabalho é muito importante, pois ajuda nos ensinamentos que nós, pais, temos por obrigação passar dentro de casa”, disse.

SAIBA MAIS – A palestra com os estudantes da U.E.B. Sá Valle marca a retomada do projeto “Quem escolhe seu caminho? Você ou as drogas?” às escolas da rede pública municipal. Com o início do segundo semestre letivo, a intenção é estimular o debate nas escolas das redes municipal e estadual de ensino, promovendo, além de palestras educativas, concursos de poesias e de desenhos entre os estudantes, para fomentar a reflexão de forma lúdica e criativa acerca do tema. O projeto conta com o apoio da Prefeitura de São Luís e tem ainda a parceria da Biblioteca Pública Benedito Leite, dos Alcoólicos Anônimos, da Pastoral da Sobriedade e da Secretaria Estadual da Juventude.