População de Caxias se despede do presidente Humberto Coutinho

População de Caxias se despede do presidente Humberto Coutinho

Comoção e tristeza tomaram conta da população de Caxias com a morte do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado Humberto Coutinho, 71 anos, ocorrida na noite desta segunda-feira (1º de janeiro), em sua residência, na cidade de Caxias. Ele estava no seu quinto mandato e fazia tratamento contra o câncer, há quatro anos.  

Logo que ficaram sabendo da morte de Humberto Coutinho, as pessoas se dirigiram até a porta da residência onde ocorreu em um primeiro momento, o velório do presidente, com a presença dos familiares. Elas falaram da grande liderança política, do amigo generoso, da seriedade, da competência e, principalmente, da falta que o presidente Humberto Coutinho fará ao Maranhão, em especial, ao município de Caxias e demais cidades onde ele sempre manteve contato, levando ações que as beneficiava.

“Ele foi um guerreiro; foi um homem que sempre trabalhou pelo bem da nossa cidade. Sou eternamente grata por tudo que ele fez por nós. Vou sentir muita falta dele, ele era meu amigo”, disse a aposentada Maria das Neves Araújo, 68 anos.

“Eu pedi muito a Deus que trouxesse a saúde para o Dr. Humberto. Ele foi uma pessoa boa que estava sempre disposto a ajudar. Perdemos um grande guerreiro, mas tenho certeza que ele está ao lado do nosso Deus”, acentuou a enfermeira Maria Ducarmo.

Ana Lúcia, 35 anos, dona de casa, também falou da falta que o Dr. Humberto fará. “Eu ainda não consigo acreditar que o nosso maior líder e amigo morreu. Todos vão sentir muita falta dele. Fiz corrente de oração pedindo que ele se recuperasse, mas Deus o levou. Sei que está em um bom lugar. Vou me apegar a isso para superar essa grande perda”.

“É uma perda muito grande. Desde que me entendo, ouço falar em Dr. Humberto; a minha família acompanhou desde muito tempo toda a trajetória dele. Ele foi um médico, político e empresário de muita competência”, a declaração é do vigilante Oscar Correia de Sousa Filho, de Caxias.

“Perdemos a nossa grande referência, grande amigo, companheiro, sério e que se preocupava com o bem do povo de Caxias. Que Deus o coloque em um bom lugar e dê o conforto à sua família natural e família de coração, que somos nós, os filhos de Caxias”, disse a professora Maria da Conceição Araújo.

“Eu não sei nem explicar o eu estou sentindo. Eu o conheço há muitos anos, desde quando ele era jovem. Ele foi um bom homem tanto para Caxias como para outras cidades . Foi ele que trouxe uma boa educação, um bom hospital. Quando ele foi prefeito  o pagamento dos funcionários era em dia. Não teve um prefeito em Caxias como ele. Eu devo a minha aposentadoria a ele. Também me deu um lugar pra colocar minha banca de café”, afirmou  Maria Luíza  Silva, de 84 anos.

Cleide Maria da Silva, é zeladora e disse que está muito abalada com a morte de Humberto Coutinho.  “Foi ele que me deu o meu primeiro emprego, onde estou até hoje.  Eu sou muito grata a ele”, disse ela.

“Ele foi um grande líder não só em Caxias, como para todo Maranhão. Sem dúvida é uma grande perda pra todos nós. Só temos a lamentar a sua morte. Foi um grande líder. Ele deixa uma grande lacuna; vai ter que nascer alguém à altura do dr. Humberto”, disse José Henrique. Aldenora Braga, funcionária pública, também disse que a morte do dr. Humberto deixa uma grande lacuna. “É uma grande perda. Ele era um homem de palavra, amigo e de respeito”.

Homem extraordinário

O deputado federal Rubem Pereira Júnior (PCdoB), amigo pessoal da família, falou da falta que o presidente fará.  “É muito triste o que aconteceu; Humberto foi um homem extraordinário; foi um grande líder prefeito. Ele foi determinante para a vitória do nosso grupo político; Ele foi um grande empreendedor. Foi um homem que prezou muito pela sua cidade. Deus permitiu que ele ficasse até o último segundo com a sua família. É com muita tristeza que recebi a notícia da sua morte. Todas as homenagens que fizermos a ele, serão poucas pelo grande homem que ele representou”. 

Autoridades confirmam presença no velório do presidente Humberto Coutinho

Autoridades confirmam presença no velório do presidente Humberto Coutinho

O governador Flávio Dino confirmou presença no velório do presidente Humberto Coutinho, que está acontecendo no município de Caxias. Prefeitos e lideranças políticas de municípios maranhenses também estão presentes. Deputados estaduais, federais e ex-parlamentares também prestam a última homenagem ao presidente da Assembleia Legislativa, consolidado e reconhecido como uma grande liderança política do Maranhão.

O corpo está sendo velado no Ginásio da Facema, localizado ao lado do conjunto habitacional Eugênio Coutinho. Por determinação do governador Flávio Dino, Humberto Coutinho está sendo velado e será sepultado com honras de chefe de Estado. Ele ocupou o cargo interino de governador do Maranhão (2016) e estava no exercício da Presidência do Poder Legislativo Estadual quando do seu falecimento.

Às 10h, o corpo será conduzido em carro do Corpo de Bombeiros, pelas ruas da cidade, até a capela da família, ao lado do Cemitério da Olaria, no bairro Volta Redonda, onde ocorrerá o sepultamento.

O presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, decretou luto oficial de sete dias. O Governo do Estado, a Prefeitura de São Luís e a Prefeitura de Caxias também decretaram luto oficial de sete dias.

Humberto Coutinho veio a óbito em sua residência, no município de Caxias, assistido por sua esposa, Dra. Cleide Coutinho, companheira de jornada e de vida há 50 anos, tendo ao lado familiares e amigos. Ele não resistiu às complicações em decorrência de um câncer agressivo, contra o qual lutava bravamente há quatro anos.

“Um homem que muito fez pelo Maranhão”, diz deputado Levi Pontes sobre Humberto Coutinho

“Um homem que muito fez pelo Maranhão”, diz deputado Levi Pontes sobre Humberto Coutinho

O deputado estadual Levi Pontes (PC do B) lamentou a morte do seu amigo médico, deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão Humberto Coutinho (PDT), que faleceu na noite desta segunda-feira, 1° de janeiro de 2018, na cidade de Caxias, Maranhão. O deputado Humberto Coutinho não resistiu às complicações em decorrência de um câncer na qual lutava há quatro anos.

Para o doutor Levi Pontes, amigo de profissão de Humberto Coutinho, o Maranhão perde uma das maiores lideranças políticas que já existiu nos últimos 50 anos. 

“É com profundo pesar que recebi essa triste notícia. É uma perda muito grande para a política e para todo o Maranhão. Dr. Humberto não era apenas um colega parlamentar, mas meu amigo de profissão na qual guardarei todas as boas lembranças de um homem íntegro, honesto e batalhador. Sem dúvida alguma, um homem que muito fez pelo Maranhão”, lamentou Dr. Levi Pontes. 

O deputado Levi ainda deixou suas palavras de consolo a ex-deputada, esposa, Cleide Coutinho. 

“Sei que é um momento difícil de enfrentar, mas quero pedir a Deus que console a Dra. Cleide Coutinho, seus filhos, familiares e amigos neste período de luto, de perda de um grande chefe da família. Que Deus traga consolo a todos”, concluiu Levi Pontes.

Homenagem do deputado Fábio Braga ao presidente Humberto Coutinho

Em meu nome e de minha família, externo profundo pesar pela imensa perda do colega e amigo Humberto Coutinho. Morreu o comandante, o farol que arregaçou as mangas para enfrentar uma batalha contra um câncer devastador. Sua visão leal e pacificadora inaugurou um novo tempo na Assembleia Legislativa.

Humberto Coutinho era um homem que estava além de seu tempo, realizando obras para a posteridade. Quis o grande Deus levá-lo tão cedo, mas restou a certeza de que o esplendor da sua carreira política e empresarial jamais teria chegado ao atual estágio, se não tivesse existido o comando carinhoso e firme da sua fiel escudeira Cleide que juntos durante mais de 5 décadas, em todos os momentos mais importantes que ficarão para sempre na história, com a gratidão de todos os maranhenses.

Deus acolha seu espírito dando compreensão e força aos familiares e amigos para suportar essa ausência. Que sua lealdade, história e bravura, sobretudo em defesa da vida, sirvam de legado a todos nós. Paz profunda irmão.Morreu o comandante, o farol que arregaçou as mangas para enfrentar uma batalha contra um câncer devastador. Sua visão leal e pacificadora inaugurou um novo tempo na Assembleia Legislativa.

Humberto Coutinho era um homem que estava além de seu tempo, realizando obras para a posteridade. Quis o grande Deus levá-lo tão cedo, mas restou a certeza de que o esplendor da sua carreira política e empresarial jamais teria chegado ao atual estágio, se não tivesse existido o comando carinhoso e firme da sua fiel escudeira Cleide que juntos durante mais de 5 décadas, em todos os momentos mais importantes que ficarão para sempre na história, com a gratidão de todos os maranhenses.

Deus acolha seu espírito dando compreensão e força aos familiares e amigos para suportar essa ausência. Que sua lealdade, história e bravura, sobretudo em defesa da vida, sirvam de legado a todos nós. Paz profunda irmão.

Rogério Cafeteira lamenta falecimento do presidente Humberto Coutinho

Por meio de suas redes sociais, o líder do Governo na Assembleia Legislativa do Maranhão, Rogério Cafeteira (PSB), afirmou ter recebido com muita tristeza a notícia do falecimento do presidente Humberto Coutinho, ocorrido na noite desta segunda-feira (1), em Caxias. Ele não resistiu às complicações em decorrência de um câncer agressivo, contra o qual lutava bravamente há quatro anos.

“Recebi com imensa tristeza a notícia do falecimento do nosso presidente Humberto Coutinho. Estamos todos muito consternados com esta perda. O Maranhão perde um grande líder. A família um grande pai. Que Deus conforte os familiares, em especial minha amiga Cleide, que foi sua companheira de uma vida inteira”, disse Cafeteira.

Astro de Ogum divulga nota de pesar pela morte de Humberto Coutinho

A Câmara Municipal de São Luís manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento do deputado Humberto Coutinho, presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, uma das maiores lideranças políticas do Estado.

Sua morte abre uma grande lacuna na política maranhense. Ele foi uma expressão de competência e sensibilidade. A Câmara Municipal de São Luís decreta luto de três dias em função dessa grande perda para o nosso municipalismo.

Como prefeito de Caxias, estabeleceu normas de administração municipal que desenvolveram aquele município e que serviram de parâmetros para outros gestores. Perdemos um grande maranhense.

Nosso Estado está de luto.

Wellington do Curso faz balanço das ações e destaca mais de 1000 proposições de sua autoria em defesa do povo do Maranhão

Mandato popular, independência e atuação em defesa do povo do Maranhão. São essas as principais características que marcam as atividades parlamentares do deputado estadual Wellington do Curso (PP), o que o fez realizar balanço das ações já desenvolvidas que implicaram em mais de 1000 proposições na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Apenas em 2017, o deputado Wellington já alcançou o número de 1014 proposições, entre 491 indicações (solicitações da populacao quanto à educação, saúde, infraestrutura e segurança, por exemplo) e inúmeros projetos de lei. Passa, assim, a ser o deputado com o maior número de projetos já apresentados na Assembleia.

“Esse número revela o quão bom é ter a participação popular em nosso mandato. Cada projeto, cada proposição é fruto da participação de quem vive o Maranhão. Nós priorizamos isso: o contato com a nossa população”

Ao fazer o balanço das atividades positivas, Wellington destacou ainda aquilo que, para ele, é o mais importante: a participação popular.

“Desde o meu primeiro ano de mandato, priorizo o contato com quem confiou em mim e me fez ser deputado estadual. Eu fui eleito para representar o professor, o servidor público, o estudante, o policial, a dona de casa, o trabalhador maranhense… fui eleito para representar o povo do Maranhão. Por isso, sempre que há uma solicitação, independentemente de ir contra o Governo, eu não me omito. Se eu me omitisse, estaria traindo a população. E isso eu jamais farei. Fico muito feliz por ver que hoje temos esse número de ações graças à participação popular”, disse Wellington.

Wellington possui projetos que priorizam a visita a municípios, buscando sempre a aproximação entre parlamentar e população, a exemplo do “Ouvindo o Maranhão”.

“Por meio do nosso Gabinete Móvel, nós desenvolvemos o ‘Ouvindo o Maranhão’, um projeto que nos fez percorrer mais de 40 municípios já e ter esse contato direto com o povo. Não existe nada que me separe de quem confie em mim. É isso que nos move e nos faz ser cada vez mais e mais independentes”.

Quanto às expectativas para 2018, Wellington disse que continuará trabalhando em defesa do Maranhão e reafirma seu compromisso com a população.

“Desde 2015, tenho trabalhado dia e noite defendendo quem confiou em mim. Para 2018, continuaremos com esse pensamento: fomos eleitos para honrar e fazer valer o voto de confiança, trabalhando para o povo, de forma independente. Povo do Maranhão, conte comigo!”, pontuou Wellington.

AÇÕES PARLAMENTARES

Na Assembleia Legislativa, Wellington é o deputado estadual com maior número de proposições. Entre elas, destacam-se o Projeto de Lei 99/2017, que prevê o impedimento da retenção, apreensão e recolhimento do veículo com o IPVA atrasado; além do PL 286/2017, que garante prioridade de contratação de mão de obra maranhense em retornarias de petróleo e complexos siderúrgicos, que já foi aprovado no plenário da Assembleia e aguarda somente a sanção do Governador.
Wellington já realizou mais de 30 audiências públicas com as diversas temáticas, a exemplo da defesa de servidores públicos, concurseiros, pessoas com deficiência, animais, entre outros. Ainda em 2017, foi eleito o presidente da Secretaria de Educação da UNALE e vice-presidente do Parlamemto Amazônico.

É de iniciativa do deputado Wellington projetos que priorizam a investigação, como o “De Olho nas Escolas”, em que o próprio deputado visita escolas do Maranhão, ouve os professores e, posteriormente, apresenta as solicitações locais, encaminhando-as ao Governador e Prefeitos para que tomem as devidas providências, além de quando necessário oficializa as denúncias ao Ministério Publico para acompanhamento e fiscalização.

Weverton faz balanço da política nacional e da sua atuação na Câmara

Em entrevista concedida ao Bom Dia Maranhão, na TV Difusora, nesta quinta-feira (28), o deputado federal Weverton fez um balanço da política nacional e da sua atuação na Câmara Federal em 2017. “Os partidos perderam a oportunidade de ouvir a classe trabalhadora, o povo brasileiro. Venderam para o Brasil a ideia de que um impeachment resolveria o problema e as pessoas estão vendo que não era tão simples assim. Foi um ano difícil, complicado mesmo”, avaliou o parlamentar.

Weverton disse que após o presidente Michel Temer assumir o comando da nação, a legislatura no Congresso Nacional ficou muito comprometida com uma pauta mais à direita, com muitos retrocessos para os trabalhadores e os mais pobres. O deputado acredita que esse posicionamento, aliado a muitos escândalos envolvendo o governo, levou a um desencantamento das pessoas com a política. “A população está tão indignada com tudo o que vem acontecendo no Brasil, que muitos estão descrentes da política. Mas é preciso atentar para o fato de que este é o único instrumento democrático do mundo capaz de melhorar a vida da população”, disse Weverton.

Liderança do PDT

Weverton destacou o seu orgulho em liderar por dois anos consecutivos (2016 e 2017) a bancada do PDT na Câmara Federal, defendendo as bandeiras da educação e do trabalhismo. Em sua opinião, se o político não tiver a capacidade de se indignar com o que vem acontecendo no país, fazer política perde o sentido. “O importante é que encerro minha atuação na liderança na bancada do partido com a sensação de missão cumprida”.

Reforma Trabalhista

O deputado lamentou, no entanto, que pela oposição ser minoria, não foi possível ver, por exemplo, a reforma trabalhista derrotada. “Muitos diziam que ela era boa, mas eu alertei várias vezes na tribuna, que quando grandes empresas de comunicação defendem uma bandeira é bom ficar atento, pois estas não estão buscando a proteção do trabalhador. Há sempre o interesse econômico por trás”.

Reforma da Previdência

De acordo com o parlamentar, a reforma trabalhista resultou em um processo de enfraquecimento real da Justiça Trabalhista, dos direitos dos trabalhadores e o mais grave, no Fundo Social da Previdência. Ele explicou que a medida desidrata a arrecadação do Fundo, com a probabilidade deste, futuramente, ser privatizado. A reforma da Previdência, segundo Weverton, no fundo é uma forma de o governo colocar um fim na Previdência pública, com sua migração para a iniciativa privada. Ele também criticou a tentativa da propaganda do governo de fazer a população crer que a reforma só afeta alguns privilegiados, em geral, servidores públicos. “O argumento que a atual administração federal utiliza hoje é falacioso e criminoso, pois tenta colocar a população contra o servidor público, dizendo que ele é privilegiado”, enfatizou.

Viagens pelo interior

Weverton lembrou que em 2017 esteve muito presente nos municípios maranhenses, sempre dialogando com a classe política e com a sociedade civil organizada. Ele viajou a 114 dos 217 do estado e acredita que isso melhorou sua percepção do que o povo anseia de um congressista. “O parlamentar precisa ter a condição política de saber que qualquer decisão que tome pode influenciar diretamente na vida de 200 milhões de brasileiros. E uma das coisas que utilizo com convicção para executar as tarefas que me foram confiadas ali dentro é saber sempre qual é a nossa verdadeira origem, quais as necessidades do nosso estado, como vivem, de verdade, os nossos trabalhadores e a nossa juventude”, enfatizou.

2018

O deputado Weverton finalizou a entrevista dizendo que apesar de todas as dificuldades, encerra o ano convicto de que ainda há muito trabalho pela frente. Ele afirmou que fazer parte de uma chapa majoritária, como pré-candidato ao Senado Federal, com o apoio do governador Flávio Dino é realmente importante, porque, mesmo no momento de crise que o País atravessa, o governador tem feito muito pelo Maranhão. “Se sem o apoio do Senado o governador está fazendo o que está fazendo, imagine na próxima eleição, tendo a oportunidade de contar com deputados federais e senadores em Brasília. Aí mesmo é que vamos ajudar ao Maranhão”.

Pesquisa mostra necessidade de regras protetivas para usuários da internet: crimes afetam crianças e adultos

Uma em cada 4 crianças já sofreu ofensas na internet. Os dados foram confirmados por pesquisa realizada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). Autor de projeto de lei que cria mecanismos de proteção para usuários da internet, o deputado Hildo Rocha repercutiu os números da pesquisa no plenário da Câmara federal.

De acordo com o parlamentar, a proposta irá criar facilidades para o sistema de segurança pública e outros órgãos possam exercer as atividades investigativas e preventivas com maior eficiência. “É necessário que aprovemos esse projeto para impedir que crianças, e demais usuários da internet, sejam vítimas de ofensas e tantos outros crimes praticados por meio da internet”, destacou o deputado

Terra sem lei

Rocha enfatizou que a internet é terra sem lei. “A inexistência de dispositivos legais eficientes, capazes de inibir o uso de perfis falsos, nas redes sociais (fakes), é um campo fértil para a proliferação de ocorrências devastadoras que afetam a honra de pessoas de todas as idades. Nem as crianças são poupadas. Portanto, espero que a nossa proposta, o PL 215/2015, entre na pauta já no início do próximo ano”, destacou o parlamentar.