Ônibus esmaga motociclista em São Luís

Um homem não identificado morreu em um acidente que envolveu um ônibus coletivo e uma moto na manhã desta segunda-feira (17), em frente ao Terminal Cohab. De acordo com as testemunhas que estavam no local, o motociclista vinha um pouco acima da velocidade da via, quando foi fechado por outro veículo. Para não bater no carro, o condutor da moto desviou para o outro lado e acabou colidindo com o ônibus. O ônibus passou por cima da cabeça do motociclista, que morreu no local.

Imperatriz: O prestígio político e a força popular do vereador Ricardo Seidel

Fontes seguras informaram ao Blog que o jovem vereador por Imperatriz, Ricardo Seidel (Rede), tem sido procurado por alguns pré-candidatos ao governo do Estado para discutir a possibilidade de ser vice candidato ao governo, estratégia que tem sido cogitada por alguns candidatos que tem visitado a região, afinal o jovem além de estar se destacando com seu trabalho parlamentar, também não tem em seu passado nenhum histórico de velhas práticas políticas.

Ricardo Seidel, além de ter uma grande base sólida entre jovens, evangélicos, grupos sociais e empresários da região, não tem nenhum “acordo” com nenhum grupo político, além de ser um legítimo representante da “nova política”.

Resta saber se o vereador vai topar mais este desafio. É aguardar pra ver!

Miranda do Norte: escritório que defende Negão tem sobrinho de membro do TRE-MA como Sócio

O escritório de advocacia Ferreira Bonfim advogados associados, que defende o prefeito cassado de Miranda do Norte, Carlos Eduardo Belfort, vulgo ‘Negão’, possui em seu quadro de sócios e administradores o sobrinho de um membro do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA). As informações são de Maldine Vieira.

uiz Sebastião Bonfim à esquerda (membro do TRE-MA), Fernando Antonio, foto acima (dono do escritório) e Joabe Bonfim (sobrinho do Juiz e sócio-quotista da empresa).
uiz Sebastião Bonfim à esquerda (membro do TRE-MA), Fernando Antonio, foto acima (dono do escritório) e Joabe Bonfim (sobrinho do Juiz e sócio-quotista da empresa).

De acordo com levantamento realizado no site da Receita Federal junto ao Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), a empresa possui três sócios-quotista e um sócio-administrador. O representante legal da sociedade empresarial é o advogado Fernando Antonio Silva Ferreira, responsável pelo processo que levou a cassação de Jr Negão.

Durante consulta no Quadro de Sócio e Administradores – QSA,  é possível observar o nome do jovem Antonio Joabe Bonfim Rodrigues, que, segundo informações fidedignas, é sobrinho legitimo do Juiz Sebastião Joaquim Lima Bonfim – membro efetivo do TRE-MA desde 2015.

Sobrinho de Sebastião Bonfim aparece como Sócio na empresa.

Sobrinho de Sebastião Bonfim aparece como Sócio na empresa.

JUIZ ASSUME PLANTÃO DESTA SEMANA – Parece piada, mas não é. O juiz Sebastião Joaquim Bonfim assume na manhã desta segunda-feira (17), o plantão judicial no TRE-MA. Bonfim terá até o próximo domingo (23) para julgar as demandas revestidas em caráter de urgência, como é o caso do prefeito de Miranda do Norte.

Bonfim ficará até Domingo (23) no Plantão.

Bonfim ficará até Domingo (23) no Plantão.

CNJ PROÍBE JUIZ DE JULGAR CASO QUE ENVOLVA ESCRITÓRIO DE PARENTE – O Conselho Nacional de Justiça aprovou em Março de 2015 a resolução que proíbe juízes de julgar causas nas quais o advogado seja seu cônjuge, companheiro ou parente. A norma se estende a processos de escritórios de advocacia que tenham sócios, associados, funcionários ou com o qual mantenha qualquer tipo de vínculo profissional.

Sócio de Fernando Ferreira é sobrinho de Juiz que vai julgar a ação.

Sócio de Fernando Ferreira é sobrinho de Juiz que vai julgar a ação.

O QUE DIZ A RESOLUÇÃO ? Art. 1º. Nos termos do disposto no art. 134, IV, do Código de Processo Civil de 1973 e outras leis processuais, o magistrado está impedido de exercer funções judicantes ou administrativas nos processos em que estiver postulando, como advogado da parte, o seu cônjuge, companheiro ou qualquer parente, consanguíneo ou afim, em linha reta; ou na linha colateral até o grau estabelecido em lei.

Parágrafo único. O impedimento se configura não só quando o advogado está constituído nos autos, mas também quando integra ou exerce suas atividades no mesmo escritório de advocacia do respectivo patrono, como sócio, associado, colaborador ou empregado, ou mantenha vínculo profissional, ainda que esporadicamente, com a pessoa física ou jurídica prestadora de serviços advocatícios.

FILHO DE MAGISTRADO FOI FUNCIONÁRIO DO ESCRITÓRIO

Filho do Magistrado trabalhou no escritório que carrega seu sobrenome,

Filho do Magistrado trabalhou no escritório que carrega seu sobrenome.

O jovem advogado Luiz Augusto Bonfim Neto Segundo, filho de Sebastião Bonfim, já foi funcionário do escritório Ferreira Bonfim advogados associados, o que também pode ser uma confirmação do vinculo familiar existente. Em sua rede social, é possível identificar ainda outro escritório de advocacia com o nome Bonfim Advogados. O blog vem buscando informações sobre a possibilidade de se tratar de dois escritórios diferentes ou se de fato trata-se apenas do escritório em questão. Este e outros assuntos sobre o caso será publicado nas próximas matérias. AGUARDEM…

Semapa inicia ação de desobstrução de galerias em mercados municipais da capital

Dando continuidade ao pacote de melhorias dos equipamentos públicos de abastecimento da capital, a Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) deu início à ação de lavagem e desobstrução das galerias de esgotos dos Mercados Municipais na tarde do último sábado (15). O ponto inicial dos serviços foi no Mercado da Liberdade, que deve seguir por todos os outros 28 Mercados Públicos Municipais.

“Com esse trabalho, determinado pelo prefeito Edivaldo, vamos garantir melhor higiene, não só nos mercados, como no entorno desses equipamentos, beneficiando comerciantes, com mais saúde para clientes e a população que mora próxima a esses locais”, afirmou o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, que acompanhou no local a ação.

Entre as ações estão a limpeza com retirada de sedimentos, desobstruções de bueiros e galerias e ainda uma análise técnica destes locais, executadas através da parceria entre Prefeitura e Governo do Estado, por meio da Companhia de Água e Esgoto do Maranhão (Caema).

Para o coordenador do sistema coletor da Caema, Alain Gerard, esse serviço preventivo é de grande importância para a população. “Esse trabalho de desobstrução da rede de esgoto, fortalece principalmente a saúde pública, facilitando o serviço que já realizamos normalmente no entorno dos mercados, essa parceria vem pra somar, pois melhora os estabelecimentos de comercialização de alimentos” disse Alain.

Edson Gaguinho encerra primeiro semestre de 2107 com cinco projetos de lei aprovados na Câmara de São Luís

Vereador Edson Gaguinho
Vereador Edson Gaguinho

Na sessão de quarta-feira, 12, a Câmara Municipal de São Luís  aprovou por unanimidade cinco projetos de lei de autoria do vereador Edson Gaguinho (PHS). Os projetos versam sobre a inclusão de pessoas com deficiência, educação, cultura e emprego. Todos os projetos chegam para beneficiar a população da capital maranhense. Parlamentar ainda teve 35 requerimentos e 26 indicações aprovadas.

O projeto de lei nº104/17 dispõe sobre a fixação nas salas de aula do número do disque denúncia para colaborar no combate a violência contra crianças e adolescentes. O projeto estabelece a obrigatoriedade da divulgação do número do Disque Denúncia dentro das salas de aulas das escolas públicas e privadas do município de São Luís – Maranhão, documento informativo que estimule a denúncia de casos de violência ou assédio sexual. As placas deverão ser fixadas em lugares visíveis ao público, em letras maiúsculas com a seguinte redação: “Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é crime. Denuncie disque 100”.

Reforçando a fé cristã o projeto de lei nº071/17 institui o Dia Municipal da Proclamação do Evangelho em São Luís. A data será comemorada, todos os anos, sempre no dia 31 de outubro. Esse projeto tem como base a Lei 13246 de 2016, Dia Nacional da Proclamação do Evangelho.  A ideia é fortalecer e fé cristã e dar ampla divulgação à Proclamação do Evangelho sem qualquer discriminação entre igrejas cristãs, além de valorizar os acontecimentos históricos.

Também foi aprovado o Projeto de Lei de nº 081/2017, que estabelece o dia 14 de novembro como o Dia Municipal do Vendedor Ambulante. A homenagem é para mais de 3500 vendedores ambulantes que atuam no comércio de São Luís.

Preocupado com a inclusão social, o vereador Edson Gaguinho também teve aprovado o Projeto de Lei nº043/17 que obriga os estabelecimentos públicos e privados da capital a inserirem nas placas de atendimento preferencial o símbolo mundial do autismo. O projeto visa oferecer maior qualidade de vida para as pessoas que convivem com o distúrbio. Além disso, vai ao encontro do direito das pessoas com transtorno do espectro autista, as quais são consideradas pessoas com deficiência, conforme a Lei Federal 12.764/2012 e o Decreto 8.368/2014.

Foi aprovada ainda o Projeto de Lei nº080/17  que cria o Boletim Escolar Eletrônico na rede municipal de ensino. Segundo o projeto, o boletim escolar eletrônico deve ser disponibilizado pelas escolas da rede municipal de ensino, contendo dados com notas, frequências e observações sobre o comportamento do aluno, através da internet. A senha de acesso e informações sobre os procedimentos para acessar o boletim deverão ser passadas aos pais no momento da matrícula. Além disso, as escolas ficam responsáveis por alimentar o banco de dados.

Depois de aprovados em redação final o parlamentar fez uma análise dos seus 6 primeiros meses como parlamentar. “Ao final de 6 meses de mandato conseguimos abordar aqui na câmara temas de extrema importância para nossa cidade. Tivemos cinco projetos de lei, além de trinta e cinco requerimentos e vinte e seis indicações aprovadas. Foram meses de muito trabalho. Seguirei disposto a ouvir e conversar sobre as demandas da cidade. Estou vereador para lutar por cidade melhor de se viver”, finalizou Edson Gaguinho.

Ricardo Diniz faz avaliação positiva do primeiro semestre

“O ano de 2017 teve início na Câmara Municipal de São Luís com o sentimento de um novo começo, tivermos 4.205 votos de confiança que nos permitiram o segundo mandato, o que nos faz começar um novo ciclo”, assim começou a avaliação do vereador Ricardo Diniz (PCdoB) sobre o seu primeiro semestre na Casa.

O vereador realizou sessões solenes, presidiu sessões, participou de eventos representando a Câmara, lançou projetos sociais e esportivos em bairros, teve projetos de lei aprovados e visitou  comunidades.

Para o vereador, a análise do trabalho é fundamental na busca pela qualidade do serviço que é prestado ao povo. “Faço questão de avaliar e ver sempre onde podemos melhorar, ainda temos o restante do ano pela frente e muito mais afazer, contudo considero este um balanço positivo, por isso me sinto feliz e ainda mais disposto a direcionar meus esforços em prol da nossa São Luís”, explicou Ricardo.

Retrospectiva – Ricardo Diniz teve projetos de lei aprovados como o que criou a Frente Parlamentar de Políticas Públicas Sobre Drogas e o que instituiu 2017 como o ano da Procuradoria Geral de Justiça no Maranhão. Apresentou o Projeto de Lei que propõe o transporte alternativo complementar para atender a população em áreas de difícil acesso.

Presidiu audiências públicas que abordaram temas relevantes como a utilização dos aplicativos no transporte de passageiros, problemas do programa Minha Casa, Minha Vida e a situação de feiras e mercados na cidade. Em pronunciamentos, o vereador trouxe para a discussão temas de interesse da sociedade como a punição para o crime de estupro e a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) que nunca foi concluída e continua gerando gastos ao município.

Promoveu um painel em homenagem ao Dia da Mulher reunindo representantes de vários segmentos que debateram sobre o papel da mulher na sociedade, garantia de direitos e a mulher empreendedora. Ricardo Diniz realizou sessões solenes em homenagem a Cruz Vermelha Brasileira, para celebrar o dia do escoteiro, comemorar os 120 anos do Boi da Maioba e pelos 25 anos da Igreja Batista do Angelim e pelos 16 anos da Igreja Batista Nacional da Palavra. Foi autor da proposição que concedeu o título de cidadão Ludovicense ao economista pernambucano Ricardo Moura Teixeira, reconhecido pelo trabalho de gestão financeira na Empresa Maranhense de Administração Portuária, EMAP, no Porto do Itaqui.

Uma das novas ações do vereador Ricardo Diniz foi o Projeto Plantando Vidas, lançado no primeiro semestre com o objetivo de incentivar a consciência ambiental nos moradores de São Luís. O projeto Movimente-se foi renovado para continuar promovendo saúde, diversão e qualidade de vida para moradores dos bairros da cidade oferecendo recreação e aulas de Zumba.

Já com relação aos trabalhos externos à Câmara Municipal, o vereador visitou a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, no intuito de se informar sobre as principais ações da SMTT. Visitou também a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos, MOB, para discutir e buscar soluções referentes ao trânsito e ao transporte público da capital maranhense.

Ricardo Diniz apoiou a cultura popular e prestigiou nesta temporada junina, principalmente, os arraiais organizados pelas comunidades que preservam as tradicionais brincadeiras. O parlamentar cumpriu ainda uma extensa agenda de visitas em comunidades de São Luís para ouvir de perto as solicitações dos moradores, conhecer as ações positivas desenvolvidas nos bairros, propor projetos para geração de renda e promoção da qualidade de vida.  O vereador Ricardo Diniz reitera seu compromisso de continuar trabalhando pelo desenvolvimento de São Luís nesse segundo mandato na Câmara de São Luís.

“Acreditamos na força do povo de São Luís e no potencial que nossa cidade oferece, por isso estaremos sempre em defesa do debate de ideias, da união de forças e da transparência para promover o desenvolvimento social e econômico da nossa cidade”, concluiu Ricardo Diniz.

Umbelino Junior apresenta emenda modificativa a LDO

Vereador de São Luís, Umbelino Junior
Vereador de São Luís, Umbelino Junior

Durante a apreciação e votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) na Câmara Municipal, que foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares, o vereador Umbelino Junior (PPS) desempenhou papel para a contribuição do trâmite da matéria apresentando emenda modificativa ao Art. 57 referente ao pagamento de precatórios para que sejam mais transparentes com informações de nomes e as datas de quem irá receber pagamentos.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias compreende as metas e prioridades da administração pública e tem por finalidade orientar a elaboração dos orçamentos fiscal, seguridade social e de investimento do Município.

Segundo o parlamentar do PPS, é importante definir o orçamento fiscal e os investimentos do Poder Público Municipal para determinar as metas e prioridades que a administração pública terá ao longo do exercício financeiro.

Novas intervenções viárias vão promover melhorias no trânsito da capital

A Prefeitura de São Luís vai iniciar, nos próximos dias, novas intervenções no trânsito da região do São Cristóvão para promover melhorias na mobilidade urbana de uma das regiões da capital que apresenta intenso fluxo de veículos nos horários de pico. Para a execução dos serviços, o prefeito Edivaldo firmou, no início desta semana, acordo de Cooperação Técnica com o Grupo Educacional Pitágoras, na modalidade de Parceria Público-Privada (PPP), para garantir mais segurança a motoristas e pedestres que transitam pela área contemplada.

“Temos priorizado a execução de obras viárias em setores da capital que por décadas apresentaram transtornos demasiadamente danosos à circulação de veículos e pedestres. Já são dezenas de intervenções realizadas no trânsito da nossa cidade que, além de proporcionar um melhor aspecto urbanístico aos locais beneficiados, propiciam também mais segurança e maior fluidez, contribuindo com a redução dos congestionamentos gigantescos verificados anteriormente às obras. São benefícios cujos reflexos positivos já podem ser sentidos pela população”, afirmou o prefeito Edivaldo. Ele destacou ainda a importância de mais uma parceria celebrada para resolver problemas de mobilidade na capital.

A visão do prefeito é corroborada pelo taxista Cláudio Omar Aguiar de Sousa, 43 anos. Ele, que trabalha há quase uma década em um posto de táxi localizado no bairro, relata que há muito tempo todos sonhavam com uma intervenção desse porte na região. “Outra área eu não sou capaz de analisar, mas sou taxista e conheço muito bem o trânsito da minha cidade. Percebo o quanto melhorou nos últimos anos, principalmente nos locais em que antes enfrentávamos tantas dificuldades para circular, a exemplo da Forquilha, do retorno do aeroporto e do Anel Viário, por exemplo. O prefeito Edivaldo foi o único gestor que realmente se preocupou em dar solução aos problemas do trânsito de São Luís. E com essas intervenções que serão realizadas aqui no São Cristóvão, tenho certeza que vai melhorar bastante o tráfego nesta região”, disse o taxista.

INTERVENÇÕES – Com a parceria firmada com o Grupo Educacional Pitágoras – como contrapartida em decorrência do impacto no tráfego gerado pelo empreendimento no local – serão executadas, no São Cristóvão, modificações no traçado geométrico e reestruturação viária nas avenidas Guajajaras, Lourenço Vieira da Silva e Avenida 2, em pontos de grande estrangulamento do trânsito na área. A obra tem como finalidade promover mais fluidez ao tráfego de veículos nesse setor da cidade e facilitar a travessia de pedestres.

A intervenção está na fase de preparação, com as marcações dos locais a serem alterados. O projeto de reestruturação viária no São Cristóvão contempla a retirada da rotatória que fica no cruzamento das avenidas Guajajaras com a Lourenço Vieira da Silva, onde também será instalado um conjunto semafórico de dois tempos.

A alteração vai transformar em mão única o trecho entre o Terminal de Integração do São Cristóvão à Avenida Guajajaras. Dessa forma, quem vem dos bairros da região da Cidade Operária pela Avenida Lourenço Vieira da Silva, no sentido Av. Guajajaras, seguirá direto para a Forquilha, aeroporto ou avenida Santos Dumont pela Rua 25 (a mesma Dr Carlos Vasconcelos).

A obra inclui ainda a construção de um retorno de quadra, nas proximidades do Banco do Brasil. Conforme o projeto, quem atualmente vem da Forquilha no sentido Uema-Cidade Operária, transitará por uma alça de quadra que será criada pela Rua 11, atrás do Banco do Brasil; e quem vem da Forquilha, sentido Aeroporto, seguirá direto. Já quem vem do Aeroporto, no sentido Uema, entrará na Avenida 02 (Jardim São Cristóvão).

A alteração permitirá ainda que quem venha da Avenida Santos Dumont pela Rua 25 (Dr Carlos Vasconcelos), no sentido Guajajaras, terá de entrar pela Rua 30 (atrás do Banco do Brasil), saindo na Rua 10 para depois seguir pela Guajajaras. O cruzamento semafórico instalado do local será de dois tempos, fechando totalmente para um sentido e liberando para outro.

“Essa intervenção vai se somar a outras já realizadas no complexo viário da Forquilha, assim como também na Avenida Jerônimo de Albuquerque, entre o trecho da rotatória à igreja católica da Cohab, onde estão sendo construídas duas alças de retorno na própria avenida, para alargamento da faixa nos dois sentidos da via. Juntas, as intervenções se complementam e proporcionam mais qualidade ao trânsito dessa região da cidade”, ressaltou o secretário da SMTT.

As intervenções no trânsito integram o Plano Estratégico de Melhoria do Trânsito executado pela Prefeitura de São Luís, desde 2013. Além de melhorar a fluidez no tráfego de veículos nos locais trabalhados, as intervenções têm ainda como objetivo reduzir o número de acidentes nesses locais, como já pode ser verificado atualmente nos pontos da cidade que receberam obras de intervenção viária, a exemplo da Ponta do Farol, na descida para a Avenida Litorânea; do Anel Viário-Bacanga, Curva do Noventa (Vinhais), Avenida Carlos Cunha, nas proximidades do Shopping São Luís; na Avenida dos Franceses, próximo à Rodoviária; Avenida Vitorino Freire, na Areinha, entre outros pontos.

“Em muitos desses locais a incidência de acidentes era muito grande. Hoje, podemos afirmar seguramente que as ocorrências graves do gênero tiveram uma redução significativa, o que nos deixa muito felizes em saber que o trabalho realizado no trânsito da cidade tem atendido aos objetivos idealizados pelo prefeito Edivaldo, de promover mais segurança e qualidade de vida aos moradores”, frisou Canindé Barros.

O zelador Dérick Fernando Mendonça, 27 anos, trabalha em um prédio na Ponta do Farol, onde foi realizada uma intervenção viária para melhorar o trânsito que conduz à Avenida Litorânea. Lá, os acidentes eram constantes, principalmente nos finais de semana, quando aumenta o tráfego na área praiana. “Perdi a conta de quantos acidentes presenciei nesse local. Hoje, percebemos nitidamente que reduziram bastante após a realização dessa obra”, afirma Dérick.

O mototaxista Dhefferson Inácio, 23 anos, e o comerciário Francisco Marcelo Feitosa, 44 anos, que trabalham, respectivamente, no Anel Viário e na Curva do Noventa, dois setores da cidade que também receberam intervenções no trânsito, relatam as melhorias percebidas após a realização das obras nesses locais.

“A mudança realizada aqui no Anel Viário até a região do Bacanga ficou mil por cento melhor”, salientou Dhefferson. “Há ainda muitas alterações que podem ser feitas na região do Vinhais, mas essa intervenção executada aqui na Curva do Noventa já foi um grande avanço para o trânsito nesse trecho que antes era extremamente caótico”, completou Francisco Marcelo.

 

Sá Marques quer construção de UPA no Bairro Caratatiua

Vereador Sá Marques
Vereador Sá Marques

O vereador da capital Professor Sá Marques (PHS) solicitou ao Governo do Estado por meio de indicação aprovada em plenário, a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no bairro Caratatiua. Segundo o vereador, o objetivo do pleito é atender centenas de famílias da região que compreende os bairros adjacentes à Camboa, Alemanha e Caratatiua.

No documento, o vereador sugere uma parceria com o Governo Federal, para implantação da unidade de saúde por intermédio do Ministério da Saúde. O vereador sugere ainda que a UPA seria construída no seguinte endereço: na esquina entre a Avenida dos Franceses no bairro da Alemanha com Rua da Vitória no bairro do Caratatiua e justifica.

“A construção de uma UPA naquela região carente da nossa cidade vai atender à centenas de famílias carentes que têm dificuldades de se deslocarem para as demais unidades, sem falar da grande quantidade de comunidades que a construção do hospital vai atender, vizinhas ao Caratatiua. Então peço o apoio dos colegas para a aprovação desse importante pleito”, pontuou Sá Marques.

Maranhenses sofrem com a falta de segurança

Deputado estadual Wellington do Curso (PP)
Deputado estadual Wellington do Curso (PP)

Mortes, assaltos e medo. Foram esses os pontos citados pelo deputado estadual Wellington do Curso (PP) ao se posicionar em relação à insegurança no Maranhão. De acordo com o deputado Wellington, faz-se necessário enfatizar ações que combatam, de fato, a criminalidade e não apenas trabalhar com números que demonstrem uma falsa sensação de segurança.

“Em apenas 02 dias, foram registradas 18 mortes violentas na Grande Ilha. Estamos em um cenário em que de um lado, temos a segurança da propaganda: em que o Governo valoriza os agentes de segurança pública, entrega 577 viaturas e desenvolve tantas outras ações. Do outro, temos a realidade: são assassinatos e diversos assaltos que ocorrem diariamente. Enquanto na propaganda, a segurança está muito bem; na realidade, a população padece com a criminalidade. Como consequência, a nossa população tem medo. Hoje, o pai de família, o estudante sai de casa e não sabe se retorna”, pontuou Wellington.

Ainda em relação às ações em defesa da segurança pública, Wellington cobrou uma resposta por parte do Governo do Estado, a fim de esclarecer o destino das 577 viaturas supostamente adquiridas.

“O estudante, o pai de família, o trabalhador não quer propaganda. O maranhense quer é ação. Trago aqui as denúncias de maranhenses que, por exemplo, ligam e aguardam horas e horas por uma viatura. Isso quando chega. A culpa não é do policial. Eu sei disso. Fica o questionamento: onde estão as 577 viaturas adquiridas? Por onde andam? Onde passam? Deixo aqui esses questionamentos que não são só meus, mas sim da nossa população que padece com a onda de assaltos e tantos outros crimes”, disse Wellington.

O requerimento do deputado Wellington em que solicita o destino das 577 viaturas adquiridas foi encaminhado à Secretaria de Segurança Pública em dezembro de 2016 e, até o presente momento, não foi respondido.