Eliziane, Weverton e Márcio Jardim lideram pesquisa para o senado na Capital

A Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) realizou levantamentos de intenções de votos em vários estados do país que analisou alguns cenários para 2018. No Maranhão, a pesquisa ocorreu apenas em São Luís, através do instituto Perãl.

A deputada federal Eliziane Gama (PPS)  aparece liderando com folga na corrida por uma das duas vagas ao Senado Federal. Eliziane possui 24,5% das intenções de voto contra 10,8% do deputado federal Weverton Rocha (PDT); na terceira posição está o ex-secretário de Esporte e Lazer do Maranhão, Márcio Jardim (PT), com 9,5%.

O deputado federal Zé Reinaldo (PSB) é citado por 4,9% dos entrevistados, seguido por Edison Lobão (PMDB), que marcou 3,7%. O ministro do Meio Ambiente Sarney Filho (PV) ficou com 2,3%, e o deputado federal Waldir Maranhão (Avante), com 2,1%. Não souberam responder, brancos e nulos totalizaram 42,2%.

11ª Feira do Livro de São Luís começa nesta sexta-feira, 10

Maior festa literária do Maranhão, a 11ª edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS) começa nesta sexta-feira, 10, e segue até o dia 19 de novembro, na Praia Grande, centro histórico de São Luís. A FeliS terá atividade das 10h às 22h, com entrada franca.

A cerimônia de abertura acontece às 17h, no Anfiteatro Beto Bittencourt, ao lado do Centro de Criatividade Odylo Costa filho, com a presença de representantes das instituições realizadoras e parceiras.

O evento é uma realização da Prefeitura de São Luís e do Governo do Estado do Maranhão, por meio das secretarias estaduais de Cultura e Turismo (Sectur) e da Educação (Seduc), e municipais de Cultura (Secult) e de Educação (Semed), tendo como correalizador o Serviço Social do Comércio (Sesc), patrocínio da Vale e Potiguar e apoio de diversas instituições.

Conferência de abertura
O ponto alto da noite será a palestra “Maria Firmina dos Reis e a Literatura Romântica”, com a escritora e ensaísta Luiza Lobo, professora de teoria literária e literatura comparada da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A palestra está prevista para às 20h.

A 11ª FeliS tem como tema ‘Maria Firmina dos Reis e a Literatura Feminina’, em memória da escritora maranhense que este ano completa 100 anos de falecimento. Autora do romance ‘Úrsula’, Maria Firmina dos Reis escreveu o primeiro romance abolicionista em toda a língua portuguesa.

A programação da Feira é composta por 23 convidados nacionais, 10 performances poéticas, sete intervenções artísticas, 60 contações de história, sete espetáculos circense de rua, uma orquestra, nove conferências, palestras, oficinas, minicursos, pocket show, saraus musicais, café literário, espaço infantil, exposições, vendas de livros e artigos literários. A cada edição da FeliS, são recebidos em torno de 200 mil visitantes, entre turistas e moradores locais, alcançando um volume de venda de livros em média de 2 milhões de reais.

Show
Ainda para a noite de abertura está previsto a realização de show com o grupo Afrôs que levará para o espaço o ritmo contagiantes das batidas que misturam rock, salsa e canções autorais. O show começa a partir das 21h no Anfiteatro Beto Bittencourt, no centro histórico de São Luís.

Elevador superlotado despenca e deixa feridos na Faculdade Pitágoras

Urgente!

Um elevado da Faculdade Pitágoras despencou na noite desta quinta-feira (10). O incidente ocorreu no prédio antigo da instituição localizado na Avenida São Luís Rei de França, bairro da Turu na capital maranhense.

A capacidade máxima do elevador era de 7 pessoas, segundo informa a placa afixada dentro da cabine. Segundo informações obtidas pelo editor do blog, doze pessoas estavam no elevador quando ele caiu e deixou pessoas feridas. O acidente ocorreu por volta de 21h30.

Os feridos foram levados por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros, mas nenhum deles corre risco de morte. Aguarde mais informações…

Multas dos pardais começam a valer a partir desta sexta

Apartir desta sexta-feira, dia 10, o novo sistema de fiscalização eletrônica passa a funcionar definitivamente em São Luís. O monitoramento, feito pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), começa a valer após um mês de funcionamento experimental.

Os novos fotossensores vão registrar as ultrapassagens da velocidade permitida, que varia de acordo com a via, e avanço de sinal vermelho em dezenas de pontos da cidade. Entre eles, estão trechos da Avenida Daniel de La Touche, Avenida Principal do Cohajap, Colares Moreira, Jerônimo de Albuquerque e Forquilha.

Corredores exclusivos, que permitem apenas tráfego de ônibus, ambulâncias, táxis com passageiros, e viaturas da polícia e da SMTT, também serão fiscalizados pelos pardais. Só poderão cruzar as faixas azuis, motoristas que forem estacionar ou fazer conversão à direita.

O uso indevido dos corredores incide em infração gravíssima. Os ônibus que saírem das faixas exclusivas também serão multados pela infração. Os corredores estão implantados nas avenidas Colares Moreira, Castelo Branco, Cajazeiras e Rio Branco.

Câmeras

Além disso, estão sendo instaladas 32 câmeras de fiscalização nas vias da cidade para verificação de congestionamentos, colisões e outras ocorrências. Inicialmente, serão implantadas 12 câmeras, e, nos próximos meses, mais dez equipamentos farão a fiscalização durante todo o dia, controlados por uma central de monitoramento já implantada pela SMTT.

Audiência pública vai discutir segurança nas escolas da capital

O pedido para a realização do debate, proposto pelo vereador Raimundo Penha (PDT), foi aprovado em plenário. As condições de segurança nas escolas públicas municipais vão ser discutidas com o objetivo de colaborar, de forma imediata, no combate à violência escolar.

Em sua justificativa, o parlamentar lembrou o episódio recente ocorrido na creche Gente Inocente, em Janaúba (Norte de Minas), quando um vigia ateou fogo ao estabelecimento, resultando em feridos graves e na morte de crianças.

A violência nas escolas é uma realidade da sociedade contemporânea e, no caso brasileiro, é agravada pelas condições de vida do povo. “As escolas são espaço público e não estão imunes à violência que reina em seu entorno”, afirmou o vereador.

Ricardo Diniz solicita construção de escola municipal no Residencial Nestor

O vereador Ricardo Diniz (PCdoB) solicitou ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) a construção de uma escola municipal no bairro Residencial Nestor. O requerimento nº 1024/17 foi aprovado em sessão na Câmara Municipal de São Luís.

Ricardo Diniz falou dos benefícios que a escola vai trazer para o Residencial Nestor, uma localidade que vive um crescimento populacional. “É preciso permitir que as crianças do Residencial Nestor tenham o direito de frequentar uma escola na comunidade em que vivem”, enfatizou.

O vereador também explicou que as escolas são lugares imprescindíveis para o desenvolvimento das pessoas. “É na escola que crianças e jovens aprendem uma diversidade de conhecimentos formando o seu caráter e sua intelectualidade”, concluiu Ricardo Diniz.

Marcial Lima solicita urbanização de praça na capital

De autoria do vereador Marcial Lima (PEN) um requerimento aprovado, na Câmara Municipal de São Luís, solicita ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e ao titular da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (SEMURH), providências no sentido de adequar a urbanização de praça, localizada na Rua 13, no Conjunto Cohajap.

 Segundo o parlamentar, a situação de abandono do logradouro pública afeta a comunidade que fica sem opção de lazer e vivência.

“Uma praça dá vida e possibilitam que as pessoas de uma comunidade se relacionem socialmente, sem ela, as pessoas ficam ociosos, então, os moradores estão sendo prejudicados porque falta à infraestrutura do espaço que possibilite uma melhor qualidade de vida para os moradores”, justificou o vereador durante a aprovação do requerimento em plenário.

Sá Marques pede agilidade na solução do problema da falta de água no bairro do João Paulo

Na manhã dessa terça-feira, 7, o vereador Sá Marques (PHS) acompanhou técnicos da CAEMA, por diversas ruas no bairro do João Paulo. O objetivo foi mostrar como anda a atual situação da área, que sofre com a falta de água. Sá Marques também pediu agilidade na solução do problema.

De acordo com o parlamentar, que sempre solicita melhorias para a população ludovicense nas mais diversas áreas, foram visitadas as ruas da Cerâmica, São Luís, Travessa da Palmeira, Eulino Machado, Alto da Vitória e Alto do São Benedito.

“Fomos pessoalmente em todas essas ruas, e daqui, os técnicos da CAEMA vão levar o relatório para o chefe de operações da companhia, para que sejam tomadas as devidas providências, vamos acompanhar para que realizem os serviços o mais rápido possível”, destacou o parlamentar. (Da assessoria do vereador).

Corpo de mulher é encontrado por criança em cova rasa em São Luís

Uma mulher identificada como Rosângela de Jesus Gonçalves foi encontrada morta, na manhã desta terça-feira (7), enterrada em uma cova rasa na Vila Riod, em São Luís. O corpo estava completamente sem roupas, em um terreno utilizado por um depósito de material de construção. Uma criança que brincava na areia foi quem fez o achado cadavérico.

A perícia ainda vai concluir laudo sobre o crime, mas cortes profundos no pescoço e no braço direito chamaram atenção de imediato das autoridades. A investigação ficará a cargo da Delegacia da Cidade Olímpica.

O filho da vítima a reconheceu e, segundo informações policiais, o filho disse que a mãe, desaparecida desde sábado (4), sofria por problemas com bebida alcoólica. Ela morava na Vila Janaína, bairro próximo de onde o corpo foi encontrado.

Trabalhadores temem perda de seus comércios e solicitam apoio ao deputado Zé Inácio

Uma comissão de trabalhadores do antigo terminal de ônibus do anel viário, nesta segunda-feira 06/11, estiveram reunidos com o deputado Zé Inácio (PT) em busca de apoio, pois temem perder seu local de trabalho.

Eles representam os comerciantes dos 24 quiosques que foram construídos no ano de 1986, para a venda de comidas e bebidas. Desde essa época, os trabalhadores dos boxs pagavam todas as licenças necessárias junto a Secretária Municipal de Urbanismo e Habitação-Semurh (Blitz Urbana, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária), para o devido funcionamento dos estabelecimentos.

No entanto, no último dia 05 de outubro, eles receberam uma notificação da Blitz Urbana para que desocupassem os quiosques. “Recebemos a notificação, em seguida fomos a Delegacia de Costumes para renovar a licença, também fomos a Blitz Urbana, mas não estão liberando a documentação, e também não nos informam como devemos proceder para continuarmos legalizados”, explicou um dos comerciantes.

O impasse tem causado temor aos comerciantes que estão preocupados com a situação. “Estamos aqui há mais de 30 anos trabalhando nesse local e regularizados, então precisamos que os órgãos competentes nos deem alguma garantia para continuarmos tendo o nosso sustento e meio de sobrevivência”, disse João Bastista dos Santos.

Na área ainda há mais de cem barraqueiros e ambulantes que trabalham em torno do Terminal do Anel Viário, e que também esperam por uma alternativa do poder público para que não fiquem sem ter um local para continuar a trabalhar.

O Deputado Zé Inácio se prontificou a tentar realizar o diálogo entre os comerciantes e a Prefeitura Municipal de São Luís para que seja aberto um canal de negociação. Participaram da reunião os comerciantes Luciane Barros Rodrigues, Jucelino Coutinho de Freitas, Ronielvies Serra, Rosete da Silva, Maria da Natividade, Maria de Fátima Diniz e João Batista.