Estudante é baleado durante assalto dentro de ônibus em São Luís

Estudante é baleado dentro de ônibus, em São Luís (Foto: Marcial Lima)
Estudante é baleado dentro de ônibus, em São
Luís (Foto: Marcial Lima)

G1 Maranhão – Um estudante, que não teve sua identidade revelada, levou um tiro após ser assaltado dentro de um ônibus que faz linha para o bairro do Turu, em São Luís. Segundo informações dos passageiros, que estavam no coletivo no momento do assalto, o criminoso disparou o tiro logo após a vítima ter dado o aparelho celular a ele.

O crime aconteceu nas proximidades da Maternidade Marly Sarney, na capital maranhense, e profissionais do hospital que realizaram os primeiros socorros ao estudante. Após o assalto, policiais militares isolaram a área.

O discente foi encaminhado para o Hospital de Urgência e Emergência Doutor Clementino Moura (Socorrão 2), no bairro da Cidade Operária, em São Luís, onde passará por procedimento cirúrgico.

Neste final de semana cinco ônibus foram assaltados na capital maranhense. Os assaltos aconteceram nos bairros Tibiri, João Paulo, Centro, Cohab e Vila Embratel. Em todas as ocorrências, pertences dos passageiros foram levados e, também, a renda dos coletivos.

Marco Aurélio participa de intensa agenda na Região Tocantina

Uma das principais bandeiras do mandato do deputado estadual, Professor Marco Aurélio (PCdoB), tem sido a luta por uma educação de qualidade para os maranhenses. A pauta tem sido levantada constantemente por meio da presença constante do parlamentar nas escolas da rede estadual. Como parte das atividades parlamentares, no último fim de semana, o deputado participou de uma extensa agenda nos municípios da Região Tocantina.

Em Imperatriz, o parlamentar reforçou seu compromisso com a educação da região Tocantina durante o Encontro dos Gestores e Professores da rede estadual sobre educação inclusiva, evento realizado na sede da Unidade Regional de Educação – URE. Marco Aurélio tem visitado várias escolas da região com a finalidade de buscar soluções para problemas pontuais e que possam contribuir com uma educação forte para os jovens maranhenses.

Ainda na sexta-feira, Marco Aurélio, participou, junto com a bancada federal e prefeitos da região Tocantina, da primeira edição do “Municípios em Foco”, uma realização da FAMEM, que visa encontrar soluções para problemáticas que afligem os municípios, além de estabelecer uma agenda permanente de diálogo entre todos os agentes da classe política maranhense e de acompanhamento das proposições de interesse dos municípios que estão tramitando no Congresso Nacional. Durante o evento, o deputado destacou a importância da integração entre as esferas estaduais, municipais e federal para a resolução dos problemas municipais.

O ensino superior também tem pautado as discussões do professor Marco Aurélio. Em fase de viabilização de R$ 1 milhão junto ao governo do estado, o parlamentar reuniu com a direção, professores e alunos da UEMA de Imperatriz a fim de que se melhore a produção acadêmico-científica na região.

Outro evento marcante ocorrido no fim de semana, foi a filiação da presidente da Associação de moradores do Parque Alvorada II, Dôra ao Partido Comunista do Brasil – PCdoB. O deputado destacou a chegada de Dôra ao partido. “A companheira Dôra é uma guerreira que vem fortalecer o nosso partido e chega forte, com a experiência de um trabalho comunitário consistente em Imperatriz.” Afirmou Marco Aurélio.

Além das atividades em Imperatriz, o parlamentar participou de reuniões com lideranças comunitárias nas cidades e Davinópolis e João Lisboa.

André Fufuca ocupa lugar de destaque em CPI que investigará máfia de próteses

fufuca
Deputado André Fufuca (PEN)

A Câmara Federal resolveu instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as denuncias vinculadas no programa Fantástico da TV Globo na série de reportagens sobre a “Máfia das Próteses”. A instalação da CPI aconteceu na quinta-feira (26) e tem como objetivo investigar o esquema fraudulento de comercialização e uso de próteses médicas no país.

A CPI foi instalada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Com 14 votos, o deputado Geraldo Resende (PMDB-MS) foi eleito presidente da CPI e o deputado maranhense André Fufuca (PEN), será o relator.

O programa das Rede Globo Fantástico mostrou médicos recebendo comissões para utilizar o material de determinadas empresas ou indicar cirurgias desnecessárias com orçamentos superfaturados para obrigar o Sistema Único de Saúde (SUS) ou planos de saúde a pagarem pelos “procedimentos”.

Deputado e também médico, André Fufuca chegou com facilidade à relatoria da CPI. O parlamentar maranhense falou da importância da comissão. “A máfia das próteses, infelizmente, é uma realidade no Brasil. Nós estaremos combatendo essa prática nefasta e investigando a fundo tudo isso, inclusive a participação de médicos e membros do Judiciário nesses casos. É um crime contra a vida das pessoas e contra o erário público. Esperamos contar com o apoio da imprensa e das vítimas para podermos apurar tudo minuciosamente e dar nossa parcela de contribuição para o fim desse prática nociva a sociedade”, afirmou.