Hildo assume relatoria da política nacional contra dengue

O deputado federal Hildo Rocha foi escolhido para relatar o Projeto de Lei 1861/2015 que cria a política nacional de combate à dengue, à febre Chikungunya e à Zika. Os casos de microcefalia suspeitos de relação com a infecção pelo vírus Zika já superaram a marca de 4 mil no País.

DSCN0017

O parlamentar explicou que a proposta prevê incentivos à pesquisa científica para combater a doença e estabelece critérios para a elaboração de campanhas de conscientização; criação de mecanismos descentralizados para divulgar informações educativas sobre saneamento; e outros procedimentos que possam frear o surto de dengue e outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

“Tenho me dedicado nos últimos trinta dias a esse novo desafio com muita firmeza. Já conversei com especialistas, ouvi pesquisadores e cientistas e visitei famílias afetadas. Estamos diante de uma situação grave. Mas, asseguro que iremos dar a nossa contribuição para conter essa epidemia que atormenta o nosso país e o nosso Estado”, afirmou o parlamentar.  A proposta, de autoria do deputado Luiz Lauro Filho (PSB-SP), tem caráter conclusivo e precisa ser analisada pelas comissões de Finanças; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovado, o texto poderá seguir para o Senado, sem passar pelo Plenário da Câmara.

Em contato com a realidade –  Quando esteve em Presidente Dutra, recentemente, o deputado constatou o drama vivenciado pelas duas famílias que tiveram casos confirmados de bebês com microcefalia. Rocha lamentou que o governo estadual não estivesse dando a atenção que as famílias necessitam. “O governador Flávio Dino pouco tem feito para diminuir ou acabar com essa epidemia em nosso Estado. Ele tem investido muito em marketing pessoal e nada na saúde preventiva. Por isso que a situação de saúde do estado está dessa maneira”, declarou.

O parlamentar enfatizou que não há cura definitiva para a microcefalia, mas quando as crianças recebem o tratamento adequado, os impactos da doença podem ser suavizados e, assim, as vitimas poderão se desenvolver e ter uma qualidade de vida melhor. “Infelizmente o governo estadual tem sido omisso. A falta de sensibilidade de Flávio Dino atinge diretamente as famílias e os bebês afetados”, lamentou o deputado.

Empenho do governo municipal – O parlamentar destacou o empenho da equipe de saúde do município de Presidente Dutra. “O prefeito Juran e a sua equipe estão fazendo o que está ao alcance do município. Pude constatar um perfeito entrosamento entre as equipes de saúde da família e a coordenação da secretaria municipal de saúde da cidade. Mas a capacidade de atendimento da prefeitura não pode ser comparada com o Estado que dispõe de muito mais recursos financeiros que os municípios além de vários profissionais de saúde como médicos neuropediatras e outros especialistas que poderiam ser colocados à disposição das redes públicas municipais para realizar os primeiros atendimentos. Se isso fosse feito certamente essas crianças teriam ganhos extraordinários e a dor das famílias seria amenizada”, declarou Rocha.

Casos se alastram – Segundo dados oficiais, o Maranhão tem 181 casos de microcefalia notificados, até o início deste mês. Desse total 14 foram confirmados e a morte de uma criança, no município de Pedreiras, esta sob investigação das autoridades ligadas ao setor da saúde pública. Os municípios com casos confirmados são: Apicum-Açu; Colinas; Mata Roma; Paço do Lumiar; Presidente Dutra; Presidente Vargas; e São José de Ribamar.

WhatsApp fica instável no último dia do ano

Usuários do WhatsApp reclamam na tarde desta quinta-feira (31) que o serviço apresenta instabilidade. No Twitter, diversas postagens relatam que não é possível utilizar o aplicativo. Na tarde desta quinta, o assunto “meu WhatsApp” estava entre os assuntos mais comentados do Brasil no Twitter. No mundo, a hashtag #WhatsApp também estava entre os Trending Topics do microblog.

“Entrar no Twitter me consolou em saber que meu WhatsApp não foi o único que parou de pegar”, disse uma internauta. “Whatsapp parou de funcionar, isso é 2015 mostrando que ainda pode ferrar com a gente mesmo nas últimas horas do ano”, disse outro. Outros usuários relatam que o serviço havia caído, mas voltou a funcionar em seguida. O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa do Facebook, que comprou o WhatsApp em 2015, e aguarda retorno da empresa sobre os relatos de falha no serviço.

Há também relatos de instabilidade do aplicativo em outros países. Na Índia, um porta-voz do  WhatsApp disse à agência Reuters: “algumas pessoas tiveram problemas acessando o WhatsApp por um curto período mais cedo hoje”. No Twitter, também é possível encontrar reclamações de usuários de outros países. “Alguém mais tendo problemas com o WhatsApp?”, escreveu uma internauta da Escócia. Outro internauta respondeu a ela que “o WhatsApp caiu”.

“E eu pensei que era a única que estava tendo problemas com o WhatsApp”, postou outra da Malásia. “Alguém mais está tendo problemas para acessar seu WhatsApp?”, perguntou uma internauta do Reino Unido.

Nova estação da Rádio Nacional poderá ser instalada Maranhão

O deputado federal Hildo Rocha se reuniu com o Ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, e com o Diretor-presidente da EBC – Empresa Brasil de Comunicação, Américo Martins, para discutir sobre a instalação de uma estação da Rádio Nacional no Maranhão. A modernização das instalações da TV Brasil do Maranhão também foi debatida durante o encontro.

IMG-20151223-WA0000

As oito emissoras de rádio geridas pela EBC estão instaladas na Amazônia; em Brasília (DF); e no Rio de Janeiro. “A instalação de uma unidade da Rádio Nacional, no Maranhão será motivo de motivo de orgulho para todos nós. A história da radiodifusão brasileira está diretamente vinculada à Radio Nacional. A programação, da emissora é essencialmente voltada para a Educação, para a Cultura e prestação de serviços”, declarou Rocha.

Os veículos da EBC têm autonomia para definir produção, programação e distribuição de conteúdos. Atualmente, são veiculados conteúdos jornalísticos, educativos, culturais e de entretenimento com o objetivo de levar informações de qualidade sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo para o maior número de pessoas.

O parlamentar ressaltou que o público ganhará, com a ampliação da oferta de programação radiofônica e o mercado de trabalho também será beneficiado. “Dezenas de vagas irão surgir, possibilitando o ingresso de novos profissionais no mercado de trabalho”, destacou.

TV Brasil – Rocha aproveitou o encontro para reivindicar melhorias de condições de trabalho para os profissionais da TV Brasil (Maranhão). “Após ouvir os servidores e técnicos da emissora, o novo gestor da unidade maranhense da TV Brasil, Jones Braga, elaborou um relatório elencando propostas para a reestruturação e modernização da emissora e pediu o nosso apoio”, revelou. “No que depender do nosso empenho acredito que em breve muita coisa será conquistada em favor dos profissionais e da TV Brasil do nosso Estado”, garantiu o parlamentar.

EBC – Criada em 2007 para fortalecer o sistema público de comunicação, a EBC – Empresa Brasil de Comunicação é gestora dos canais TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil, Radioagência Nacional e do sistema público de Rádio, composto por oito emissoras: Nacional do Alto Solimões (FM); Nacional do Alto Solimões (AM) Nacional de Brasília (FM); Nacional de Brasília AM; Nacional Amazônia; Nacional Rio AM; MEC FM Rio; e MEC AM Rio.

Mineiro é campeão

403656_670x446.98571428571427 (1)

O brasileiro Adriano de Souza, 28 anos, é o novo campeão mundial de surf e do Billabong Pipe Masters. Nesta quinta-feira, Adriano chegou à grande final em Pipeline e ultrapassou o australiano Mick Fanning, que vinha liderando o ranking, mas caiu diante de Gabriel Medina na semifinal. Depois de superar várias baterias dramáticas, Adriano encontrou o local Mason Ho na segunda semifinal e não decepcionou, vencendo o havaiano para manter o reinado brasileiro na divisão de elite do surf mundial. Emoção – Depois de um duelo muito acirrado que terminou com o placar de 6.83 a 3.83, a emoção tomou conta das areias de Pipeline. A torcida cercou o novo campeão mundial e fez uma merecida festa para “Mineirinho”. Muito emocionado, Adriano não conseguiu segurar as lágrimas e dedicou o título a Ricardo dos Santos e ao irmão, Ângelo, o “Mineiro”, de quem herdou o apelido.

Zuckerberg festeja desbloqueio do WhatsApp

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, agradeceu à comunidade brasileira ao comemorar o desbloqueio do WhatsApp no Brasil, aplicativo adquirido pela rede social por US$ 22 bilhões em outubro de 2014. O aplicativo passou mais de 12 horas bloqueado no país, desde 0h desta quinta-feira (17), devido a uma decisão judicial de primeira instância em São Bernardo do Campo (SP). Após o aplicativo de mensagem passar mais de 12 horas bloqueado no país, as operadoras foram liberadas para restabelecer o acesso ao serviço, o que aconteceu por volta de 12h50.

“WhatsApp está de volta no Brasil! Suas vozes foram ouvidas e o bloqueio foi suspenso. Obrigado à nossa comunidade pela ajuda para resolver isso!”, escreveu o executivo em sua página na rede social, declarou Zuckerberg. Assim que o bloqueio começou, a partir das 0h desta quinta-feira (17), o empresário tinha dito que “este é um dia triste para o país”. “Até hoje o Brasil tem sido um importante aliado na criação de uma internet aberta. Os brasileiros estão sempre entre os mais apaixonados em compartilhar suas vozes online“, afirmou o executivo.

Convocação – “Estou chocado pelo fato de nossos esforços para proteger dados pessoais resultarem na punição de todos os usuários brasileiros do WhatsApp, pela decisão extrema de um único juiz. Esperamos que a justiça brasileira reverta rapidamente essa decisão. Se você é brasileiro, por favor faça sua voz ser ouvida e ajude seu governo a refletir a vontade do povo”, conclamou. O fim do bloqueio foi decidido pelo desembargador Xavier de Souza, da 11ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo. O magistrado concedeu liminar para que as operadoras de telefonia móvel reativasse o acesso ao serviço de bate-papo. “Em face dos princípios constitucionais, não se mostra razoável que milhões de usuários sejam afetados em decorrência da inércia da empresa [em fornecer informações à Justiça]“, escreveu Souza.

Investigação – O bloqueio do WhatsApp tinha sido determinado por uma juíza de São Bernardo do Campo, região do ABC paulista, em ação que corre em segredo de Justiça. Segundo o processo, a empresa descumpriu pedidos judiciais para fornecer informações para uma investigação em curso. “É possível, sempre respeitada a convicção da autoridade apontada como coatora, a elevação do valor da multa a patamar suficiente para inibir eventual resistência da impetrante”, registrou ainda o desembargador. Antes do desbloqueio, o Facebook enviou mensagens aos celulares dos usuários: “Estamos trabalhando para restaurar o WhatsApp. Enquanto isso, use o Messenger”.

PV Jovem se reúne com bancada verde em Brasília

Representantes do PV Jovem de vários estados estiveram reunidos hoje, em Brasília, com parlamentares da bancada do Partido Verde na Câmara dos Deputados e o presidente da legenda, José Luís Penna. O líder do PV, deputado Sarney Filho (MA), fez um balanço das iniciativas do partido, respondendo às perguntas dos participantes sobre a Conferência Mundial do Clima COP 21, em Paris, o desastre ocorrido em Mariana, com o rompimento da barragem de mineração da empresa Samarco e o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, entre outros temas. Estiverem presentes, além do líder, os deputados Evair Melo (ES), Evandro Gussi (SP) e Leandre (PR).

12360398_623187174496521_3811593854327782468_n

O líder afirmou que os verdes têm sido protagonistas na discussão dos temas socioambientais no Congresso Nacional e adota uma atitude proativa, como ocorreu com a presença do partido em nível federal e também na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, no caso de Mariana. “Desde o anúncio dessa tragédia temos sido incansáveis na apuração do que ocorreu e também na cobrança de punição para os responsáveis”, afirmou o deputado, que é o coordenador da Comissão Externa da Câmara dos Deputados que acompanha os desdobramentos da tragédia, que destruiu a cidade de Bento Gonçalves, matou pessoas, e contaminou o rio Doce.

Sarney Filho fez um relato dos resultados da COP 21. “Na verdade, o acordo de Paris é uma grande carta de intenções. Os países se comprometeram a avançar no controle das emissões dos gases que agravam o aquecimento do planeta, mas não foram fixadas metas. O Brasil já havia assumidos metas voluntárias, mas precisamos ficar atentos e cobrar ações mais enérgicas do governo para conter os desmatamentos, investir em energias alternativas e no desenvolvimento sustentável”, afirmou o líder.

Zuckerberg lamenta bloqueio do WhatsApp

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, usou a rede social para lamentar o bloqueio do aplicativo WhatsApp no Brasil, desde as 0h desta quinta-feira.  Na publicação, ele disse que a rede social está “trabalhando duro para reverter essa situação” e que hoje “é um dia triste para o país”, já que o Brasil sempre foi um bom aliado para a criação da internet. 

Zuckerberg disse que está chocado que os esforços em proteger informações pessoais “poderiam resultar na punição de todos os usuários brasileiros do WhatsApp pela decisão extrema de um único juiz”. Por fim, o fundador do Facebook, atual dono do WhatsApp, pediu para o povo brasileiro fazer “sua voz ser ouvida” e ajudar o governo a refletir a vontade de todos.

O criador do WhatsApp também usou as redes sociais para lamentar o ocorrido. Jan Koum disse que está decepcionado com a decisão. “É ver o Brasil se isolar do resto do mundo”, escreveu no Facebook.

Casa de Edison Lobão é alvo de buscas

O senador Edison Lobão (PMDB-MA) é um dos alvos da Operação Catilinárias, deflagrada na manhã desta terça-feira (15) pela Polícia Federal no Distrito Federal e em sete estados. Desde as 6h, a PF cumpre mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados, como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

edison-lobaoagencia-brasil

O advogado de Lobão, Antônio Carlos de Almeida Castro, disse à Agência Brasil que as buscas ocorrem na antiga residência do senador, da qual ele está se mudando, mas onde ainda se encontra a maioria de seus pertences. “Achamos a medida desnecessária, dado o constrangimento, mas é um direito do Ministério Público, que foi autorizado pelo Supremo [Tribunal Federal]”.

De acordo com Almeida Castro, o senador Lobão está tranquilo. “O senador acompanha a medida sem nenhuma preocupação com o que vai ser apreendido.”

Policia Federal deflagra Operação Catilinárias. alvos Ex- Ministro Edison Lobão e Eduardo Cunha – Lava Jato

Em mais uma fase da Operação Lava Jato, A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (15), por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), mandado de busca e apreensão na residência oficial do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em Brasília. A PF também cumpriu mandados na casa do peemedebista no Rio de Janeiro. Os trabalhos fazem parte da Operação Catilinárias, deflagrada em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF). Cunha é alvo em dois inquéritos por suspeita de ligação com o esquema de corrupção da Petrobras.

1512-Busca Cunha PF Agência Brasil

A residência do parlamentar – ele mora na Península dos Ministros, onde fica a residência oficial da presidência da Câmara– amanheceu cercada por diversas viaturas policiais. O movimento está sendo acompanhado pelo advogado Alexandre de Souza, filho do ex-procurador-geral da República.

No total, foram 53 mandados de busca e apreensão expedidos pelo STF. Até às 8 horas, sabia-se de buscas realizadas nas residências do deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE), apontado como interlocutor do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), nos desvios da Petrobras, do senador Edison Lobão (PMDB-MA), do ministro da Ciência e Tecnologia Celso Pansera (PMDB),afilhado de Cunha, e ex-presidente da Transpetro Sergio Machado. Dos 53 mandados, 9 são no Distrito Federal, 15 em São Paulo, 14 no Rio de Janeiro, 6 no Pará, 4 em Pernambuco, 2 em Alagoas, 2 no Ceará e 1 no Rio Grande do Norte. Segundo a PF, as buscas ocorrem nas residências de investigados, em seus endereços funcionais, sedes de empresas, em escritórios de advocacia e órgãos públicos.

A busca na residência de Cunha foi autorizada pelo ministro Teori Zavascki, do STF, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O objetivo da operação é coletar provas nos inquéritos que apuram se o presidente da Câmara cometeu os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A PF está desde cedo na residência oficial de Cunha em Brasília e também faz buscas no seu apartamento no Rio.

Não há, ao menos por ora, prisões na etapa atual da operação, chamada Catilinárias, que se restringe a autoridades políticas com foro privilegiado. As Catilinárias são discursos célebres do orador romano Cícero contra um senador que planejava tomar o poder.

Cunha – O presidente da Câmara é acusado de ser beneficiado de desvios da Petrobras. Segundo dois delatores, ele teria recebido US$ 5 milhões em propina de contratos de navios-sondas e também de um negócio fechado pela Petrobras na África que teriam abastecido contas no exterior mantidas pelo peemedebista e familiares na Suíça. Cunha foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal pelo suposto recebimento de propina ligada a desvios na Petrobras há cerca de quatro meses, mas o STF ainda não decidiu se acolhe ou não as denúncias. Sem o acolhimento, Cunha não é réu, somente investigado.

Há algumas explicações para a demora no STF. A primeira e mais determinante é que no Supremo há uma tradição, prevista no Regimento Interno do tribunal, de que o ministro relator do inquérito abra prazo de 15 dias para manifestação do político antes de decidir sobre a denúncia. Ao prazo concedido à resposta prévia somam-se iniciativas tomadas pela defesa do parlamentar no STF. Seus advogados solicitaram, por exemplo, que o tribunal concedesse um prazo em dobro para a manifestação prévia, de 15 para 30 dias. Como Teori recusou a ampliação, teve que submeter o pedido ao plenário do STF, gerando mais demora. Em setembro, a maioria dos ministros contrariou o relator e decidiu pelo dobro do prazo.

A terceira explicação para a demora se deve à própria Procuradoria. Mais de dois meses após a denúncia, o órgão fez um aditamento, dizendo que Cunha também se beneficiara indevidamente de voos de táxi aéreo como pagamento de propina. Assim, a defesa conseguiu mais prazo para a defesa prévia, com prazo novamente dobrado. A Procuradoria já manifestou preocupação sobre o andamento do inquérito. A respeito de um pedido da defesa de Cunha para ter acesso à íntegra de documentos usados como prova, o procurador-geral da República em exercício, Eugênio Aragão, pediu a Teori que indefira pedidos “de natureza manifestamente protelatória”.

Severino Sales participa de confraternização do PRP nacional

severo

No último final de semana, os presidentes regionais do PRP estiveram reunidos na sede do partido, em São José do Rio Preto/SP, para participar de uma palestra motivacional ministrada pelo consultor Gilberto Moreira, a fim de transmitir uma mensagem positiva, além de renovar as energias e ideias para as eleições de 2016. Na ocasião, os presidentes também participaram de um almoço de confraternização, marcando o encerramento do ciclo de atividades de 2015. Com informações Antonio Martins.