“A zona rural da capital maranhense está abandonada”, diz Wellington do Curso

Após visita realizada pelo Gabinete Móvel na Zona Rural de São Luís, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) protocolou, na manhã desta quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa do Maranhão, indicações solicitando a realização de obras que construam uma ponte para ligar os bairros da Vila Itamar ao Recanto Verde.

A solicitação é resultado de denúncias de moradores dos bairros que disseram estar “cansados” de promessas já feitas pelo prefeito de São Luís. Esse é o caso da vendedora autônoma Silvia Helena, de 45 anos, que mora na cabeceira da ponte e precisa arriscar sua vida passando pela ponte todos os dias. “Já estamos há anos aqui, arriscando nossas vidas e a de nossos filhos. Isso aqui é passagem. Todo dia tem que ir buscar a criança na escola e esse descaso se torna um risco para todos nós, só queremos uma solução, só queremos uma ponte de verdade”, lamentou Silvia Helena.

Sobre o assunto, o deputado Wellington disse que aguardará uma resposta e que conta com a parceria entre Governo do estado e Prefeitura. “Nós cobramos a conclusão da Ponte Pai Inácio, que liga o Parque Vitória ao Turu, e graças a Deus tivemos a obra finalizada. Deixamos aqui essa solicitação que não é minha, mas desses moradores que sofrem com o abandono. Ponte de madeira, mato, esgoto a céu aberto… a Zona Rural está abandonada, ninguém olha mais para a zona rural. Aguardamos uma reposta e esperamos que haja a parceria entre Governo do estado e Prefeitura quando o assunto for em benefício do povo. Nós continuamos à disposição, percorrendo os bairros de São Luís, ouvindo o povo e dando voz ao nosso mandato popular”, afirmou Wellington.

O Gabinete Móvel possui uma agenda que é previamente divulgada. Para solicitar a visita, qualquer cidadão pode entrar em contato com a Equipe do Deputado Wellington do Curso através do número (98) 99911 0011 e justificar a solicitação (também no WhatsApp). O Gabinete Móvel ainda percorrerá toda a região metropolitana de São Luís e municípios do Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *