Zé Inácio afirma: “Não há políticos apolíticos”

Deputado estadual Zé Inácio
Deputado estadual Zé Inácio

O deputado Zé Inácio tratou na quinta-feira (27), durante fala na tribuna da Assembleia, sobre a questão do partido sem políticos e os políticos apolíticos. “Eu queria destacar algo, sobre o que alguns colegas até já fizeram comentários. Nesta oportunidade, cai muito bem um artigo de Frei Betto, do qual eu quero ler um trecho”.

Zé Inácio leu uma parte do artigo intitulado de “A política e a despolitização da política”. No texto, Frei Betto afirma: “Agora a falácia é o partido sem políticos e os políticos apolíticos. O lobo mau se disfarça de chapeuzinho vermelho e as vovozinhas ingênuas aplaudem os gestores que prometem governar a cidade como administram suas empresas, muito dinheiro em caixa graças à privatização do patrimônio público e pouco respeito aos direitos dos cidadãos”.

“Vejam a contradição: o sujeito se inscreve em um partido político, é apontado como candidato na convenção do partido político, faz campanha pelo partido político, enche a boca de propostas e promessas políticas e diz que não é político”, ressaltou.

O deputado contextualizou, ainda, o artigo feito sobre a campanha nacional a respeito da Escola sem Partido com o que ocorre nas eleições de São Luís. “O que vemos em São Luís é a clara demonstração de uma candidatura de oposição que se diz apolítica, mas que é conhecida pelas velhas práticas, que se utiliza de um discurso demagogo de negação da política para tentar angariar votos e ludibriar a população. Mas o povo de São Luís dará a resposta nas urnas neste domingo, confirmando que não há espaço para discursos que faltam com a verdade na política ludovicense”, afirmou.

Projeto de Hildo Rocha que beneficia 16 municípios do baixo Parnaíba é aprovado na CFT

Deputado federal Hildo Rocha (PMDB)
Deputado federal Hildo Rocha (PMDB)

Mais um Projeto de Lei do deputado Hildo Rocha foi aprovado. O PL 2043/2015 aprovado pela Comissão de Finanças e Tributação beneficiará aproximadamente 500 mil maranhenses residentes na região do Baixo Parnaíba. “Aprovamos com muita satisfação o Projeto de Lei 2043/2015 que inclui todos os municípios do baixo Parnaíba na região do semiárido Brasileiro. Algo em torno de 100 mil famílias serão beneficiadas com recursos do governo federal por meio do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Nordeste”, declarou Rocha. 

O deputado ressaltou que pela primeira vez na história municípios maranhenses passarão a integrar a região. “Por meio desse projeto, 16 municípios poderão receber recursos do Governo Federal para investimentos no setor da produção; infraestrutura; melhorias de sistemas de abastecimento de água; ampliação de projetos de irrigação; açudes; estradas vicinais; eletrificação rural; e pavimentação de ruas, entre outros benefícios”, destacou Rocha. 

Tramitação – Rocha destacou ainda que a aprovação na CFT (Comissão de Finanças e Tributação) é mais uma etapa vencida. “Nossa proposta já havia sido aprovada na Comissão de Integração Nacional. Agora passou na Comissão de Finanças e Tributação em seguida Irá para a Comissão de Constituição e Justiça. Sendo aprovada na CCJ seguirá direto para o Senado. Tenho certeza que os senadores do Maranhão terão interesse em aprovar esse projeto importante para o desenvolvimento de toda a Região do Baixo Parnaíba”, argumentou o parlamentar. 

Municípios que serão beneficiados: Água Doce do Maranhão, Anapurus, Araioses, Belágua, Brejo, Buriti, Chapadinha, Magalhães de Almeida, Milagres do Maranhão, Santa Quitéria do Maranhão, Santana do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, São Bernardo, Tutóia, Urbano Santos e Mata Roma.

Presidente da Assembleia Legislativa do MA deve ser expulso do PDT após eleição

Weverton Rocha e Humberto Coutinho.
Weverton Rocha e Humberto Coutinho.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Humberto Coutinho pode ser expulso do Partido Democrático Trabalhista – PDT por não ter seguido a orientação partidária nas eleições municipais deste ano. Um grupo de deputados do PDT já acionou a executiva da legenda para pedir sua imediata expulsão. 

Humberto Coutinho jogou contra o patrimônio em vários municípios do interior do Maranhão e na capital maranhense. A exemplo de Timon, ele apoiou Alexandre Almeida contra Luciano Leitoa (PSB). Já na capital o partido tem candidatura própria, mas ele declarou apoio ao candidato contrário, Eduardo Braide (PMN).

Assim confrontando o projeto direto de Weverton em 2018, que seria o senado. Humberto Coutinho afirma que já foi procurado por vários partidos, mas ainda não definiu para qual irá migrar. 

O Blog Maranhão de Verdade entrou em contato com o presidente do diretório estadual, deputado federal Weverton Rocha, e ele frisou “pelas posições equivocodas dele nas eleições deve deixar sim o nosso partido, mas ainda não tratamos nada sobre esse assunto”.

Júnior Verde solicita implantação de escolas militares em municípios do Maranhão

Deputado Júnior Verde e o comandante geral do corpo de bombeiros, Coronel Célio.
Deputado Júnior Verde e o comandante geral do corpo de bombeiros, Coronel Célio.

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) solicitou ao secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, a implantação de escolas militares em municípios estratégicos do Maranhão. O parlamentar tem se reunido com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Célio Roberto, para viabilizar tecnicamente a solicitação, e destacou sua luta durante pronunciamento na Assembleia Legislativa. 

“Eu e o Comandante discutimos vários assuntos pertinentes à Segurança Pública, ao trabalho do Corpo de Bombeiros e, acima de tudo, a iniciativas que possam fortalecer o Estado através dos esforços dos Bombeiros, como a questão educacional”, pontuou Júnior Verde.
Na próxima semana, ficou pré-agendada uma reunião com o Comandante Célio Roberto e com o Secretário de Educação, Felipe Camarão, para discutir a implantação de novas unidades de escolas militares. “Precisamos melhorar o IDEB, o Índice da Educação em nosso Estado, em torno desta importante iniciativa, principalmente para as áreas de periferia, onde nós temos incidências maiores em relação à criminalidade entre jovens e adolescentes”, justificou. 
As escolas militares proporcionam uma formação diferenciada. O parlamentar destacou a Escola Dois de Julho, quer estender a iniciativa à Polícia Militar e deu o exemplo de Balsas, onde já existe uma intenção do prefeito eleito em buscar esse tipo de unidade educacional. “Já conversei com o prefeito eleito, Dr. Erick, que quer fortalecer a Educação na região”, concluiu o deputado.

PF combate crimes previdenciários no Maranhão

A Polícia Federal (PF), juntamente com o Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal (MPF), deflagrou nesta quinta-feira (20/10), a Operação CASA CHEIA II, com a finalidade de reprimir crimes previdenciários na cidade de São Luís/MA.

Cerca de 40 policiais federais e 1 servidor da área de inteligência do Ministério da Previdência Social, a Assessoria de Pesquisa Estratégica e Gerenciamento de Riscos (APEGR) cumprem 12 mandados judiciais, sendo 2 de prisão temporária, 1 condução coercitiva e 9 de busca e apreensão.

As investigações iniciaram-se como desdobramento da Operação Casa Cheia, deflagrada em 24/05/2016. Na época, foram investigados um intermediário e três servidores do INSS, que foram responsáveis pela concessão de 43 benefícios para titulares fictícios.

Nesta fase da operação, a investigação se concentrou na atuação dos intermediários e agenciadores de benefícios fraudulentos, integrantes de uma associação criminosa especializada em fraudes previdenciárias, com atuação no bairro do Anjo da Guarda, em São Luís/MA. Não há ainda apuração do prejuízo causado. 

Amablog repudia agressões físicas e acusações ensandecidas contra blogueiros

Nota Oficial – A campanha pela sucessão municipal de São Luís, agora no segundo turno, tem tomado proporções preocupantes. A briga de torcidas partidárias chega ao absurdo, pisoteando o direito de escolha do eleitor, com alguns querendo impor na marra seus favoritos.

Hoje, a jornalista e blogueira Dalvana Mendes, foi agredida fisicamente por um eleitor do 12, do prefeito atual Edivaldo Holanda (PDT). Um caso de polícia que exigiu da profissional da imprensa registrar um BO numa delegacia do centro da cidade. Tudo por conta dela ser eleitora do 33, Eduardo Braide (PMN)

A Amablog não quer dizer com isso que o candidato 12 tenha ou esteja mandando promover atos de violências contra os que não querem votar nele. O que precisa imediatamente é de respostas da Segurança Pública para evitar ataques mútuos com consequência graves. À blogueira e jornalista, nossa solidariedade. E, ao agressor, o nosso repúdio.

OUTRA AGRESSÃO – Na segunda-feira, dia 17 deste, ao participar de uma sabatina no Conselho Regional de Medicina, o candidato do PMN, Eduardo Braide mentiu ao dizer que vem ganhando todas as causas nas Justiça contra blogueiros. O presidente interino desta entidade, jornalista Luis Cardoso, é um deles,  para quem ele teve seu pedido indeferido na Justiça para censurar o blog, assim como de outros.

No CRM,  o candidato tachou os blogueiros, contra quem ele move ações, de achacadores e ainda incentivou os médicos a processarem os blogueiros, que só assim acabará com os blogs achacadores no Maranhão.

Ora, se algum blogueiro já achacou o candidato, ele como político e cidadão não deveria perder a oportunidade de denunciar quem cometeu tal crime. Não existe na Justiça nenhuma ação dele por tentativa ou prática de extorsão de blogueiros, mas todas por denúncias de familiar dele no desvio de recursos de prefeituras ou até por suposto envolvimento de seu nome em investigações federais.

Foi a partir das denúncias comprovadas contra o pai dele, Antônio Braide, e do suposto envolvimento de seu nome nas investigações federais, que o candidato passou a mirar sua metralhadora  contra jornalistas e blogueiros e a agredi-los, até mesmo dentro de estúdios de TV. A Justiça é que deve decidir quem tem razão ou não.

A Associação dos Blogueiros do Maranhão, recém criada, não aceitará mais que políticos queiram atacar sem provas membros desta entidade para se utilizar do momento político eleitoral e tentar enganar os eleitores.

Hildo Rocha denuncia irregularidades na aplicação de recursos do BNDES

O parlamentar em audiência com os deputados estaduais Adriano Sarney e Léo Cunha.
O parlamentar em audiência com os deputados estaduais Adriano Sarney e Léo Cunha.

O deputado federal Hildo Rocha (PMDB-MA), e os estaduais Adriano Sarney (PV) e Léo Cunha (PSC) participaram de audiência com a diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para denunciar o governo Flávio Dino por possíveis irregularidades na aplicação de recursos provenientes de empréstimo contraído junto à instituição.

As irregularidades – De acordo o parlamentar, o governador fez uso eleitoreiro dos recursos realizando obras de péssima qualidade e preços elevados (sobrepreço); o convênio prevê que os recursos destinados a obras de asfaltamento devem ser aplicados em vias que nunca receberam nenhum tipo de pavimentação, mas, o governador tem desrespeitado os termos do contrato e está utilizando em obras de recapeamento; nas planilhas de custos dessas obras, constam despesas de meio fio, e preparação de base e sub-base do asfalto. “Tem algo errado. Como pode o governador pagar por algo que já está feito? Alguém está comendo o dinheiro do meio fio; da sarjeta; da base e sub-base”, disse o parlamentar.

Rocha lembrou que os indícios da prática de sobrepreço ficaram ainda mais evidentes depois que o Tribunal de Justiça do Maranhão determinou que a interrupção do processo licitatório referente à estrada de São Raimundo do Doca Bezerra, na Barra do Corda.

Obras paralisadas – Rocha acha estranho que tantas obras estejam paralisadas e outras com cronograma atrasado. Os recursos são provenientes de dois empréstimos: um no valor de R$ 2 bilhões e outro de R$ 1,8 bilhões, totalizando R$ 3,8 bilhões. O contrato foi firmado 2013. Os repasses aconteceram gradativamente nos anos de 2013, 2014, 2015 e 2016. “Nada justifica, pois o dinheiro existe. A governadora deixou as obras bem adiantadas, algumas praticamente prontas. O que impede o governador de concluir as obras? questiona o deputado.

Falta transparência – De acordo com o parlamentar, não há nenhuma transparência, nem por parte do governo do estado, nem por parte do BNDES. Rocha enfatizou que fez vários pronunciamentos acerca dessa questão. “Já me manifestei publicamente aceca desse assunto inúmeras vezes. Mas, o governador Flávio Dino nunca manifestou interesse em esclarecer as dúvidas. Então, decidi formalizar as denúncias junto ao BNDES e apresentei requerimento à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara Federal (CFFC) solicitando uma investigação para que possamos acabar com as dúvidas. O pedido foi acatado por unanimidade e em breve a comissão fará uma visita ao Maranhão com a finalidade de apurar as denúncias que apresentamos ao BDNES”, enfatizou o deputado.

“Não podemos permitir que o governo estadual jogue recursos pelo ralo. O Maranhão precisa de estradas de boa qualidade; de hospitais bem equipados; de boas escolas”, justificou Hildo Rocha.

Luís Cardoso é eleito presidente da associação dos blogueiros do MA

Jornalista Luís Cardoso é eleito presidente da AMABLOG
Jornalista Luís Cardoso é eleito presidente da AMABLOG.

Jornalista Luís Cardoso é eleito presidente da associação dos blogueiros do Maranhão. Em reunião realizada hoje, blogueiros decidiram escolher o nome do jornalista Luís Cardoso para presidente da Associação Maranhense dos Blogueiros – AMABLOG, no período de três anos. As informações são do próprio Luís Cardoso.  

Cardoso disse que: “a associação será representativa e não aceitará mais que políticos ou empresários achincalhem quem os denuncia por condutas indevidas”. O jornalista deixou claro que se não fosse os blogs hoje nos estados e nas cidades a corrupção estaria correndo desenfreada.

“O nosso papel tem sido o de fiscalizador, tanto que em boa parte das operações da Policia Federal do Maranhão, são anexadas as denúncias dos blogs. Somos vítimas de constantes ameaças, de processos descabidos por denunciarmos o descaso, as mazelas, e as falcatruas por agentes públicos ou privados”, disse o jornalista.

Luís Cardoso lamentou as declarações do candidato Eduardo Braide que chamou os blogueiros de achacadores e lembrou que o parlamentar se revoltou depois que o pai dele, Antonio Braide, foi denunciado pelos blogs em operações de desvios de recursos públicos.

Amanhã, o presidente da AMABLOG vai solicitar audiência ao secretário de segurança pública, Jefferson Portela, para que esclareça as investigações sobre o assassinato do blogueiro Ítalo Diniz. “Iremos denunciar, aos organismos nacionais e internacionais as ameaças, as agressões, e os assassinatos de blogueiros no Maranhão”, avisou o jornalista.

Famílias do crédito fundiário que sofrem com as queimadas recebem apoio do Governo do Estado

Até o momento a perda do rebanho é de 40%, podendo chegar a 60%.

“No momento do desespero eu nem pensei nos riscos, só pensava em salvar os animais”, relatou, emocionado, o jovem de 21 anos, Wanderson Cardoso, do povoado Boca da Mata, em Governador Luiz Rocha. O jovem é considerado um herói pelas 29 famílias do povoado que foi devastado pelo fogo no dia 11 de outubro. Wanderson enfrentou o calor do fogo que se alastrava rapidamente no campo de pastagem, cortou a cerca e conseguiu salvar os gados. Até o momento a perda do rebanho bovino é de 40%, podendo chegar a 60% após a vistoria do veterinário, pois alguns animais feridos podem ser sacrificados e os demais estão sem pastagem. 

foto-4_divulgacao_saf_17102016-familias-do-credito-fundiario-que-sofrem-com-as-queimadas

“Foi uma tristeza ver as pessoas da comunidade toda correndo, desesperadas, para salvar suas vidas. Nós corremos cerca de 1km para fugir do calor e da fumaça que estava muito forte. Parte da minha casa queimou e eu perdi geladeira, colchão, panelas, mas o mais triste foi ver nossos animais morrendo queimados, emocionada falou dona Maria Helena, do povoada Boca da Mata. 

Neste domingo (16), o coordenador do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) da secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), João Batista Rios, e o presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), Júlio César Mendonça, juntamente com técnicos do órgão e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Governador Luiz Rocha, Antônio Jacó, visitaram as famílias assentadas do PNCF, do povoado Boca da Mata para acompanhar as principais demandas emergenciais das famílias. 

Além da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado Boca da Mata, as associações dos Agricultores Familiares do povoado Cajazeiras; dos Pequenos Produtores Rurais do povoado Floresta; dos agricultores familiares Jacurutu/Jiquiri; e dos Agricultores Familiares de Terra Dura, pertencentes ao município de Caxias, estão sendo castigadas, desde a última terça-feira (11), com a propagação de focos de incêndio e queimadas florestais. Mata seca, baixa umidade relativa do ar e fortes ventos fazem o fogo se espalhar, com velocidade, até alcançar casas, plantações e animais. Cerca de 100 famílias estão desabrigadas pelo incêndio nos municípios de Caxias, Governador Luiz Rocha, Duque Bacelar, Matões e Parnarama. 

Nas Associações do PNCF, com a utilização dos recursos do SIC (recurso não reembolsável), as famílias implantaram e construíram campos de pastagens, cercas, poços e distribuição de água, distribuição de energia, agroindústrias e casas; com o incêndio, e por se tratar de associações beneficiadas do PNCF, que utilizaram recursos do Subprograma de Combate à Pobreza Rural, a Unidade técnica Estadual- UTE Maranhão trabalha fortemente, juntamente com sua equipe, para conseguir um novo SIC para as cinco comunidades beneficiárias do PNCF. O recurso do novo SIC pode chegar a R$ 25.000 por família. Este procedimento está respaldado na Norma de Execução 001/2010/DCF/SRA-MDA de 18 de maio de 2010. 

Na comunidade Boca da Mata além dos serviços da UTE, a equipe do Sistema SAF entregou 30 cestas básicas e o presidente da Agerp, veterinário de formação, realizou consultas e prescreveu medicamentos para os animais feridos. “Estamos aqui atendendo a missão do governo Flávio Dino, que é governar para todos os maranhenses e junto com a comunidade estamos levantando as ações mais emergenciais. Temos a Regional da Agerp de Presidente Dutra que vai acompanhá-los e ajudá-los a encontrar soluções de pastagens para salvar o gado que ainda restou”, explicou o presidente da Agerp. 

Emergência – O governador Flávio Dino decretou estado de emergência e fortes medidas de combate aos focos de incêndio estão sendo tomadas a fim de dar suporte e reestruturar a vida de quem perdeu o lar e a produção agrícola. Neste sábado (15), o secretário de Estado Agricultura Familiar (SAF), Adelmo Soares; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto; e o comandante do Centro Tático Aéreo, coronel Ismael Fonseca, estiveram em Caxias, traçando estratégias emergenciais para superação dos danos na região leste. 

“A Agerp está fazendo um levantamento de todos os animais e área agrícola que foram perdidos, os moradores estão absolutamente sem condições até para alimentar os animais que sobreviveram, foram muitas perdas. Nós acreditamos que a participação efetiva do Governo vai melhorar muito a vida dessas pessoas que estão em desespero completo”, explicou o secretário Adelmo Soares, destacando que esse primeiro momento a intenção é salvar e ajudar a recuperar o que as famílias perderam. 

A atuação forte do governo do estado por meio da SAF, Agerp, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e do CTA, já alcançou grandes resultados. Nas últimas análises do Instituto Nacional de Pesquisa Especial -INPE queimadas, o município de Caxias encontra-se em 6º lugar no ranking nacional, apresentando 223 focos do total de 5.184 focos de queimadas. Esses dados confirmam que ações de combate ao fogo pelo governo do Estado são de extrema importância para a população e para a preservação dos biomas.

Quatro municípios recebem ônibus escolares do governo por meio de indicação do deputado Júnior Verde

Os ônibus irão atender estudantes da rede pública de ensino da zona rural.

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) participou nesta segunda (17) da entrega dos ônibus escolares que serão destinados a 44 municípios maranhenses. Ele agradeceu ao governador Flávio Dino por destinar veículos a Balsas, Newton Bello, Pedro do Rosário e Vila Nova dos Martírios, fruto de uma Indicação apresentada pelo parlamentar para a aquisição de ônibus a diversas cidades maranhenses.

img_5006

Os veículos são da categoria Ônibus Rural Escolar (ORE). Dos 44 municípios contemplados, 30 têm os mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do Estado, atendidos pelo Plano Mais IDH. Adquiridos por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), os ônibus irão atender estudantes da rede pública de ensino, residentes na zona rural.

Durante a entrega, os gestores municipais assinaram o Termo de Recebimento e receberam as chaves. O deputado Júnior Verde estava acompanhado do prefeito de Governador Newton Bello, Barrosinho, e de Pedro do Rosário, Irlan Serra. “Tive a satisfação de participar da entrega desses ônibus, uma reivindicação antiga de muitos municípios maranhenses. Quatro das cidades indicadas por mim ao Governador foram contempladas”, destacou o parlamentar.  

Ao todo, serão 64 ônibus escolares adquiridos pelo Governo do Estado em parceria com Ministério da Educação (MEC), por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), com investimentos de R$ 11,7 milhões. O Ônibus Rural Escolar tem capacidade de carga de no mínimo 2.000 kg e comporta 29 estudantes sentados, podendo ser equipado com plataforma elevatória veicular.