Espaço para estimular o interesse pela leitura em crianças é destaque na 9º FeliS

Um espaço para estimular o lúdico entre as crianças e despertar, desde cedo, o interesse pelos livros. Essa é a proposta do Espaço Criança, que faz parte da programação da 9ª Feira do Livro de São Luís (FeliS). O espaço é idealizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e receberá, até o dia 11 de outubro, estudantes da rede municipal e crianças e adolescentes que visitarem a feira.

01

Apresentações teatrais, de dança, música, corais, pintura, desenho, rodas de leitura, contação de histórias e outras brincadeiras são algumas das atividades desenvolvidas no Espaço Criança. O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, agradeceu o empenho dos educadores que se revezam no cuidado com as crianças e adolescentes no espaço e destacou a importância da 9ª FeliS para a rede municipal de ensino.

02

“Este espaço foi desenvolvido especialmente para os nossos pequeninos, para que possam ser cativados pelo universo de fantasia que um livro representa. A arte tem um valor pedagógico distinto e inenarrável, que esperamos ver apreendido pelas crianças durante este evento. Agradecemos a dedicação dos nossos educadores que transformaram este espaço em realidade e que tem se revezado no carinho e no cuidado com as crianças”, disse o titular da Semed.

ATIVIDADES – O Espaço Criança é composto pelas salas de Educação Infantil e de Ensino Fundamental, por uma Ágora, onde se realizam espetáculos, e pela sala “Aprendendo com as Diferenças”, voltada para a área de Educação Especial, onde os estudante podem participar de oficinas de Libras e Braille, bem como de atividades sensoriais com objetos que simulam necessidades especiais auditivas e visuais. O objetivo do espaço é socializar com a comunidade em geral o trabalho desenvolvido com os estudantes com deficiência nas salas de recurso das unidades de ensino da rede municipal.

PROJETO PIRLIMPIMPIM – Nesta segunda-feira (5), o destaque da programação para os estudantes da Educação Infantil foi o projeto “Pirlimpimpim… A história não tem fim”, da U.E.B. Elpídio Hermes de Carvalho (Angelim). O projeto, realizado pelos professores com o apoio da gestão escolar, visa despertar o imaginário infantil a partir da encenação de espetáculos teatrais com os personagens do Sítio do Pica-pau Amarelo.

A professora Roziane Costa de Amarante, integrante da equipe responsável pelo projeto, explicou que o momento é a culminância de um trabalho que vem sendo desenvolvido há meses na escola. “Estamos trabalhando desde o início do segundo semestre na escola com os textos de Vinicius de Moraes, Monteiro Lobato e Ruth Rocha para desenvolver uma programação especial para este momento. Tivemos um grande envolvimento de todas as escolas e das crianças. Amo contar histórias”, disse a professora.

Luis Filipe Costa Rocha, 13 anos, estudante do 3º ano da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Piancó, elogiou a programação. “Gostei muito de ter vindo. Nunca tinha participado de uma feira de livros. Achei muito legal o Carro Biblioteca e o show de mágicas”, destacou Luís

Danilo Carvalho lança pré-candidatura a vereador de São Luis

O empresário Danilo Carvalho lançou sua pré-candidatura a vereador do município de São Luis-MA. Em sua rede social, Danilo pediu o apoio dos amigos e da população do município. Ele disse estar à disposição para disputar a vaga na Câmara Municipal.

Formado em Administração em Análise de Sistemas, Danilo Carvalho de 27 anos sempre demonstrou uma tendência ao universo da política durante sua vida. Nascido e criado na capital do Maranhão, Danilo estudou em Escolas Públicas e sempre gostou de trabalhar ajudando comunidades carentes. Atualmente é empresário no ramo de cosméticos onde além de dar a sua contribuição econômica e social através de sua empresa como oportunidades de empregos, geração de renda para seus funcionários, continua também a dar assistência aos mais necessitados através de ações e doações em comunidades que costuma já há tempos trabalhar e de onde recebe muito carinho da população.

Abaixo a declaração do empresário no Facebook: “Meus caros, estou me colocando a disposição para uma vaga de candidato a vereador nas próximas eleições do ano que vem e espero contar com seu apoio, se caso não sair também a candidato ou apoie alguém mais próximo. Já quero me antecipar e informar isso a todos os amigos e familiares que estou pedido o apoio de cada um pela internet e depois vou conversar com cada um pessoalmente, estou me adiantando logo com o intuito de que todos que vão me apoiar possam fazer esse papel de divulgação e ir informando aos seus respectivos amigos sobre a minha pretensão de ser um dos vereadores de São Luis – MA”.

Mais um nome (e quem sabe forte!) para as próximas eleições na Ilha do Amor. Agora é aguardar.

Astro de Ogum destaca ações de governos no lançamento do Programa Mais Asfalto 2

Ao participar da solenidade do Programa Mais Asfalto 2, na manhã desta quarta-feira, 30, no Teatro João do Vale (Praia Grande), o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum, fez questão de destacar as ações desenvolvidas entre o governo do Estado e as prefeituras maranhenses. “Podemos afirmar, sem sombra de dúvida, que este momento tem um significado muito importante no avanço do que poderá ser feito conjuntamente governo do Estado e as prefeituras maranhenses”.

Astro de Ogum deixou bem claro que essa iniciativa vem realizada em São Luís visa beneficiar visa beneficiar dezessete bairros, com um investimento de 20,6 milhões, numa ação do governo estadual em parceria com a Prefeitura de São Luís. “Já se tornou bastante comum vermos a presença dos governos estadual e municipal nos bairros de nossa cidade, proporcionando a melhoria da qualidade de vida da população, oferecendo melhores condições de trafegabilidade e mobilidade”, enfatiza Astro de Ogum.

Por fim, o presidente da Câmara Municipal enalteceu os serviços realizados em benefício dos ludovicenses, “o que nos deixa bastante satisfeitos, ao presenciar também a satisfação das comunidades beneficiadas”, encerrou Astro de Ogum.    

Escola municipal do Parque Timbiras promove ação social em comemoração ao Dia do Idoso

Buscando dar mais qualidade de vida à população idosa e aproximar a comunidade do espaço escolar, a Unidade de Educação Básica (U.E.B.) João Lima Sobrinho, na área do Parque Timbiras, realizou nesta terça-feira (1º) a V Feira de Valorização Cultural da Pessoa Idosa. A ação foi articulada pela escola e viabilizada através de uma parceria firmada entre a Prefeitura de São Luís e a Defensoria Pública do Estado do Maranhão. 

A programação iniciou no período da manhã e ofereceu aos idosos da região do Parque Timbiras acesso a serviços na área de geriatria, fisioterapia, fonoaudiologia, enfermagem, terapia ocupacional, nutricionista, psicologia e serviço social.O prefeito Edivaldo foi representado na solenidade de abertura pela titular da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andreia Lauande, que parabenizou o trabalho da escola e agradeceu a todos os parceiros que colaboraram para a realização do evento. 

“Estamos muito felizes por este grande dia proporcionado aos idosos desta comunidade. Trago a todos o abraço do prefeito Edivaldo e a certeza de que estamos melhorando a nossa cidade com a construção e o fortalecimento de uma rede de ações e serviços de atendimento aos idosos”, disse a secretária Andreia Lauande.  

O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, também visitou a escola durante o evento e destacou o benefício para os idosos e suas famílias. “Uma atividade como esta é de extrema importância porque, além de oferecer diversos serviços aos idosos de nossa cidade, também estreita os laços entre a escola e a comunidade local – uma aproximação imprescindível ao sucesso de qualquer escola. Agradeço a contribuição de todos os parceiros e parabenizo a comunidade escolar, em especial nossos queridos professores, que dedicaram seu esforço em prol deste belo momento de comemoração”, disse o titular da Semed.

DIA DO IDOSO –  É a quinta vez que a escola articula a programação alusiva ao Dia do Idoso. De acordo com o gestor da U.E.B., Domingos Pestana Rocha, a ideia surgiu da necessidade de se valorizar os mais velhos que moravam na comunidade. “É comum vermos o descaso com os idosos. E isso nos inspirou a desenvolver o projeto aqui na escola, para conscientizar da importância dessa atenção, que começa em casa mesmo, com os avós, com os pais”, explicou Domingos.  Honorata Campos, 59 anos, garante que é uma participante assídua de todas as ações sociais realizadas no bairro. Para ela, a V Feira de Valorização Cultural da Pessoa Idosa valoriza toda a comunidade, com ênfase especial nos idosos. “Sempre participo de tudo. Hoje vou fazer teste de glicemia e medir a pressão. Gosto sempre de me cuidar, acho importante. Como hoje comemoramos o Dia do Idoso, vou aproveitar e me divertir um pouco também”, disse, entusiasmada.

ESPETÁCULO –  Além dos serviços oferecidos à comunidade, a programação na U.E.B. João Lima Sobrinho contou com apresentações culturais dos estudantes. Os grupos de teatro da escola, formado por estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental, montaram um espetáculo teatral falando da importância da valorização da pessoa idosa. Já as turmas do 7º ano compuseram um rap com a temática. Um recital de poesias e a apresentação do coral Voz do Tempo, formado por idosos atendidos pelo Centro de Atenção Integral à Saúde do Idoso (Caisi), também integraram o rol de atividades da manhã. A programação da escola é a culminância de uma série de atividades que começaram há pelo menos três semanas, com a abordagem do tema em sala de aula, feita de forma interdisciplinar pelos professores das disciplinas de Língua Portuguesa, Inglês, Geografia e Teatro. 

Caracterizada como uma idosa para a encenação da peça teatral, a estudante Claudicéia Barbosa Ferreira, 14 anos, estava ansiosa para se apresentar.  “Ensaiamos muito para este dia e fazer tudo perfeito para os nossos familiares, principalmente os idosos, pois esta festa foi feita para eles. Vamos aproveitar este momento também para conscientizar os adolescentes da escola de que devemos respeitar e cuidar dos nossos idosos, pois, assim como eles, todos nós iremos envelhecer um dia”, contou Claudiceia Barbosa.

Prefeitura participa de encontro com Conselhos Municipais de Educação

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participou nesta terça-feira (29), no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Maranhão, do V Encontro Estadual dos Conselhos Municipais de Educação do Estado do Maranhão. A programação realizada nos dias 29 e 30 deste mês tem como tema “O papel dos Conselhos Municipais de educação na implementação dos Planos e dos Sistemas Municipais de Ensino”, que integra um conjunto de ações, palestras, debates, mesa redonda e relatos de experiências dos Conselhos Municipais da Educação.

O encontro tem como objetivo fortalecer a integração e a troca de experiências entre os Conselhos de Educação, refletir sobre o CME como órgão normativo do Sistema Municipal de Ensino e qualificar os Conselheiros Municipais de educação para atuação na elaboração e acompanhamento das políticas municipais de Educação.

A programação do evento abordou no primeiro momento o tema “Os desafios de implementação dos Planos Municipais de Educação e dos Sistemas Municipais de ensino sob a perspectiva dos Conselhos e das Secretarias Municipais de Educação (Uncme) e (Undime)”. Representando o prefeito Edivaldo, o secretário municipal de Educação e presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais em Educação do Maranhão (Undime-MA), Geraldo Castro Sobrinho participou do evento, ao lado da presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação, Gilvânia Nascimento.

15092_v_encontro_estadual_conselhos_municipais_educacao_290915_foto_fabriciocunha_149ENSINO – Para o secretário de Educação, os Planos Nacional e Municipal de Educação, apresentam metas e estratégias para a melhoria do ensino municipal prezando por uma educação de qualidade. “É um trabalho complexo, mas de grande importância para a educação de cada município, no qual define as diretrizes para a gestão municipal. O prefeito Edivaldo trabalha incansavelmente nas metas e ações no sentido de melhorar cada vez mais o ensino em nosso município, superando os obstáculos que surgem para melhoria da educação”, destacou o titular da Semed.

A presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação, Gilvânia Nascimento, destacou a importância do trabalho do Conselheiro Municipal de Educação e a parceria da Uncme e Undime para realização do encontro. “Desenvolvemos um papel social e civil de extrema importância como conselheiros. No nosso encontro buscamos trocar experiência e fortalecer a nossa formação e da equipe técnica. A parceria da Uncme e Undime foi fundamental para o evento, pois sem ela não conseguiríamos atender as políticas de educação através dos trabalhos dos conselheiros”, ressaltou Gilvânia Nascimento.

PALESTRAS – Palestras sobre o Sistema Nacional de Educação (Sase) e Base Nacional Comum Curricular (SEB/MEC), a mesa redonda “Os Fóruns de educação e suas contribuições para o sucesso dos Planos de educação” e o lançamento do livro “Cimbalos, Lutas e Olhares” do autor Emerson Araújo, presidente do Conselho Municipal de Educação de Tuntum foram destaque da programação desta terça-feira (29).

A abertura do evento também contou com a presença da coordenadora Estadual e Regional da União Nacional dos Conselhos Municipais da Educação, professora Lindalva Batista, secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres, secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, presidente do Conselho Municipal de Educação, Roberto Mauro Gurgel, coordenadora do Escritório do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef-MA).

Também estiveram no evento Eliana Almeida, coordenadora Geral do Fórum Estadual de Educação do Maranhão, Ilma Fátima de Jesus, secretária de Educação do Município de Paço do Lumiar, Graça Privado, presidente do Conselho Municipal de Educação de Pedreiras, Maria R. Ferreira Lima e dezenas de representantes dos conselhos municipais do estado. 

Prefeitura promove formação de professores durante 9ª Feira do Livro de São Luís

A realização de palestras, oficinas e minicursos com temáticas voltadas para os educadores é um dos destaques da 9ª Feira do Livro de São Luís (FeliS). Na programação, estão previstas 65 atividades de capacitação diversas, entre palestras, oficinas, minicursos, rodas de conversa e relatos de experiência. As atividades para os educadores serão realizadas no espaço “Casa do Professor ‘José Maria Paixão Filho'”, que durante a 9ª FeliS estará situada no prédio da Universidade Virtual do Maranhão (Univima), na Rua Portugal. A programação da Casa do Professor foi articulada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Governo do Maranhão.

A oferta de oportunidades de formação para os professores da rede municipal de ensino segue a macropolítica do prefeito Edivaldo para a área da Educação. Para o titular da Semed, Geraldo Castro Sobrinho, a programação da 9ª FeliS com foco nos educadores valoriza os profissionais do magistério e também contribui para aumentar a qualidade da educação oferecida na rede municipal.

“O investimento em formação do professor tem excelentes reflexos na sala de aula. Não podemos pensar em melhoria da educação sem formação de educadores, e é por isso que temos buscado ampliar cada vez mais essas oportunidades”, disse o secretário Geraldo Castro.

INSCRIÇÃO – A programação completa do espaço Casa do Professor está disponível no site da Prefeitura de São Luís. Para se inscrever, é preciso fazer o download da ficha de inscrição no site www.saoluis.ma.gov.br e enviá-la, devidamente preenchida, para o email felisaoluis@outlook.com. Serão disponibilizadas, em média, 70 vagas para as palestras e 35 vagas para minicursos e oficinas. Cada professor pode se inscrever em quantas atividades quiser, desde que respeitadas a disponibilidade de vagas e a não-coincidência de horário entre as atividades. A confirmação de inscrição também seguirá por email.

Prefeitura realiza seminário para professores da área de Educação de Jovens, Adultos e Idosos

Com música, cultura e muita poesia, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), deu início ao Seminário Interno da Superintendência da Área de Educação de Jovens e Adultos (Saeja). O momento pedagógico tem por objetivo valorizar o educador da rede municipal de ensino, oferecendo atividades que contribuam para sua identidade na formação pessoal e profissional, bem como discutir os processos internos a fim de melhorar a qualidade dos fluxos de atendimento na educação.

O seminário, que aconteceu no auditório do Hotel Abevilleesta semana, reuniu professores, gestores, coordenadores e técnicos da área da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA) da rede municipal. A atividade se integra à política do prefeito Edivaldo de valorização da educação. “Este evento funciona como espaço de troca de experiências e alinhamento de estratégias, tanto para a melhoria da qualidade do ensino de sala de aula quanto para um melhor atendimento ao público jovem, adulto e idoso”, afirmou o secretário de Educação, Geraldo Castro Sobrinho.

A abertura do evento contou com apresentações culturais organizadas pelos próprios educadores, como a poesia “Canção para os fonemas da alegria”, de Tiago Melo, declamada pela educadora Lêda Melo. O gestor da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Rosália Freire, Josué Figueira, organizou um momento descontraído com dança e música, após o qual se seguiu o debate e articulação acerca dos programas e projetos na área da EJA. A palestra inicial foi proferida pela educadora Sheila Cristina Rocha. Ela apresentou uma proposta de metodologia de estímulo para educação com saberes relacionados à convivência em sociedade, com o mundo do trabalho e com questões relativas à cultura e à identidade.

Estudantes do Projovem Urbano aprovam propostas para a juventude em conferência livre

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou com os estudantes do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano) a etapa livre da III Conferência Nacional da Juventude. Com o tema “Juventude, Comunicação e Liberdade de Expressão”, o evento reuniu um público de aproximadamente cem estudantes e professores do Programa na sede do Instituto de Formação, Treinamento, Capacitação e Seleção de Pessoal (IFTCSP), no bairro do São Francisco.

A etapa livre da conferência teve por finalidade sensibilizar os alunos do Projovem Urbano para que sejam multiplicadores em suas escolas das temáticas que foram discutidas. Os estudantes também trabalharam construindo propostas para o Plano Nacional da Juventude, que será debatido nas esferas municipal, estadual e federal até o final deste ano. Após os debates, os jovens elaboraram e aprovaram 25 propostas, que já foram encaminhadas para a comissão organizadora da 3ª Conferência Municipal de Juventude de São Luís, que acontecerá nos dias 25 e 26 de setembro no auditório setorial do Centro de Ciências Humanas (CCH) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, destacou a importância do diálogo com a juventude. “A gestão do prefeito Edivaldo é participativa, voltada para o diálogo com a sociedade. Sendo assim, é de suma importância a realização deste momento com os nossos jovens, para que possamos saber o que eles pensam e o que sonham para o seu futuro e para a nossa cidade”, afirmou o titular da Semed.

As propostas aprovadas estão relacionadas a cinco temáticas: Direito à Cidadania, à Participação Social e Política, e à Representação Juvenil; Direito à Educação, à Profissionalização, ao Trabalho e à Renda; Direito à Saúde, à Diversidade, à Igualdade e à Assistência Social; Direito à Cultura, à Comunicação e à Liberdade de Expressão, ao Desporto e ao Lazer; Direito ao Território, à Mobilidade, à Segurança Pública, ao Acesso à Justiça, à Sustentabilidade e ao Meio Ambiente.

Para a construção das propostas, a Etapa Livre teve a participação da Supervisora de Educação em Direitos Humanos da Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Ivana Braga, que também é Assessora de Desenvolvimento Institucional da Rede Amiga da Criança; e da Assessora de Comunicação do Governo do Estado, Mariana Salgado. Ambas conversaram com os jovens sobre Juventude, Comunicação e Liberdade de Expressão, e sobre o Estatuto da Juventude.

Isec em pauta! Wellington volta a cobrar esclarecimentos de contrato de 33 milhões

Na manhã desta quarta-feira (23), o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) voltou a utilizar a tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar esclarecimentos sobre a denúncia feita por ele na semana passada, na qual questionou sobre a suplementação de uma Secretaria da Prefeitura de São Luís e a realização de um contrato milionário de R$ 33 milhões com o instituto ISEC.

Veja também: Caso Isec! “Não permitirei que a população fique sem respostas”, afirma deputado Wellington

Ao se pronunciar, o parlamentar apresentou as informações que ele solicitou ao Tribunal de Contas do Estado e à Prefeitura de São Luís inerentes à denúncia, além de questionar a suplementação da Secretaria Municipal Extraordinária de Governança Solidária e Orçamento Participativo.


12038318_781375311971209_1176981446068110574_n

“A Prefeitura de São Luís tem uma Secretaria Extraordinária que tem dotação orçamentária de 29 mil, e essa mesma secretaria, no mês de julho, foi suplementada com a exorbitante quantia de 33 milhões. Uma secretaria que poderia ter sido suplementada no dobro desse dinheiro, no dobro desse orçamento em até 60 mil é perfeitamente compreensível, mas suplementar uma secretaria em 33 milhões e o mesmo valor ser destinado, na sua totalidade, ao pagamento de um contrato com o ISEC, causou-me estranheza e também à população de São Luís. É muito estranho que quatro instituições tenham participado da licitação envolvendo um valor de 33 milhões, sendo que todas foram inabilitadas, com exceção do ISEC, e nenhuma tenha entrado com recurso da decisão. Causa estranheza também, que o prefeito queira democratizar a gestão às ‘vésperas’ da eleição, inclusive majorando e onerando os cofres da Prefeitura com convênios milionários e nítidos indícios de irregularidades na licitação”, desabafou.

Na ocasião, o deputado também rebateu as considerações do colega de parlamento, Rafael Leitoa (PDT), que saiu em defesa da gestão municipal de São Luís.

“Na última quinta-feira, não estive presente na sessão por estar em Imperatriz realizando uma Audiência Pública, quando tomei conhecimento do pronunciamento do deputado Rafael Leitoa, que fez uma defesa da Prefeitura de São Luís sobre o ISEC, sobre os 33 milhões. Gostaria de esclarecer que tenho respeito por cada um dos nobres colegas e espero que nós não possamos enveredar pela esfera pessoal, pois sempre respeitei todos os parlamentares. Fizemos diversas denúncias sobre a prefeitura de São Luís e quantas vezes for preciso continuaremos trazendo discussões a esta Assembleia para que possamos ter moralidade no serviço público, pois enquanto parlamentar, não posso me eximir da responsabilidade de cobrar, fiscalizar e argumentar contra quaisquer indícios de irregularidades. Afinal, recebi uma procuração de 23 mil maranhenses que confiaram a mim o mandato para que eu pudesse dar voz a essa população, legislar e fiscalizar o Executivo. A burocracia da Administração Pública não pode ser utilizada para mascarar a realidade nem as omissões da Prefeitura”, disse.

O deputado finalizou o discurso afirmando que o atual gestor municipal também esbanja dinheiro público lançando “obra-fantasma” e colocando lápides e placas em locais que não realizarão melhorias, além de “administrar o patrimônio público como se administra interesses privados” e tentar justificar o injustificável.

Prefeitura garante continuidade do ano letivo de escola na Santa Clara

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), garantirá a continuidade do ano letivo da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Santa Clara, vandalizada e incendiada no último domingo em ação de represália de uma facção criminosa. A manutenção das aulas será viabilizada em parceria com o governo do Maranhão, com a transferência temporária dos estudantes para o prédio da Unidade Integrada Barjonas Lobão, no Jardim América, e a garantia de transporte escolar.

O retorno às aulas foi comunicado pelo secretário de Educação Geraldo Castro Sobrinho à comunidade em reunião realizada na quadra da U.E.B. Santa Clara. A medida segue a determinação do prefeito Edivaldo de garantir os 200 dias letivos previstos em lei e preservar o calendário escolar. Com a transferência, será possível também dar mais celeridade à obra de recuperação da escola. Já periciada pelo Corpo de Bombeiros, pelo Instituto de Criminalística (Icrim) e pelo setor de Engenharia da Semed, a U.E.B. aguarda a conclusão dos laudos estruturais para assinatura da ordem de serviço de início das obras.

15061_reuniao_seguranca_ueb_santa_clara_220915_foto_fabriciocunha_106

Durante a reunião, o titular da Semed também agradeceu aos integrantes da comunidade que se mobilizaram para ajudar no combate ao incêndio. “Expressamos neste momento o mais profundo agradecimento a todos aqueles que demonstraram um verdadeiro ato de amor por essa escola, ajudando e também impedindo que os danos fossem ainda maiores”, disse Geraldo Castro.

Também presente à reunião, a titular da 2ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Educação, Maria Luciane Lisboa Bello, colocou-se à disposição da comunidade. “Estamos à disposição e trabalharemos juntos para a concretização das soluções efetivas para a comunidade da Santa Clara, visando o bem comum de todos e a garantia da educação”, afirmou a promotora.

MELHORIAS – As melhorias na escola da Santa Clara contemplarão não apenas a parte atingida pelo fogo: toda a escola deverá ser beneficiada, dentro do processo de melhorias das unidades de ensino executado na gestão do prefeito Edivaldo. Enquanto estiverem ocupando as instalações da U.I. Barjonas Lobão, os estudantes continuarão a contar com o cardápio da alimentação escolar oferecido pela Prefeitura de São Luís, bem como com transporte e segurança, oferecidos pela prefeitura e reforçados com a articulação com a Polícia Militar e a Guarda Municipal.

Os professores da escola aprovaram a medida. “Realmente, é a saída mais viável neste momento. É uma medida que se torna necessária, tendo em vista a preocupação que todos temos de não comprometer o calendário escolar, e tendo em vista que foi assumido um compromisso conosco de garantia de transporte, segurança e condições de trabalho”, disse o professor.

Os estudantes da U.E.B. Santa Clara e suas famílias também contarão com a parceria da Polícia Militar e a realização de ações socioeducativas. “Nossas forças de segurança estarão disponíveis para desenvolver ações de forma articulada. Continuaremos aqui na escola e contamos com o apoio de cada pai e cada mãe”, afirmou o tenente-coronel Aritanã Lisboa do Rosário, comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar.

A reunião contou ainda com a presença do comandante da Ronda Escolar, Jorge Antônio de Araújo Júnior, do delegado da Cidade Operária, Jarbas Batista, e da presidente do Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de São Luis (Sindeducação) Elisabeth Ribeiro Castelo Branco.